NOTICIA DESTACADA

Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022

Domínguez: “Para a CONMEBOL é prioritário que em seu centenário o Mundial retorne à América do Sul”

Na manhã desta quinta, o Presidente da Conmebol Alejandro Domínguez W-S, informou sobre a posta em marcha da candidatura conjunta da Argentina, Uruguai e Paraguai, para ser organizadores do Mundial 2030, no ano de seu centenário. Foi após a reunião mantida com Horacio Cartes, Presidente do Paraguai, no “Mburuvicha Roga”, residência presidencial em Assunção.

“Ante esta responsabilidade histórica para a CONMEBOL, a Confederação de futebol mais antiga do mundo, que tem também o campeonato de seleções mais antigo do mundo, é prioritário voltar a trabalhar para que o mundial volte à América do Sul em seus 100 anos”, destacou Alejandro Domínguez. “Isto é possível graças às excelentes relações entre os Presidentes Horacio Cartes, do Paraguai, Mauricio Macri da Argentina e Tabaré Vázquez do Uruguai, que tornaram possível que este sonho se concretize”, indicou, Domínguez, entusiasmado.

 “Hoje o formato do mundial mudou e, a partir de 2026, 48 equipes irão entrar na disputa, e as regras da FIFA fazem com que seja possível mais de um país anfitrião, fato que abriu as portas para se que façam canditadutas conjuntas não só limitadas a dois países”, explicou.

– Proposta feita quando era presidente da APF- 

Ao se referir ao caso do Paraguai, o Presidente da CONMEBOL recordou que foi sua a ideia quando era titular da Associação Paraguaia de Futebol. “Quando assumi como Presidente da APF, nesta mesma casa (Mburuvicha Roga) falamos de trazer o Mundial 2030 ao Paraguai e à América do Sul”. 
“É uma notícia muito importante para a América do Sul e toda uma CONMEBOL, que são 10 países que vão lutar para que, no Centenário do Mundial, a Copa do Mundo regresse à sua casa”, disse, antes de responder as consultas dos meios de comunicação.

ASSISTA O VíDEO COMPLETO

 

 

Últimas Noticias