NOTÍCIAS DESTACADA

Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Semana decisiva nas Oitavas de Final
Semana decisiva nas Oitavas de Final
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio

CONMEBOL trabalha no retorno de suas competições com máxima segurança sanitária

nuevo_proyecto17

O diretor de Competições de Seleções da CONMEBOL, Hugo Figueredo, afirmou que a Fase Final do CONMEBOL Feminino Sub 20 e CONMEBOL Feminino Sub 17 serão disputados este ano, insistindo que “a coisa mais importante para nós é assegurar a saúde de todos os participantes do espetáculo esportivo”.

A fase de grupos do Sub 20 Feminino, disputado nas cidades San Juan e San Luis da Argentina, teve que ser suspenso justo antes do começo da Fase Final, por causa do contexto geral suscitado pelo avanço da COVID-19 a nível regional e mundial.

Venezuela, Colômbia, Brasil e Uruguai são as seleções classificadas para a Fase Final, em busca dos dois ingressos para o Mundial Feminino Sub 20 da FIFA. Figueredo informou que apesar de não classificar para a rodada final, Argentina se mantém firme como sede desta última rodada, e a cidade de disputa seria Buenos Aires.

Outro campeonato que será disputado neste ano é o CONMEBOL Feminino Sub 17, começando no mês de novembro no Uruguai, torneio que também classificará as seleções sul-americanas ao Mundial Feminino Sub 17 da FIFA.

Uruguai, uma das seleções classificadas à Fase Final

“Realmente tudo vai depender da evolução do vírus em cada região, porém, nós continuamos trabalhando para que o retorno dos nossos torneios seja realizado com a máxima segurança sanitária para todos os que fazem parte do torneio”, disse.

Nesse sentido, comentou sobre os trabalhos e protocolos sanitários e de segurança que todos os oficiais estarão realizando em conjunto com a Comissão Médica da CONMEBOL. “Está sendo elaborado um protocolo sanitário detalhado, que não só cobrirá a proteção da saúde dos protagonistas no campo de jogo mas a de todos os que fazem parte do espetáculo fora do mesmo”.

“Estamos muito expectantes em retomar estas competições mas, com certeza, será no marco sanitário e de segurança exigido para cuidar da saúde e, sobretudo, com a ideia de que na hora de voltar, voltemos todos”, augurou.

– Calendário de Seleções –

Os torneios que tiveram que ser cancelados como consequência da pandemia são: CONMEBOL SUB-20 Futsal Masculino – Paraguai 2020; CONMEBOL SUB-17 Futsal Masculino – Argentina 2020; CONMEBOL SUB-20 Futsal Feminino – Peru 2020 e CONMEBOL Copa América de Futebol de Praia – Brasil 2020.

“Devido ao nosso apertado calendário do próximo ano, estes torneios foram cancelados definitivamente para esta edição, informou o diretor Figueredo.

“O Conselho da CONMEBOL tomou a decisão de cancelar estes torneios. O Departamento de Competições acompanha esta determinação, devido ao contexto generalizado que estamos vivendo por causa da COVID-19. A linha da CONMEBOL é clara: primeiro a saúde”, afirmou.

– Eliminatórias CONMEBOL –

Em outro ponto, Hugo Figueredo mencionou que o trabalho é em conjunto com a FIFA para que as Eliminatórias CONMEBOL ao Mundial do Catar 2022 possam começar no mês de setembro deste ano, conforme o calendário previamente aprovado.

“Embora seja uma competição FIFA, estamos em contato permanente e vendo a evolução da pandemia no nível de todos os países dia a dia. O desejo de todos é começar no mês de setembro, porém obviamente vamos depender muito do avanço de soluções e implementação dos protocolos exigidos em todas as áreas de cada país”, indicou.

Adiantou que também o trabalho é realizado em conjunto com a FIFA e outras confederações em alternativas, em caso de que as condições sanitárias não sejam dadas no mês de setembro. “Porém repito, o objetivo é começar neste mês, e dar prosseguimento nas seguintes datas estabelecidas no calendário internacional, tendo sempre a saúde como prioridade”.

 

 

 

 

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias