NOTICIA DESTACADA

Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa

‘El Pistolero’ Suárez dispara em seu retorno

Luis Suarez voltou a vestir a camisa da celeste uruguaia nesta sexta-feira depois de quase dois anos. E comemorou seu retorno com o gol do empate com Brasil 2-2 em casa pela classificação ao Mundial-2018.

Luis Suarez voltou a vestir a camisa da celeste uruguaia nesta sexta-feira depois de quase dois anos. E comemorou seu retorno com o gol do empate com Brasil 2-2 em casa pela classificação ao Mundial-2018.

A última vez que Suarez jogou uma partida oficial para o seu país foi precisamente em solo brasileiro há dois anos na Copa do Mundo.

E ele sacou a pistola. Marcou no minuto 47 um canhotaço que significou o 2-2 definitivo na lousa do Arena Pernambuco, de Recife (nordeste) pela quinta jornada de eliminatórias.

"Isto é o que você quer quando volta, poder ajudar a equipe, tanto quanto possível, e hoje deu certo", comemorou o atacante uruguaio, artilheiro histórico da celeste com 45 gols.

Douglas Costa abriu o placar para o Brasil a menos de um minuto de jogo e Renato Augusto colocou o 2-0 aos 25’. O 'Matador' Edinson Cavani marcou para a celeste aos 31’.

Uruguai marcha dessa forma em segunda colocação nas eliminatórias sul-americanas com 10 pontos, a três do líder Equador (13). Brasil fica até agora em terceiro com oito pontos, igual que Paraguai e Argentina.

O Brasil enfrenta o Paraguai na próxima terça-feira em Assunção, sem Neymar- suspenso por acumulação de cartões amarelos-, e Uruguai recebe o Peru, em Montevidéu.

 

Matador com pistola

"El Matador" apontou para os 2.000 uruguaios que viajaram a Recife para que não perdessem a fé. Com bandeiras, rostos pintados e, claro, suas camisas da cor azul celeste, a torcida charrúa soube fazer barulho.

A anotação equilibrou o jogo antes do intervalo e carregou as pilhas de um Uruguai que, por pouco não remontou para vencer.

Para empatar, Suarez aproveitou o espaço que David Luiz cedeu na área para terminar com um cruzamento rumo ao arco de Alisson, que chegou a desviar mas não o suficiente para impedir de entrar.

Pouco antes do final, a pistola de Suárez disparou vários tiros que Alisson salvou por graça divina.

'Lucho' vai embora contente e poderá comemorar este empate com um mate… ou um hambúrguer.

 

AFP

Últimas Noticias