NOTICIA DESTACADA

Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Argentina inicia seu sonho mundialista
Argentina inicia seu sonho mundialista
Alejandro Domínguez: “Aqui mostramos a essência e as raízes do melhor futebol do mundo”.
Alejandro Domínguez: “Aqui mostramos a essência e as raízes do melhor futebol do mundo”.

Começa a inédita Fase de Grupos

sudamericana-750px-20-4

Grêmio do Brasil, o argentino Independiente e o uruguaio Peñarol, múltiplos campeões da CONMEBOL Libertadores, junto com outras equipes sul-americanas vão dar o toque especial, a partir desta terça-feira, na inédita Fase de Grupos da CONMEBOL Sudamericana acostumada a encher de glória os times campeões.

Esta Fase inicia com quatro encontros nesta terça, 20 de abril.

-Atlético Goianiense versus Newell’s de ‘Mono’ Burgos-

O brasileiro Atlético Goianiense está de volta após uma ausência de nove anos, para medir o azeite do ex-goleiro Germán “Mono” Burgos em sua estreia internacional como técnico do argentino Newell’s Old Boys.

O Atlético-GO, dirigido pelo campeão mundial Jorginho, expõe argumentos para amargar a estreia de Burgos.

-Dados-

Estádio: Serra Dourada

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Gustavo Tejera (URU).

-Antecedentes-

  • Será a primeira vez que Atlético Goianiense duela com Newell’s e também, a primeira vez que confronta um time argentino em competições CONMEBOL.
  • O único antecedente do Atlético Goianiense em competições CONMEBOL é sua participação na Copa Sudamericana de 2012, onde eliminou o Figueirense na primeira rodada e perdeu do Universidad Católica nas oitavas de final.
  • A última participação do Newell’s em competições CONMEBOL foi em 2018 quando foi eliminado pelo Atlético Paranaense do Brasil na primeira rodada da Copa Sudamericana (0-3 como visitante e 2-1 em casa).
  • No final de maio, Atlético Goianiense visitará o Corinthians na jornada inaugural do Brasileirão 2021. Atualmente o time está no primeiro lugar do grupo A do Campeonato Goiano após nove partidas disputadas.
  • Newell’s venceu 4 dos 12 encontros que disputou contra rivais brasileiros em competições CONMEBOL (3E 5D), incluindo a final da CONMEBOL Libertadores em 1992 contra o São Paulo de Telê Santana (embora campeão nos pênaltis após o 1-0 na Argentina e o 1-0 no Brasil) e nas semifinais de 2013 contra o Atlético Mineiro de Ronaldinho, que também terminaria virando a série e classificando para a final também nos pênaltis (2-0 na Argentina e 2-0 no Brasil).

 

-Metropolitanos da Venezuela e Melgar do Peru se encaram-

O venezuelano Metropolitanos e o peruano Melgar medem forças nesta terça-feira em Caracas onde buscarão surpreender, após saírem triunfantes em prévias eliminatórias.

-Dados-

Estádio: Olímpico de la Universidad Central da Venezuela

Hora: 18:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Christian Aleman (Bol)

-Antecedentes-

  • Será o primeiro duelo da história entre ambas as equipes e o jogo número 17 entre times venezuelanos e peruanos na Sudamericana. Até aqui o histórico é dominado pelos peruanos com 9 vitórias contra 6 dos venezuelanos (1E).
  • Em sua primeira participação no torneio, Metropolitanos FC entrou à fase de grupos da atual CONMEBOL Sudamericana eliminando o Academia Puerto Cabello: venceu nas duas partidas da série (2-0 e 0-1).
  • Melgar está disputando a quinta CONMEBOL Sudamericana de sua história, onde ganhou 6 em 12 apresentações, perdeu cinco e empatou a última.
  • Metropolitanos teve em média 32 aberturas no jogo em sua eliminatória contra o Academia Puerto Cabello, sendo o registro mais alto entre os times que participam da atual CONMEBOL Sudamericana
  • Sugestão: Só Ayacucho (62,25) tem mais média de recuperações por encontro, no Torneio Abertura da Liga 1 Peruana desta temporada, que Melgar (59,5, 238 em quatro encontros).

 

-O paraguaio 12 de Octubre busca abrir o caminho contra o Rosario Central-

O modesto 12 de Octubre do Paraguai buscará abrir o caminho na estreia do Grupo A contra o Rosario Central da Argentina, em um duelo de previsão reservada.

-Dados-

Estádio: “Luis Giagni” de Villa Elisa.

Hora: 20:30 horário local (00:30 GMT)

Árbitro: Juan Soto (Ven)

-Antecedentes-

  • Será o primeiro duelo entre ambos em competições CONMEBOL. Além disso, será a primeira vez que o 12 de Octubre confronte um time argentino.
  • 12 de Octubre está estreando nesta edição da CONMEBOL Sudamericana, porém, esta não é sua estreia em torneios continentais, já que participou nas edições 2002 e 2003 da CONMEBOL Libertadores, onde não pôde passar da fase de grupos em nenhuma das duas oportunidades.
  • Rosario Central somente ganhou uma das suas últimas nove apresentações em competições CONMEBOL (3E 5D), foi contra o Libertad do Paraguai no encerramento da fase de grupos da edição 2019 da Libertadores.
  • 12 de Octubre teve uma média de 28.2% de posse nos dois jogos contra o Nacional de Assunção na Primeira Fase da atual CONMEBOL Sudamericana, sendo a porcentagem mais baixa entre todos os times que participam do certame.
  • A única vitória do Rosario Central na CONMEBOL Sudamericana, em dez jogos disputados (5E 4D), foi a que permitiu eliminar o seu clássico rival, Newell’s Old Boys, no jogo de volta da segunda fase da edição 2005 (1-0).

 

-Aucas recebe o Paranaense-

O equatoriano Aucas receberá o brasileiro Atlético Paranaense nesta terça-feira em Quito na primeira jornada do Grupo D.

-Dados-

Estádio: Gonzalo Pozo, no sul de Quito

Hora: 19:30 horário local da terça-feira (00:30 GMT da quarta-feira)

Árbitro: Piero Maza (Chi)

-Antecedentes-

  • Aucas x Paranaense será outro dos duelos inéditos da primeira jornada da fase de grupos da atual edição da copa CONMEBOL Sudamericana. Além disso, será a primeira vez em cinco participações no certame que Aucas confronte uma equipe do Brasil.
  • Jogando como local na CONMEBOL Sudamericana, Aucas só perdeu um dos cinco jogos que disputou (3V 1E). Foi contra o Barcelona de Guayaquil em sua estreia na competição em 2002.
  • Athlético Paranaense volta a disputar a CONMEBOL Sudamericana, após terminar como campeão em sua última participação em 2018. Nessa ocasião venceu na final o Junior de Barranquilla nos pênaltis (4-3) após empatar nas duas partidas (1-1 em ambas)
  • A primeira participação do Aucas em competições CONMEBOL (e a única fora das cinco vezes que disputou a Sudamericana) foi na Copa Merconorte de 2001 onde foi eliminado na primeira fase dentro do grupo do Necaxa, Alianza Lima e América de Cali.
  • Na CONMEBOL Sudamericana Athlético Paranaense só perdeu um dos seus últimos dez jogos disputados: 7V 2E (do Bahia, nas quartas de final da edição 2018).

 

 

 

AFP/OPTA

Últimas Noticias