NOTICIA DESTACADA

Cascavel conquista seu primeiro título na CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Cascavel conquista seu primeiro título na CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história

Eliminatórias Rússia 2018: Brasil, com Neymar e Uruguai, com a volta de Suárez, se enfrentam em Recife

Dois pontas do perigoso trio ofensivo do Barcelona jogarão nesta sexta-feira no Brasil, só que desta vez em lados opostos: Neymar buscará mais três pontos para a sua pouca popular seleção "em sua cruzada para a Rússia de 2018, bem como Luis Suarez que vai vestir a celeste novamente.

Dois pontas do perigoso trio ofensivo do Barcelona jogarão nesta sexta-feira no Brasil, só que desta vez em lados opostos: Neymar buscará mais três pontos para a sua pouca popular seleção "em sua cruzada para a Rússia de 2018, bem como Luis Suarez que vai vestir a celeste novamente.
 

A última vez que Suarez jogou uma partida oficial com sua seleção foi precisamente em solo brasileiro há dois anos na Copa do Mundo.
 

"(Eu) tratarei de controlar a ansiedade e o nervosismo", disse 'El Pistolero' esta semana numa conferência de imprensa.

Suarez assegurou que vai continuar "correndo, pressionando, discutindo", embora "com mais moderação". "Como eu estou fazendo no Barcelona", sustentou.
 

E agora volta à seleção para o clássico Brasil-Uruguai em Recife (nordeste) "com uma maturidade pessoal que me satisfaz muito", disse o técnico uruguaio Oscar Tabárez.

"Vai ser um grande jogo. Vou enfrentar o meu amigo Suarez, um cara fora de série e espero sair vencedor (…) Eu vou fazer de tudo para vencê-lo", Neymar lançou na conferência de imprensa prévia ao jogo.
 

O Brasil enfrenta o Paraguai na próxima terça-feira em Assunção e Uruguai recebe o Peru.
 

Neymar, por sua vez, sentiu um desconforto muscular na quarta-feira, mas foi submetido a um teste que descartou a possibilidade de lesão.

O apitaço inicial soará às 21H45 locais (00H45 GMT de sábado) no estádio Arena Pernambuco de Recife. O argentino Néstor Pitana será o árbitro da partida e estará auxiliado nas linhas por Ezequiel Brailovsky e Fernando Rapallini.

"Quem ganhar desfrutará e quem perder receberá ânimo do outro, porque somos todos companheiros acima de tudo. Cada um fará o melhor para sua seleção e dará o máximo por seu país", disse Suárez após brincar que ambos teriam apostado um hambúrguer.

"Vai ter que pagar um hambúrguer, com certeza seguro", sublinhou.

Possíveis formações:

Brasil: Alisson – Daniel Alves, Miranda, David Luiz, Filipe Luís – Luiz Gustavo, Fernandinho, Renato Augusto – Willian, Douglas Costa e Neymar. DT: Dunga.

Uruguai: Fernando Muslera – Sebastián Coates, Mauricio Victorino, Alvaro Pereira Jorge Fucile – Egidio Arévalo Ríos, Alvaro González (o Matías Vecino), Carlos Sánchez, Diego Laxalt (ou Cristian Rodríguez) – Luis Suárez e Edinson Cavani. DT: Oscar Tabárez.

Estatísticas:

Brasil – Uruguai

Em eliminatórias se enfrentaram 8 vezes.

Brasil tem uma pequena vantagem no histórico com três vitórias contra uma do Uruguai, e 4 empates.

Brasil está invicto nos 47 jogos que disputou como local em eliminatórias. Deles ganhou 36 e empatou 11.

Como visitante em eliminatórias, Uruguai alternó triunfos e derrotas em suas mais recentes apresentações: Equador 0-1, Jordânia 5-0, Bolívia 2-1 e Equador 1-2.

Brasil local do Uruguai em eliminatórias

Quatro enfrentamentos. Brasil está invicto, com duas vitórias e dois empates.

Obs. I: Brasil marcou gols em todos os encontros sobre Uruguai.

Obs. II: É um dos duelos que mais tardou em se concretizar em eliminatórias, já que sua primeira edição foi em 1993.

Primeiro jogo: Brasil 2 – Uruguai 0 (Eliminatórias para Estados Unidos 1994).

Último encontro: Brasil 2 – Uruguai 1 (Eliminatórias para África do Sul 2010).

 

Texto e foto: AFP

Estatísticas: Eduardo Bolaños/conmebol.com

Design: DD/conmebol.com

 

Últimas Noticias