NOTÍCIA DESTACADA

Confira os duelos e antecedentes da 6ª jornada da Fase de Grupos da CONMEBOL Sudamericana
Confira os duelos e antecedentes da 6ª jornada da Fase de Grupos da CONMEBOL Sudamericana
Jogos e históricos da última rodada da Fase de Grupos
Jogos e históricos da última rodada da Fase de Grupos
Chile e Venezuela celebram vitória na terceira rodada
Chile e Venezuela celebram vitória na terceira rodada

“Colômbia está viva” e “inteira” para derrotar o Peru, declara DT Pékerman

A Colômbia chegou a Lima viva e pronta para vencer o Peru no duelo final e fazer um lugar para a Rússia – 2018, disse segunda-feira à imprensa o DT dos cafeteros, o argentino José Pékerman.

“Estamos vivos, com muita força, com os jogadores recuperados, inteiros, querendo ganhar e respeitando o Peru, que sempre foi um bom rival”, disse o técnico em entrevista coletiva na chegada à capital peruana.

A Colômbia perdeu por 1-2 ante o Paraguai em seu próprio território, o que complicou a viagem a Moscou, pelo que é forçada a vencer nesta última fase de eliminatórias ao esquadrão Inca para não depender dos resultados de outros jogos.

A DT afirmou que falou com o arqueiro David Ospina, que recuperou-se mentalmente. O goleiro perdeu os dois tiros que permitiram que os paraguaios ganhassem a vitória na penúltima rodada.

Pékerman considerou que “estas podem se tornar as eliminatórias mais lembradas da história”, porque “nunca vieram tantos times com tão pouca margem para uma definição deste tipo”.

Ao contrário de outras eliminatórias, desta vez o único classificado é o Brasil e o Uruguai já tem um pé dentro, enquanto a Colômbia, Chile, Peru, Argentina e Paraguai brigam dois lugares e o passe para repescagem na última fase.

Em relação ao duelo entre Peru e Colômbia, ambos se encontram na terça-feira às 18:30 horas locais (23h30 GMT), e Pékerman acredita que “por causa da forma como as duas equipes jogam, sempre houve boas partidas, com resultados ajustados e o nível de disputa muito bom”.

Sobre a situação da Argentina que joga a vida contra o Equador de visitante, e pode ficar fora da Copa do Mundo, Pékerman preferiu não comentar.

“Hoje eu sou colombiano e minha cabeça está no jogo de amanhã”, afirmou.

Peru, quinto na tabela com 25 pontos e na área de repesca, passou de despejado para ressuscitado e atravessa seu melhor momento das duas últimas décadas, com cinco rodadas sem perder. Em seu último duelo empatou 0-0 com a Argentina em “La Bombonera” de Buenos Aires, chegando bastante encorajado.

A Colômbia de James Rodríguez, enquanto isso, não perdeu em Lima desde 1981.

O Peru ferve com o sonho de voltar a ver sua equipe em uma Copa do Mundo, que ele não viu desde a Espanha-1982. Um empate ou uma derrota o forçaria a depender de outros resultados para tentar uma repescagem.

 

 

 

AFP

Ultimas Noticias