NOTÍCIAS DESTACADA

Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional

CONMEBOL SUL-AMERICANA: Começa outra semana de Segunda Fase

Huracán e Libertad duelam na CONMEBOL SUL-AMERICANA

O argentino Huracán, que atravessa uma etapa de renovação, receberá na terça-feira à noite o paraguaio Libertad em Buenos Aires, em um duelo pela segunda rodada da CONMEBOL SUL-AMERICANA.

 

Huracán chega nesta etapa após dar a volta de maneira incrível sua primeira eliminatória ante o venezuelano Deportivo Anzoátegui, com o qual perdeu por 0-3 na ida, e que superou agora por 4-0 no desquite.

De seu lado, Libertad, recém campeão paraguaio, vem na CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE como um dos melhores terceiros colocados no Grupo 6, atrás do brasileiro Atlético Mineiro e do argentino Godoy Cruz, logo de colher só um triunfo em seis encontros.

A revanche será disputada em Assunção no dia 1 de agosto, e o vencedor enfrentará nas oitavas de final o ganhador da série que são o equatoriano Fuerza Amarilla e o colombiano Independiente Santa Fe.

O encontro entre Huracán e Libertad começará às 19H15 locais (22H15 GMT) da terça-feira e será arbitrado pelo brasileiro Wagner Magalhaes, acompanhado nas laterais pelos seus compatriotras Kleber Lucio Gil e Guilherme Camilo Dias.

Estas são as possíveis formações:

Huracán: Manuel García – Carlos Araujo, Martín Nervo, Juan Vivas e Lucas Villalba – Lucio Compagnucci e Mauro Bogado – Ignacio Pussetto, Alejandro Romero Gamarra, Mariano González – Norberto Briasco. DT: Néstor Apuzzo. 

Libertad: Rodrigo Muñoz – Alan Benítez, Paulo Da Silva o Antolín Alcaraz, Luis Cardozo e Salustiano Candia – Antonio Bareiro, Iván Ramírez, Ángel Lucena, Sergio Aquino – Jesús Medina e Santiago Salcedo ou Oscar Cardozo. DT: Fernando Jubero.

Estatísticas:

Huracán – Libertad

Sem jogos internacionais oficiais

Huracán local

Excelente racha em torneios Conmebol

Só perdeu um dos últimos 15: Atlético Nacional 2-0 (Libertadores 2016)

E em toda sua história, só foi derrotado em 3 de 22 jogos disputados

Uma vez recebeu uma equipe do Paraguai: Cerro Corá 1-4 (Barrios – Amarilla 2, Pizurno, Silvero) na Copa Conmebol 1994

Libertad visitante

Acumula 9 sem vitórias em torneios Conmebol

Seu último triunfo foi no dia 3 de março de 2015: Barcelona 1-0 (Recalde)

Em forma oficial apresentou-se 18 vezes na Argentina: 4 – 3 – 11

Seus jogos: Banfield 1-0 (Libertadores 2007), San Lorenzo 1-0 (Libertadores 2009), Lanús 2-0 (Libertadores 2010) e Tigre 2-0 (Libertadores 2013)

Árbitro – Wagner Magalhaes

Dois jogos em torneios de clubes Conmebol

Ambos na atual edição da Copa Sul-Americana: O´Higgins 1 – Fuerza Amarilla 0 e Deportivo Cuenca 1 (7) – Oriente Petrolero 1 (8)

 

Oriente Petrolero e Atlético Tucumán se enfrentam na CONMEBOL SUL-AMERICANA

Com equipes ainda não plenamente montadas, o boliviano Oriente Petrolero e o argentino Atlético Tucumán se enfrentarão nesta terça-feira no jogo de ida pela segunda fase da CONMEBOL SUL-AMERICANA 2017.

O jogo será disputado às 20H45 locais (00H45 GMT da quarta-feira) no estádio Ramón ‘Tahuichi’ Aguilera de Santa Cruz (leste) e será dirigido pelo trio equatoriano conformado pelo árbitro Juan Albarracín e os assistentes Byron Romero e Christian Lescano.

Prováveis formações:

Oriente Petrolero: Pedro Galindo – Ignacio García, Carlos Lugano,Luis Haquin, Alexis Ribera – Marcel Román, Diego Suárez, Damián Lizio, Helmuth Gutiérrez – José Alí Meza e Alcides Peña. DT. Eduardo Villegas.

