NOTÍCIA DESTACADA

Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana
Foi realizado o 2º Seminário para o Desenvolvimento da Nossa Própria Metodologia
Foi realizado o 2º Seminário para o Desenvolvimento da Nossa Própria Metodologia

“A Copa América será a plataforma para conquistar o mundo”, diz Alejandro Domínguez

ale2

03 de dezembro de 2019, Cartagena das Índias, Colômbia. Na noite desta terça-feira, em Cartagena das Índias, a Confederação Sul-Americana de Futebol – CONMEBOL – realizou o Sorteio da CONMEBOL Copa América 2020, onde foram definidos os grupos que disputarão a 47ª edição do torneio de seleções mais antigo do mundo, que pela primeira vez será realizado em um novo formato de Norte-Sul, com a Argentina e a Colômbia como países-sede, bem como os grupos nos quais jogarão as duas seleções convidadas, do Catar e da Austrália.

“A partir de 2020, a Copa América passa para um novo calendário. Antes jogávamos apenas um ano depois do Mundial e três anos antes do seguinte, o que não é ideal para organizar os projetos esportivos. Agora, passaremos a jogar em anos pares, a dois anos do Mundial que termina e do seguinte. Isso permitirá que nossas seleções se recuperem, fechem ciclos e desenvolvam novos projetos, mas acima de tudo, incentivará uma mudança de mentalidade, pois a Copa América passará de ser um torneio para reivindicar-se pelo Mundial, passou a uma plataforma para se preparar para vencer o Mundial que vem”, explicou Alejandro Domínguez, presidente da CONMEBOL, em seu discurso de abertura ao sorteio.

“Em 2016, quando assumimos a presidência da CONMEBOL, em conjunto com o Conselho, começamos a trabalhar para e pelo futebol. Identificamos problemas que nos tornaram, como Confederação, como seleções e como clubes, menos competitivos. Então começamos a propor reformas em toda a Confederação para recuperar a liderança. Hoje estamos aqui implementando um novo calendário e um novo formato para a CONMEBOL Copa América, que nos dá a possibilidade de recuperar a competitividade e aproximar nossas seleções e nossos ídolos a seu público”, acrescentou Domínguez.

Finalmente, o presidente declarou que todo o trabalho realizado tem apenas um objetivo: recuperar a liderança mundial do futebol sul-americano. “É hora de mudar nossa mentalidade. Temos que acreditar sempre. Temos que ver a Copa América novamente como a plataforma para conquistar o mundo. O compromisso que devemos assumir é que em 2022 a Copa do Mundo da FIFA retorne à América do Sul”.

A competição terá a participação de doze seleções, incluindo as dez da CONMEBOL, assim como Catar e Austrália, como convidados especiais. Após o sorteio da Copa América Argentina Colômbia 2020, foi confirmado que o Grupo A, que será disputado na Argentina, está composto por Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai e Austrália, enquanto o Grupo B, que será disputado na Colômbia, está conformado pelo Brasil, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela e Qatar.

 

Ultimas Noticias