NOTÍCIAS DESTACADA

Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Córdoba será uma festa com a final da CONMEBOL Sudamericana 2022
Córdoba será uma festa com a final da CONMEBOL Sudamericana 2022

Chile vai pra final na Copa das Confederações

Chile vai jogar a final da Copa das Confederações em sua estreia na competição depois de vencer nos pênaltis (3-0, após empate 0-0) de Portugal, depois de um grande desempenho de seu goleiro e capitão Claudio Bravo, que parou os três primeiros lançamentos de Portugal, nesta quarta-feira em Kazan.
A equipe campeã da América do Sul vai jogar no domingo em St. Petersburg a final contra o vencedor do jogo México x Alemanha, que acontece na quinta-feira em Sochi.
Herói nos pênaltis contra a Argentina nas duas últimas finais da Copa América em que o Chile ganhou (2015 e 2016) ao parar em cada uma um lançamento, o goleiro do Manchester City se superou e deteve os três primeiros chutes de Ricardo Quaresma, Nani e Moutinho.
Para o lado chileno marcaram Arturo Vidal, Charles Aránguiz e Alexis Sánchez.
Anteriormente, em Kazan, diante 40.000 espectadores, Chile tomou a iniciativa e Portugal entregou os pontos. Ambas as equipes tiveram chances de marcar, mas desbarataram os arqueiros, Rui Patricio para o campeão europeu e Bravo para o rei da América.
Aos 118 minutos, Chile roçou o gol com um duplo remate. Vidal disparou o primeiro de frente e, em seguida, Martín Rodríguez no travessão. O jogo foi para os pênaltis, onde a fortuna sorriu a Roja.

Ficha técnica da primeira semifinal da Copa das Confederações entre Chile e Portugal:

Portugal e Chile empataram 0-0 (Chile ganhou na série de pênaltis por 3 a 0)

Cobranças de pênalti:

Portugal: nenhum acerto (falhas de Ricardo Quaresma, Moutinho, Nani)

Chile: Vidal, Aránguiz, Alexis Sánchez

Estádio: Kazan Arena (Kazan)

Público: 40.855

Árbitro: Alireza Faghani (IRI)

Admoestações:

Portugal: Carvalho (31), Silva (43), Fonte (96), Bruno Alves (111), Cédric Soares (114)

Chile: Jara (23), Hernández (51)

Formações:

Portugal: Rui Patricio – Cédric Soares, Bruno Alves, Fonte, Eliseu – Bernardo Silva (Ricardo Quaresma 83), Adrien Silva (Joao Moutinho 102), William Carvalho, André Gomes (Gelson Martins 116) – André Silva (Nani 76), Cristiano Ronaldo (cap). DT: Fernando Santos.

Chile: Claudio Bravo (cap) – Mauricio Isla (José Fuenzalida 120), Gary Medel, Gonzalo Jara, Jean Beausejour – Charles Aránguiz, Marcelo Díaz, Arturo Vidal – Pablo Hernández (Francisco Silva 112) – Eduardo Vargas (Martín Rodríguez 86), Alexis Sánchez. DT: Juan Antonio Pizzi.

 

 

AFP

Ultimas Noticias