NOTICIA DESTACADA

2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental

Católica avança numa rodada onde o Inter aplica goleada histórica

new_project_62

Universidad Católica derrotou Nacional do Uruguai por 3-1, um resultado que ajudou a sair do fundo do Grupo F, em um dia em que o Inter atropelou o Olímpia por 6-1 no Grupo B da CONMEBOL Libertadores 2021.

Os gols para a Católica vieram do atacante argentino Fernando Zampedri aos 30 minutos, do atacante Diego Valencia (59′) e do jovem Clemente Montes (90+3′), enquanto Leandro Fernandez empatou para o Nacional aos 46 minutos.

– Números do jogo –

Segunda vitória do Universidad Católica na CONMEBOL Libertadores em oito jogos contra o Nacional (3E 3D). A vitória anterior dos chilenos veio no primeiro encontro entre ambos na competição, disputado na edição de 1966 da Copa.
Até este jogo, Universidad Catolica tinha duas derrotas em dois jogos e não havia conseguido marcar na competição. Além disso, os chilenos não convertiam três ou mais gols na CONMEBOL Libertadores desde a vitória de 4-3 sobre o Velez na edição de 2011 (34PJ).
O Nacional passou sete jogos sem vencer na CONMEBOL Libertadores (3E 4D). Os uruguaios também sofreram 17 gols nos últimos cinco jogos da competição (média de 3,4 gols).

 

Inter, líder às custas uma goleada histórica

Internacional tomou a ponta da chave provisoriamente ao golear 6-1 o Olímpia em Porto Alegre, uma zona que se encontrava igualada ao somar os quatro times 3 pontos em duas jornadas.

Thiago Galhardo em duas ocasiões (63’, 71’), o argentino Víctor Cuesta (30’), Edenilson de pênalti (52’), Yuri Alberto (77’) e Caio Vidal (79’) foram os autores da goleada gaúcha.

– Números do jogo –

  • Olimpia é a segunda seleção paraguaia a sofrer seis ou mais gols no Brasil na CONMEBOL Libertadores. A outra equipe é o Cerro Porteno, que já sofreu seis ou mais gols em três ocasiões contra times brasileiros, todos de visitante.
  • Pela primeira vez na história da CONMEBOL Libertadores, Inter ganhou dois jogos consecutivos por uma diferença de quatro gols ou mais. A vitória de 6-1 sobre o Olímpia vem após uma vitória de 4-0 sobre o Deportivo Táchira.
  • Essa foi a segunda vez que o Olímpia sofreu seis ou mais gols na CONMEBOL Libertadores. A equipe paraguaia havia sido derrotada pelo Lanús (6-0) em 2012 e 8-2 pelo América em 2000.

 

Del Valle e uma vitória balsâmica

O equatoriano Independiente del Valle que vinha sem vitória se curou com uma goleada de 4-0 sobre o peruano Universitario de Deportes, em Quito, na terceira jornada do Grupo A da CONMEBOL Libertadores-2021.

O lateral John Sanchez foi o artilheiro com dois gols nos minutos 45+3 e 73. O atacante Jacob Murillo havia marcado o segundo aos 61 minutos e o argentino Cristian Ortiz completou o placar aos 85 minutos no Estádio Rodrigo Paz.

– Números do jogo –

  • Independiente del Valle derrotou o Universitario em seu primeiro encontro da CONMEBOL Libertadores e continua invicto contra times peruanos na competição (4V 1E).
  • Independiente del Valle acumula 31 jogos sem perder em casa nos torneios CONMEBOL (20V 11E), desde agosto de 2013 quando perdeu por 1 a 3 para o Universidad de Chile, sua única derrota em casa em competições continentais.
  • O Universitario está sem vitória nas últimas oito visitas ao Equador pela CONMEBOL Libertadores (2E 6D) e não conseguiu marcar em sete desses jogos, sofrendo 18 gols no processo (2,25 por jogo).
  • No momento de finalizar, William Pacho, do Independiente del Valle, é o jogador com os passes mais bem sucedidos nesta CONMEBOL Libertadores (506) e com mais interceptações (16).

 

São Paulo toma um ponto de Buenos Aires

O Tricolor Paulista sofre no jogo contra o Racing, mas conseguiu levar de Buenos Aires um ponto de ouro no Grupo E.

O time pouco pôde fazer contra a ‘Academia’, que fechou bem os caminhos, chegou até perto de vencer, mas no final o empate sem gols foi um bom resultado em uma partida plana, com poucas emoções nos arcos.

– Números do jogo –

  • Após o empate 0-0 com o São Paulo, Racing permanece invicto em casa contra equipes brasileiras pela CONMEBOL Libertadores (2V 3E). Esta é a terceira partida em que a equipe não sofreu gols (1V 2E).
  • São Paulo não meteu gols em seus três últimos jogos na CONMEBOL Libertadores (2V 1E). Não consegue uma maior racha sem receber gol no torneio desde a série de oito jogos sem anotar em 2010 (5V 3E).
  • O resultado 0-0 com o Racing foi apenas o segundo empate sem gols do São Paulo nos últimos 46 jogos na CONMEBOL Libertadores. O outro 0-0 também foi contra um rival argentino, Talleres de Córdoba em 2019.

 

Rentistas e Cristal empatam sem gols 

Na mesma chave, Rentistas e Sporting Cristal, que empataram também sem gols em Montevidéu, estão em terceiro e quarto lugar com 2 e 1 unidades respectivamente.

– Números do jogo –

  • Rachas negativas para ambos times na fase de grupos: Sem triunfos obtidos, Rentistas empatou dois jogos e perdeu um, enquanto Sporting Cristal só ganhou pontos com esta igualdade (2D). Ademais, os dois times não marcaram gols em dois dos três encontros disputados.
  • Rentistas só ganhou um dos cinco jogos que disputou em competições CONMEBOL (2E 2D). Os uruguaios unicamente ganharam de visita ao Cerro Porteño na Sudamericana de 2014, portanto ainda não teve nenhuma vitória jogando em casa (2E 1D) até agora.
  • Sporting Cristal continua sem triunfos ante equipes uruguaias na CONMEBOL Libertadores. Em 13 partidas leva oito empates e cinco derrotas.
  • No total teve 28 chutes a gol na partida, 16 para Rentistas e 12 para Sporting Cristal, é o número de tiros mais alto para um empate sem gols na atual CONMEBOL Libertadores.

 

 

 

 

AFP / OPTA

Últimas Noticias