NOTICIA DESTACADA

A Festa Sul-Americana chega a Córdoba!
A Festa Sul-Americana chega a Córdoba!
CONMEBOL realiza Seminário ‘Desenvolvendo sua Própria Metodologia’
CONMEBOL realiza Seminário ‘Desenvolvendo sua Própria Metodologia’
Classificados para as Semifinais da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022
Classificados para as Semifinais da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022

Eliminatórias Rússia 2018: Vibrantes empates e triunfos em casa alheia

Luis Suarez se deu o prazer de voltar para o Brasil com o brilho da Europa, no empate 2-2 do Uruguai com o Brasil no encerramento da quinta rodada de eliminatórias sul-americanas rumo ao Mundial Rússia-2018, uma jornada em que a Argentina estava a vencer em casa o Chile e Equador que salvou o invicto contra o Paraguai no tempo adicional.

Quando parecia que a noite chegava com um gol inesperado de Douglas Costa em minutos de começar o jogo em Recife, e que em seguida, expandiu com o tanto de Renato Augusto (25), Uruguai reagiu através de suas duas estrelas ofensivas, Edinson Cavani e Suarez.

O jogador do Paris Saint-Germain fez o 2-1 aos 31 e o craque do FC Barcelona emudeceu a Arena Pernambuco aos 47, e por pouco os celestes ficaram com a vitória.

O empate permite que o Uruguai mantenha o segundo lugar agora com 10 pontos, enquanto o Brasil, que começou a jornada sendo quinto colocado, ficou em terceiro com 8.

Na quinta-feira, Argentina azedou a estreia de Juan Antonio Pizzi no banco do Chile, derrotando o campeão da América por 2-1, enquanto o líder Equador tropeçou em casa ante o Paraguai.

No Estádio Nacional de Santiago, a albiceleste foi capaz de se recuperar de um gol de Felipe Gutierrez, aos 10 minutos para terminar ganhando graças aos gols de Angel Di Maria (19) e Gabriel Mercado (24).

Argentina é quinta colocada com 8 pontos, enquanto La Roja está em sexto, com 7 unidades, arrastando desde a terceira rodada, quando empatou com a Colômbia em Santiago.

Em Quito, o líder Equador terminou agradecendo a Deus pelo milagre aos 90 + 1 minutos quando Angel Mena bateu em Justo Villar na última jogada do encontro no Olimpico Atahualpa em Quito.

Esse tanto significava o 2-2 para os jogadores de Gustavo Quinteros, que viam como o Paraguai colocava os freios em sua marcha impecável no pré-mundial regional com dois tantos de Dario Lezcano (37 e 58).

Enner Valencia (19) tinha aberto a conta para a tricolor, mas a resposta guarani foi breve e, gradualmente, foi melhorando nos 2.850 m de altitude de Quito.

Apesar do susto, o Equador chegou a 13 pontos comandando ainda a corrida sul-americana à Rússia, enquanto o Paraguai está em quarto com 8 pressionando a área superior da tabela.

Colômbia, por sua vez, se reencontrou com a vitória depois de três jogos sem festejos, e nada menos que a alcançou nos 3.650 m de altitude de La Paz, onde venceu a Bolívia por 3-2.

O 'merengue' James Rodriguez (10), artilheiro do AC Milan Carlos Bacca (40) e Edwin Cardona (90 + 1) marcaram os gols para o time cafeteiro, que permanece em sétimo lugar na tabela, mas agora com 7 pontos, enquanto a Bolívia, que recortou as diferenças através de Juan Carlos Arce (49, pênalti) e Alejandro Chumacero (62) tem apenas 3 unidades na nona colocação.

Em Lima, Venezuela esteve a segundos de conseguir sua primeira vitória a caminho da Rússia, mas acabou por empatar 2-2 com o Peru.

Paolo Guerrero (60) e Raul Ruidiaz (90 + 3) marcaram para os incas, que chegaram a 4 pontos para ficar em oitavo lugar, enquanto Romulo Otero (33, pênalti) e Mikel Villanueva (57) o fizeram para a Vinotinto, que continua em último mas somando a sua primeira unidade.

 

 

 

Fonte: AFP

Edição: Conmebol.com

Últimas Noticias