NOTICIA DESTACADA

Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022

Defensa y Justicia sagra-se campeão da CONMEBOL Recopa 2021 e engrandece sua lenda!

000_9824x2

Defensa y Justicia engrandeceu sua história ao derrotar o Palmeiras nos pênaltis por 4-3 na CONMEBOL Recopa Sudamericana 2021, a primeira em sua vitrine, em um encontro disputado nesta quarta-feira em Brasília, onde venceu 2-1 e virou a derrota, pelo mesmo placar, sofrida na Argentina.

Sem complexos e com uma aposta ofensiva, o time de Florencio Varela, que não completa uma década na primeira divisão da Argentina, conseguiu superar as adversidades e, no estádio Mané Garrincha, ergueu seu segundo título internacional após a CONMEBOL Sudamericana 2020.

Os ‘halcones’ de Sebastián Beccacece começaram perdendo após um gol de Raphael Veiga (23) de pênalti, porém viraram o jogo com tantos do artilheiro Braian Romero (31) e um chutaço de longe de Marcelo Benítez (90+3), nos acréscimos, levando o jogo à prorrogação.

O goleiro Ezequiel Unsain defendeu um disparo do ponto de pênalti do paraguaio Gustavo Gómez aos 9 minutos de prorrogação, pouco depois da expulsão de Romero (97).

Palmeiras, campeão da CONMEBOL Libertadores-2020, disputou a partida com dez jogadores a partir dos 68 minutos, após o cartão vermelho recebido pelo uruguaio Matías Viña. 

Na definição dos pênaltis, Adonis Frías, Miguel Merentiel, Eugenio Isnaldo e Enzo Fernández deram o triunfo, após as falhas de Luiz Adriano e Weverton.

O título do Defensa iguala as conquistas da Recopa entre brasileiros e argentinos. De 29 torneios disputados, os clubes do Brasil ganharam 11 e os da Argentina 10.

-Números que do jogo-

  • Palmeiras soma três finais em competições CONMEBOL contra times da Argentina sem ganhar o título. A vitória do Defensa y Justicia foi a segunda consecutiva, na CONMEBOL Recopa, de equipes argentinas contra equipes brasileiras.
  • Palmeiras perdeu seu primeiro encontro de finais, em competições CONMEBOL, que jogou em casa (tempo regulamentar). Tinham sido três vitórias e um empate em finais da Copa Mercosul e duas vitórias e dois empates em finais da Libertadores.
  • Defensa y Justicia marcou gols em seus últimos oito duelos contra times brasileiros em competições CONMEBOL (4V 1E 3D). Em ambos da final da Recopa contra o Palmeiras e nos seis de sua campanha vitoriosa na última Sudamericana.
  • Defensa y Justicia teve, no total, 12 finalizações (4 acertos) no tempo regulamentar contra o Palmeiras. Só três dessas finalizações foram após o cartão vermelho para Matias Viña do Palmeiras aos 68 minutos. O primeiro desses chutes a gol foi o segundo gol do Defensa y Justicia, que levou o jogo à prorrogação.
  • Braian Romero anotou 9 dos últimos 14 gols do Defensa y Justicia em competições CONMEBOL. Dois dos três gols do time na Recopa foram anotados pelo atacante, que terminou recebendo o cartão vermelho no primeiro tempo da prorrogação.

 

 

AFP/OPTA

Últimas Noticias