NOTICIA DESTACADA

Cascavel conquista seu primeiro título na CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Cascavel conquista seu primeiro título na CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história

Eliminatórias Rússia 2018: Sánchez e Vidal no topo da primeira lista de Pizzi

O técnico hispano-argentino Juan Antonio Pizzi, fez sua primeira nômina desde que assumiu o comando da seleção do Chile, e convocou 18 'estrangeiros', com Alexis Sanchez e Arturo Vidal encabeçando, para jogos classificatórios contra a Argentina e Venezuela.

O técnico hispano-argentino Juan Antonio Pizzi, fez sua primeira nômina desde que assumiu o comando da seleção do Chile, e convocou 18 'estrangeiros', com Alexis Sanchez e Arturo Vidal encabeçando, para jogos classificatórios contra a Argentina e Venezuela.

Alexis Sanchez (Arsenal / Inglaterra) é a carta que Pizzi espera explorar na dianteira.

Chile e Argentina se enfrentam no dia 24 de março, em Santiago, no Estádio Nacional.

Arturo Vidal (Bayern de Munique / Alemanha) é o outro grande nome proposto por Pizzi em sua primeira chamada.

Pizzi, que assumiu no banco da 'Roja' em 5 de fevereiro, também convocou o zagueiro Paulo Diaz, jogador do San Lorenzo da Argentina e que tem teido regularidade em seu clube e é o único novo nome da chamada.

Os 17 jogadores restantes foram nomeados em algum momento na equipe nacional chilena.
 

A nômina será completada no fim de semana com jogadores do meio local.

Chile é sexto colocado nas eliminatórias mundialistas com sete pontos. Depois de enfrentar a Argentina, vai jogar de visita com a Venezuela em 29 de março.

Os convocados do Chile para os jogos contra Argentina e Venezuela são os seguintes:

– Goleiros: Claudio Bravo – (FC Barcelona/Espanha)

– Defesas: Miiko Albornoz (Hannover 96/Alemanha), Mauricio Isla (Olympique de Marsella /França), Gary Medel (FC Internazionale/Itália), Enzo Roco (Espanyol/Espanha) Paulo Díaz (San Lorenzo/Argentina), Eugenio Mena (São Paulo Futebol Clube/Brasil).

– Volantes: Marcelo Díaz (Celta de Vigo/Espanha), Francisco Silva (Chiapas/México), Fernando Meneses (Tiburones Rojos de Veracruz/México), Felipe Gutiérrez (FC Twente/Holanda), Arturo Vidal (Bayern de Munique/Alemanha), Bryan Rabello (Santos Laguna/México), Matías Fernández (Fiorentina/Itália)

– Atacantes: Alexis Sánchez (Arsenal FC/Inglaterra), Fabián Orellana (Celta de Vigo/Espanha), Mauricio Pinilla (Atalanta/Itália), Ángelo Henríquez (GNK Dinamo Zagreb/Croácia).

Texto e foto: AFP

Edição: conmebol.com

Últimas Noticias