Atlético Tucumán: Cristian Lucchetti – David Valdez, Ignacio Canuto, Bruno Bianchi, Mauro Osores – Rodrigo Aliendro, Guillermo Acosta, Carlos Lapetina, David Barbona – Luis Rodríguez e Fernando Zampedri. DT: Ricardo Zielinski.

Estatísticas:

Oriente Petrolero – Atlético Tucumán

Sem jogos internacionais oficiais

Oriente Petrolero local

Só ganhou um dos últimos 5 por torneios Conmebol: Nacional 1-0 (Mojica)

Na atual edição da Copa Sul-Americana igualou a um gol com Deportivo Cuenca

Recorde negativo recebendo equipes da Argentina: 1 – 1 – 5

A única vitória foi no dia 15 de março de 1991 ante Boca Juniors 1-0 (García)

Atlético Tucumán visitante

Seus 5 jogos correspondem à atual edição da Copa Libertadores

Perdeu 4 e ganhou um. Este foi ante El Nacional 1-0 (Zampedri) no dia 7 de fevereiro

Sua única apresentação na Bolívia foi no dia 11 de abril, onde caiu ante Jorge Wilstermann 2-1 (Álvarez, Cabezas – Palomino)

Árbitro – Juan Albarracín

Três jogos na Copa Sul-Americana

Dois na atual edição: Everton 1 – Patriotas 0 e Sport Huancayo 2 – Nacional Potosí 1

Nunca dirigiu nem Oriente Petrolero nem Atlético Tucumán

 

 

Leonel Alvarez estreia no Cerro Porteño contra Boston River

Com novos craques e a estreia do treinador colombiano Leonel Alvarez, Cerro Porteño do Paraguai receberá nesta terça-feira Boston River do Uruguai pela segunda fase da CONMEBOL SUL-AMERICANA.

Ao conjunto guarani somou-se recentemente os atacantes: o argentino Diego Churín e o paraguaio Alfio Oviedo.

O encontro será disputado a partir das 20H45 locais (23H45 GMT) no estádio Defensores del Chaco de Assunção.

Sob as órdens do árbitro venezuelano Jesús Valenzuela, as prováveis formações são as seguintes: 

Cerro Porteño: Antony Silva – Raúl Cáceres, Marcos Cáceres, Omar Alderete, Joel Jiménez – Jorge Rojas, Marcos Riveros, Silvio Torales, Josué Colmán – Alfio Oviedo e José María Ortigoza. DT: Leonel Alvarez.

Boston River: Adrián Berbia – Nicolás Barán, Joaquín Pereyra, Guillermo Fratta, Enrique Etcheverry – Agustín Nadruz, Pablo Cepellini, Darwin Avila, Mauro Vila – Facundo Rodríguez e Federico Rodríguez. DT: Alejandro Apud.

Estatísticas:

Cerro Porteño – Boston River

Sem jogos internacionais oficiais

Cerro Porteño local

Em competições Conmebol só perdeu um dos últimos 10: Boca Juniors 2-1 na Copa Libertadores 2016

Na presente edição da Copa Sul-Americana igualou a um gol com Caracas

igualdade ao receber equipes uruguaias: 4 – 7 – 4

Suas vitórias: Peñarol 3-0 (Libertadores 1998), Nacional 5-0 (Libertadores 1999), Defensor Sporting 2-0 (Sul-Americana 2005) e Fénix 2-0 (Sul-Americana 2016)

Boston River visitante

Seu único encontro foi o empate a um gol com Comerciantes Unidos no passado dia 1 de junho

As equipes uruguaias só obtiveram uma vitória em suas últimas 10 visitas ao Paraguai pela Conmebol: Cerro Porteño 0 – Rentistas 1 (Alles)

Árbitro – Jesús Valenzuela

Sete encontros na Copa Sul-Americana

Dois neste ano: Juan Aurich 0 – Arsenal 2 e Defensa y Justicia 0 – São Paulo 0

Nunca dirigiu em forma oficial nem Cerro Porteño nem Boston River

 

 

 

 

CONMEBOL.com/AFP

Dados: Eduardo Bolaños

Ultimas Noticias