NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

Confrontos de grandes na programação desta quarta-feira

sudamericana-28-4-1-750px

Nesta quarta-feira serão disputados seis jogos na segunda jornada da CONMEBOL Sudamericana. Alguns times se apresentam sem margem de erros e outros buscam a liderança do grupo.

Aqui os dados mais importantes destes jogos:

-Paranaense busca a liderança do Grupo D-

O Athlético Paranaense, dirigido pelo português Antonio Oliveira buscará, buscará a liderança do Grupo D quando receba em Curitiba nesta quarta-feira o machucado Metropolitanos da Venezuela.

-Dados-

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba.

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Gustavo Tejera (URU).

-Antecedentes-

  • Primeiro duelo entre ambos os times em competições CONMEBOL. Segunda equipe venezuelana que confronta o Paranaense, na Sudamericana 2018 ganhou duas vezes do Caracas FC.
  • Paranaense perdeu só um dos seus últimos onze jogos como local em competições CONMEBOL (7V 3E). Foi contra o Boca na Libertadores 2019 (0-1).
  • Em 57 jogos disputados como visitante contra times brasileiros na CONMEBOL Libertadores e Sudamericana, os representantes da Venezuela apenas ganharam dois (o último Deportivo Petare x Palmeiras em 1971), empataram um e perderam nos 54 restantes.
  • Athlético Paranaense disputou nove jogos como local na CONMEBOL Sudamericana contra times não brasileiros: suas únicas derrotas foram contra representantes mexicanos (Pachuca e Chivas, em 2006 e 2008 respectivamente). Além disso, o time venceu em cinco oportunidades e empatou nas duas restantes.
  • Metropolitanos marcou nos três jogos que disputou na atual CONMEBOL Sudamericana (média de 1.66 por partida). A equipe venezuelana tem 45% de eficácia na cara do gol rival: marcou 5 gols em 11 chutes a gol.

-Independiente de Avellaneda recebe o uruguaio City Torque-

Independiente de Avellaneda, com um grande histórico copeiro e duas vezes campeão da CONMEBOL Sudamericana, buscará aumentar seu bom início neste torneio quando receba o uruguaio Montevideo City Torque na quarta-feira pela segunda jornada do Grupo B.

Na semana passada, o ‘Rojo’ conseguiu três pontos na Bolívia, ao vencer o Guabirá por 3-1 em um duelo que inclusive poderia ter terminado com uma margem maior, enquanto o Torque empatou 1-1 em Montevidéu com o brasileiro Bahia após dominar consideravelmente a partida.

-Dados-

Estádio: Libertadores de América, Avellaneda

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

-Antecedentes-

  • Primeiro duelo entre Independiente e Montevideo City Torque em competições CONMEBOL. Primeiro rival argentino do time uruguaio.
  • Independiente venceu os últimos 7 jogos que disputou contra times uruguaios entre a Libertadores e a Sudamericana.
  • Montevideo City Torque não perdeu em seus 3 jogos na CONMEBOL Sudamericana (1V 2E). Além disso, só recebeu um gol (Bahia na Jornada 1 da fase de grupos).
  • Indendiente está em uma racha de 13 jogos consecutivos marcando pelo menos um gol (2 por jogo como média), quando joga como local na CONMEBOL Sudamericana (12V 1D).
  • Em 14 partidas da CONMEBOL Sudamericana entre argentinos e uruguaios disputadas na Argentina, só o River (Montevidéu) conseguiu um triunfo (1-0, sobre o San Lorenzo em 2009). Os outros 13 jogos estão repartidos entre três empates e 10 triunfos de equipes argentinas.

 

-Tolima buscará somar seus primeiros pontos contra o argentino Talleres-

O colombiano Deportes Tolima aspira somar seus primeiros pontos no grupo G, quando receba nesta quarta-feira o Talleres de Córdoba.

Em sua primeira saída, o ‘vinotinto’ perdeu por 2-1 em sua visita ao brasileiro Red Bull Bragantino e os argentinos perderam em seu estádio pelo mesmo resultado contra o Emelec. Ambas as equipes chegam ao jogo precisando de pontos para conseguir um dos lugares do grupo.

-Dados-

Estádio: Manuel Murillo Toro de Ibagué

Hora: 19:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: A. Herrera (VEN)

-Antecedentes-

  • Deportes Tolima e Talleres nunca duelaram em competições CONMEBOL. A última vez que os colombianos disputaram contra um time argentino na CONMEBOL Sudamericana foi em maio de 2019 quando empatou 0-0 com o Argentinos Juniors.
  • Deportes Tolima só tem uma vitória nos últimos 6 jogos que disputou contra equipes argentinas na CONMEBOL Sudamericana (3E 2D). Não foi capaz de anotar gol em 4 dessas 6 partidas.
  • Talleres fará sua primeira visita em sua história na CONMEBOL Sudamericana. Não vence fora de casa em competições CONMEBOL desde a Copa Mercosul 2001 quando derrotou o Peñarol por 3-1.
  • Deportes Tolima é a equipe da atual edição da CONMEBOL Sudamericana que mais gols marcou pelo meio do pênalti com dois gols. Isto significa 50% dos seus gols totais, a porcentagem mais alta entre qualquer time na competição junto com Nacional de Potosí.
  • Talleres de Córdoba só tem uma vitória nas últimas duas saídas de casa que teve em competições (4E 3D). Soma 6 encontros consecutivos sem vencer fora do território argentino (3E 3D).

