NOTICIA DESTACADA

A Festa Sul-Americana chega a Córdoba!
A Festa Sul-Americana chega a Córdoba!
CONMEBOL realiza Seminário ‘Desenvolvendo sua Própria Metodologia’
CONMEBOL realiza Seminário ‘Desenvolvendo sua Própria Metodologia’
Classificados para as Semifinais da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022
Classificados para as Semifinais da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022

Eliminatórias Rússia 2018: Martino aposta que a Argentina somará seis pontos enfrentando Chile e Bolívia

O selecionador da Argentina, Gerardo Martino, disse que a responsabilidade da equipe capitaneada pelo astro Lionel Messi é ganhar do Chile nesta quinta e da Bolívia na terça-feira para entrar "dentro do grupo que se classifica ao Mundial" Rússia- 2018.

O selecionador da Argentina, Gerardo Martino, disse que a responsabilidade da equipe capitaneada pelo astro Lionel Messi é ganhar do Chile nesta quinta e da Bolívia na terça-feira para entrar "dentro do grupo que se classifica ao Mundial" Rússia- 2018.

"Seria muito importante obter os seis pontos nesta jornada dupla. Hoje, a tabela mostra que estamos fora da Copa do Mundo, então a responsabilidade é vencer os dois jogos para entrar dentro do grupo que estaria se classificando ao mundial", admitiu Martino numa conferência de imprensa na Associação Argentina de Futebol (AFA) em Ezeiza (periferia sul).

Depois de quatro datas, Argentina, com cinco pontos, está na sexta posição das eliminatórias sul-americanas.

Pouco antes de partir para Santiago, o DT manifestou sua satisfação de contar com Messi, argumentando que "a presença de Leo é sempre reconfortante, motivadora e fundamentalmente necessária".

Também elogiou Sergio Aguero e Gonzalo Higuaín, que descreveu como "dois dos cinco principais centroavantes do mundo" e previu que por sua maneira de planejar o jogo será "acertado com um e injusto com o outro".

Martino confirmou que Paulo Dybala não se recuperará a tempo para essas datas, no entanto estimou que o zagueiro Nicolas Otamendi "está bem" e poderia jogar contra o Chile, caso contrário vai por Martín Demichelis na defesa ao lado de Ramiro Funes Mori.

Apesar da baixa por lesões, mostrou-se calmo, porque a Argentina "sempre tem boas substituições na equipe". "A equipe já está definida", confessou.

Em quanto às baixas na equipe chilena, incluindo Arturo Vidal, Martino disse que "estando (Claudio) Bravo, (Gary) Medel, (Mauricio) Isla e Alexis (Sanchez) não acho que deixe de ser uma grande equipe".

Nos quatro primeiros encontros, a Argentina perdeu para o Equador (2-0), empatou com Paraguai (0-0) e Brasil (1-1) e conseguiu marcar três pontos contra a Colômbia (1-0).

Texto e foto: AFP

Edição: conmebol.com

Últimas Noticias