NOTÍCIAS DESTACADA

CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
Substituição de árbitro VAR para o jogo Unión x Nacional
Substituição de árbitro VAR para o jogo Unión x Nacional
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana

Brasil continua marcando rumo nas Eliminatórias Sul-Americanas

nuevo_proyecto_-_2021-09-09t224107

Em uma noite perfeita, onde Neymar foi gladiador e mago ao mesmo tempo, Brasil venceu o Peru por 2-0 em Recife e aumentou sua racha de vitórias seguidas que o mantém como líder solidário das Eliminatórias para Catar-2022.

O ’10’ da Seleção realizou uma assistência e um gol no estádio Arena de Pernambuco (nordeste).

No minuto 14, o craque brasileiro roubou a bola do zagueiro Anderson Santamaría para logo entregar a Everton Ribeiro, que venceu o arco de Pedro Gallese com a canhota. Depois, aos 40 minutos, empurrou a bola debaixo do arco após uma finalização do volante do Flamengo que se infiltrou entre os zagueiros incas.

O gol marcado o coloca como máximo artilheiro do Brasil nas Eliminatórias, com 12 gols, um a mais que Romário e Zico, e permitiu que a seleção brasileira completasse 8 vitórias em igual número de jogos na competição.

Ao vencer o Peru de Ricardo Gareca, a Verde-Amarela de Tite acumula 24 pontos, 6 a mais que a ‘Albiceleste’, enquanto os incas se mantiveram no sétimo lugar, porém agora a 5 pontos da zona de classificação.

– Números do jogo –

  • Brasil não sofreu gols nos últimos 9 encontros em casa nas Eliminatórias Sul-Americanas (9V). É a primeira equipe na história do torneio com uma maior sequência de vitórias de 9 jogos como local com o arco invicto. Além disso, Brasil é a primeira seleção em vencer 6 encontros consecutivos sem receber gols no torneio.
  • Brasil ganhou as últimas 9 partidas nas Eliminatórias Sul-Americanas. É a maior racha de vitórias consecutivas de uma equipe na história do torneio, junto o próprio Brasil entre setembro de 2016 e agosto de 2017.
  • Brasil não perdeu seus últimos 25 jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas (20V 5E). É a segunda maior racha invicta na história do torneio, atrás dos 31 encontros invicto do próprio Brasil entre 1954 e 1993 (24V 7E).
  • Hulk voltou a jogar na seleção brasileira 1915 dias após sua última partida. Não jogava com a seleção brasileira desde 12 de junho de 2016, quando também confrontou o Peru e também entrou no lugar de Gabigol.
  • Com este gol, Neymar superou Romário e Zico para ser o maior artilheiro do Brasil na história das Eliminatórias Sul-Americanas com 12 gols.

 

 

 

 

AFP – OPTA

Ultimas Noticias