 

-Emelec e Bragantino, duelo de líderes-

Emelec espera em seu território de Guayaquil, no sudoeste equatoriano, o brasileiro Red Bull Bragantino nesta quarta-feira em duelo de líderes do Grupo G.

Os ‘elétricos’ confiam em repetir no estádio Capwell a façanha da semana passada, onde como visitantes viraram um resultado adverso e derrotaram o argentino Talleres por 2-1 em Córdoba na primeira jornada.

-Dados-

Estádio: George Capwel

Hora: 19:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Yender Herrera (VEN)

-Antecedentes-

  • Será a primeira vez que Emelec e Red Bull duelam em competições CONMEBOL. A última vez que Emelec confrontou uma equipe brasileira na CONMEBOL Sudamericana foi em novembro de 2014 quando foi derrotado na eliminatória das quartas de final pelo São Paulo (global 5-6).
  • Emelec nunca empatou com equipes brasileiras na CONMEBOL Sudamericana. (4V 4D). A última vez que empatou com um time do Brasil, foi na Libertadores com o Internacional em março 2015 (1-1).
  • Red Bull Bragantino realizará sua primeira saída de casa em competições CONMEBOL. Buscará ser o segundo clube brasileiro em vencer em terras equatorianas nesta edição da Sudamericana, após a vitória do Athlético Paranaense sobre o Aucas (1-0).
  • Emelec venceu todos os jogos que disputou contra equipes brasileiras jogando em casa na CONMEBOL Sudamericana desde 2009. Derrotou quatro rivais diferentes, Botafogo, Avaí, Goiás e São Paulo.
  • Os clubes brasileiros estão em uma racha de três encontros consecutivos sem ser derrotados visitando equipes equatorianas na Sudamericana (2V 1E). Em duas dessas três partidas não permitiram gols da equipe local. Não perdem desde julho de 2018 quando Vasco da Gama perdeu do LDU Quito por 1-3 .

 

-Melgar buscará bater o equatoriano Aucas-

Melgar de Arequipa buscará nesta quarta-feira vencer o equatoriano Aucas em Lima para continuar como líder do Grupo D. O duelo pela segunda jornada será disputado em Lima pelas restrições da pandemia.

Após seu triunfo de visita por 3-2 sobre o venezuelano Metropolitanos, Melgar lidera o Grupo D junto com o brasileiro Athlético Paranaense, que derrotou o Aucas por 1-0 na altura de Quito.

-Dados-

Estádio: Nacional de Lima

Hora: 19:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Carlos Ortega (COL)

-Antecedentes-

  • Melgar e Aucas duelarão pela primeira vez em competições CONMEBOL. Em oito jogos contra equipes equatorianas, Melgar só ganhou do Emelec na Libertadores 2017 (1E 6D).
  • Melgar venceu em suas últimas duas apresentações como local na CONMEBOL Sudamericana. Além disso, só perdeu uma vez nessa condição (4V 1E), foi contra o Nacional Potosí na edição 2020.
  • Aucas ganhou só um dos seus cinco encontros como visitante na CONMEBOL Sudamericana, foi do Guayaquil City nesta edição do torneio (3-0). Aucas perdeu os outros quatro jogos e não pôde marcar gols.
  • Melgar é, entre os times que disputaram a fase eliminatória, o que tem mais escanteios a favor na CONMEBOL Sudamericana (20 igual que Jorge Wilstermann). Até agora não pôde marcar gols desde disparos de escanteio.
  • Aucas tem o recorde de mais finalizações em um jogo (25) na atual CONMEBOL Sudamericana: foi como local contra o Guayaquil City na fase preliminar (2-1).

 

-Argentinos Central e San Lorenzo sem margem de erros-

Rosario Central e San Lorenzo animarão a noite da quarta-feira no duelo de equipes argentinas com muito em jogo e pouco espaço para erros na segunda jornada do Grupo A.

O time ‘rosarino’ foi surpreso pelo paraguaio 12 de Octubre por 1-0 na primeira jornada, enquanto o ‘Ciclón’ sofreu uma dura queda em casa contra o chileno Huachipato por 1-0  que moveu os cimentos d clube azulgrená.

-Dados-

Estádio: Gigante de Arroyito

Hora: 21:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Christian Ferreyra (URU)

-Antecedentes-

  • Primeiro duelo entre ambas as equipes na CONMEBOL Sudamericana. Na Primeira Divisão argentina disputaram 150 partidas desde 1931: 43 vitórias pelo Central, 50 empates e 57 triunfos do San Lorenzo.
  • Rosario Central está em uma racha de dez jogos sem perder como local em competições CONMEBOL (4V 6E). Sua última derrota foi contra o Atlético Nacional na Libertadores 2006 (1-2)
  • San Lorenzo não vence como visitante em competições CONMEBOL faz dez jogos (4E 6D). Seu último triunfo foi sobre o Emelec na Libertadores 2017 (0-1)
  • Contra o 12 de Octubre, na Jornada 1 da Primeira Fase, Joaquín Laso completou 103 passes, o máximo para um jogador do Rosario Central em competições CONMEBOL desde 2013. O recorde pertencia a Gio Lo Celso na Libertadores de 2016 contra o River de Montevidéu (94)
  • San Lorenzo é a equipe que teve mais finalizações em um jogo (21 contra o Huachipato) e não pôde marcar gols na presente CONMEBOL Sudamericana.

 

 

 

 

AFP/OPTA

Últimas Noticias