NOTICIA DESTACADA

Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022

CONMEBOL define 7 de março como o Dia do Futebol Sul-Americano Feminino

banner_web_dia_futbol_femenino_2021_-_1920px_-_pt
  • O Conselho da CONMEBOL decidiu nomear o dia 7 de março como o Dia do Futebol Sul-Americano Feminino como prelúdio do Dia Internacional da Mulher e início da Libertadores Feminina.
  • A iniciativa foi proposta por María Sol Muñoz, representante da CONMEBOL perante a FIFA e condiz plenamente com a missão da CONMEBOL, que desde 2016 implementa uma política para potenciar e hierarquizar o futebol feminino sul-americano

A proposta apresentada por Maria Sol Muñoz, membro do Conselho, busca dar maior espaço e destaque às mulheres do esporte-rei, na véspera do Dia Internacional da Mulher e do início da CONMEBOL Libertadores Femenina.

O futuro é delas, é do futebol feminino e é um compromisso importante assumido pela CONMEBOL desde 2016, uma aposta comprometida com o desenvolvimento e a profissionalização de mais mulheres dentro e fora de campo, promovendo um futebol com igualdade de gênero e proporcionando mais espaços na tomada de decisões.

Fazer justiça e reivindicar o papel preponderante da mulher no esporte-rei são objetivos estabelecidos pela administração do Presidente da CONMEBOL Alejandro Dominguez, implementando uma política sem preconceitos, expandindo o futebol como força e motor de mudança nas diferentes culturas e sociedades da América do Sul.

Tudo isso é demonstrado e tangível através das várias decisões tomadas em favor do fortalecimento do futebol feminino sul-americano, desde os novos Estatutos até Licenças para Clubes concedidos pela CONMEBOL, que promove cada vez mais oportunidades e gera as melhores condições para as meninas e mulheres esportistas.

– Mais atos, menos palavras – 

Desde 2016, a Confederação Sul-Americana de Futebol deu um passo gigantesco de transformação, visando ser uma instituição líder e tendo o futebol feminino como um grande agente de mudança.

Assim, um evento histórico ocorreu com o regulamento das Licenças de Clubes, que em um de seus artigos mais importantes declara a obrigação dos clubes participantes da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana de contar com uma equipe de mulheres profissionais.  

Como se isso não bastasse, levou à criação da Licença de Clubes Feminino, que incentiva o desenvolvimento e promove investimentos em infraestrutura, com o objetivo de promover ferramentas em prol do crescimento e da profissionalização para todos os atores.

Para alcançar estes feitos, a CONMEBOL apostou no desenvolvimento esportivo das mulheres, com o aumento da competitividade em seus principais torneios, a CONMEBOL Libertadores Femenina, que agora tem mais equipes participantes e a CONMEBOL Copa América, que a partir de 2022 será disputada a cada dois anos. Também a proposta de disputar a Copa Intercontinental de Clubes femininos.

Sem mencionar as categorias de base, que agora acrescentam novos torneios como a Liga Sul-Americana Sub-19 e os torneios Festa Evolução: Sub-14 e Sub-16. Além da incursão pela primeira vez em outra modalidade, com a Liga Feminina de Futebol de Praia.  

Nestes campeonatos também se aprende, através de palestras motivacionais sobre liderança feminina e cuidados com a saúde, visando ganhar empoderamento, crescimento e, acima de tudo, evitar a violência de gênero.

Além disso, cabem destacar as árbitras sul-americanas que, pela primeira vez na história, intervieram nas partidas mais importantes do futebol masculino, com um nível superlativo, dando assim maior visibilidade ao futebol feminino.

O Congresso de Futebol Feminino da CONMEBOL, o primeiro a ser realizado pela CONMEBOL, fala do compromisso firme e do trabalho incansável da instituição em transformar o futebol feminino sul-americano em uma referência global.

Esta data será estabelecida como a mais importante para o futebol feminino do continente, onde a CONMEBOL pretende reconhecer todas as lutadoras, especialmente aquelas que contribuem para o futebol, destacando o valor que cada uma delas realiza todos os dias por um mundo mais justo e equitativo. As mulheres no futebol nos permitem Acreditar Sempre.

 

 

 

 

CONMEBOL.com

Últimas Noticias