NOTICIA DESTACADA

Em ritmo de samba, a Verde-Amarela parte às quartas
Em ritmo de samba, a Verde-Amarela parte às quartas
Confira os ÁRBITROS escalados para a CONMEBOL Sub20 – Colômbia 2023
Confira os ÁRBITROS escalados para a CONMEBOL Sub20 – Colômbia 2023
Argentina entre as 8 melhores seleções do planeta
Argentina entre as 8 melhores seleções do planeta

Estreantes e velhos conhecidos entram em competição

sudamericana-750px-21-4

Encontros entre times que voltam ao palco internacional e outros que fazem sua estreia, estão presentes na programação de jogos desta quarta-feira, 21 de abril:

-Ceará em busca de um triunfo que aniquile o projeto de Soria no Wilstermann-

Um triunfo do Ceará sobre o Jorge Wilstermann na quarta-feira em Fortaleza será um prêmio no retorno do modesto time do nordeste brasileiro, o qual esteve ausente por dez anos.

A valente equipe dirigida por Guto Ferreira, que terminou no décimo primeiro lugar no Brasileirão, por cima de gigantes como o Corinthians, dará início ao Grupo C contra os ‘aviadores’.

-Dados-

Estádio: Arena Castelão

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Nicolás Gamboa (CHI).

-Antecedentes-

  • Ceará do Brasil disputará seu primeiro jogo contra um time estrangeiro em competições CONMEBOL. Wilstermann duelará pela primeira vez contra um rival brasileiro na CONMEBOL Sudamericana em sua quinta participação no certame.
  • Segunda participação do Ceará na CONMEBOL Sudamericana, a anterior foi em 2011 quando foi eliminado pelo São Paulo, após vencer no duelo de ida (2-1) e perder na revanche (0-3).
  • Na rodada preliminar da presente edição da CONMEBOL Sudamericana, Wilstermann conseguiu suas primeiras duas vitórias na competição. Nos oito jogos acumulados em suas quatro participações anteriores, o time boliviano não conseguiu ganhar (5E 3D)
  • Ceará já está nas semifinais da Copa do Nordeste após liderar o Grupo A, mantendo-se invicto após nove jogos disputados (5V 4E). Sua estreia no Brasileirão será no final de Maio, jogando como local contra o Grêmio
  • Jorge Wilstermann disputou cinco partidas como local na CONMEBOL Sudamericana, só perdeu uma vez (do Peñarol 0-4 na edição 2014), empatou em três oportunidades e ganhou o jogo de ida sobre o Atlético Palmaflor na Primeira Fase da edição atual.

 

-San Lorenzo busca sair vitorioso contra um Huachipato sonhador-

San Lorenzo e Huachipato fecharão nesta quarta-feira à noite a jornada inaugural do Grupo A, em um duelo entre as necessidades do time argentino e o sonho da equipe chilena.

-Dados-

Estádio: Nuevo Gasómetro

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Andrés Rojas (COL)

-Antecedentes-

  • Será a primeira vez que San Lorenzo e Huachipato duelem em competições CONMEBOL, para o time chileno será a primeira oportunidade de confrontar um representante da Argentina.
  • Décima primeira participação do San Lorenzo na CONMEBOL Sudamericana (não joga desde a edição 2018). A equipe Azulgrená foi campeã em 2002 (primeira edição da competição), vencendo o Atlético Nacional da Colômbia na final.
  • Quinta participação de Huachipato na CONMEBOL Sudamericana, o máximo que alcançou no torneio foram as oitavas de final em 2014, sendo eliminado pelo São Paulo do Brasil.
  • Jogando como local, San Lorenzo acumula seus sete últimos jogos sem derrotas na CONMEBOL Sudamericana (6V 1E). Sua última derrota foi em 2013 contra River Plate no jogo da Segunda Fase do certame.
  • Em oito partidas disputadas como visitante na CONMEBOL Sudamericana, Huachipato nunca empatou (4V 4D).            

 

-Estreante Montevideo City Torque confronta o Bahia-

O uruguaio Montevideo City Torque recebe nesta quarta-feira o brasileiro Bahia na ida do Grupo B, um encontro entre um estreante com equipes estrangeiras em torneios internacionais com um dos candidatos da série a passar de rodada.

-Dados-

Estádio: Parque Viera de Montevidéu

Hora: 21:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Luis Quiro (EQU).

-Antecedentes-

  • Montevideo City Torque disputará seu primeiro jogo contra um rival estrangeiro em competições CONMEBOL. Bahia confrontará pela terceira vez equipes uruguaias na Sudamericana: triunfo e empate contra Cerro na Segunda Fase de 2018 e derrota e empate contra Liverpool em 2019 na Primeira Fase.
  • Com 434.5 por jogo, Montevideo City Torque está em quarto no ranking de passes exitosos por jogo na atual CONMEBOL Sudamericana. O time uruguaio está colocado atrás de Palestino (448), Deportivo Cali (455) e Nacional de Assunção (575)
  • Será a oitava participação do Bahia na história da CONMEBOL Sudamericana e a quarta em forma consecutiva. O time brasileiro superou a segunda fase do torneio 50% das vezes (quatro no global das oito participações).
  • Entre Marcelo Allende (5) e José Álvarez (5), criaram 50% das chances de gol do Montevideo City Torque na eliminatória prévia à fase de grupos da atual Copa Sudamericana.
  • Bahia disputou 15 jogos como visitante na CONMEBOL Sudamericana, ganhando em quatro ocasiões, empatando em três e perdendo nas oito restantes. Sua última vitória fora de casa no certame foi na Primeira Fase da edição anterior da Copa, contra Nacional de Assunção (1-3).

 

-Guabirá sonha contra o várias vezes campeão Independiente-

O modesto clube boliviano Guabirá abrirá sua participação, na terça-feira jogando como local em Montero (este), contra o rei de copas do continente, o argentino Independiente, pela chave B.

-Dados-

Estádio: Gilberto Parada

Hora: 20:20 horário local (00:20 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Diego Haro (PER)

-Antecedentes-

  • Guabirá e Independiente nunca duelaram em competições CONMEBOL. Além disso, será o primeiro jogo dos bolivianos contra um representativo argentino.
  • É a quinta vez que Guabirá participa de uma competição CONMEBOL (duas na Libertadores e três na Sudamericana). Até esta edição onde eliminou o Nacional Potosí da Bolívia (6-2 no global), nunca tinha conseguido avançar uma rodada em alguma competição continental.
  • Será a décima primeira participação do Independiente na CONMEBOL Sudamericana, um torneio que ganhou em duas oportunidades: na edição 2010 vencendo o Goiás na final (3-3 no global, triunfando nos pênaltis por 5-3), e na edição 2017 vencendo o Flamengo (3-2 no global). As duas vezes que o Rojo chegou à final do torneio, terminou erguendo o troféu.
  • Kevin Mina e Gustavo Peredo foram os jogadores mais ativos no ataque do Guabirá na série contra Nacional de Potosí: cada um somou um gol, uma assistência e três chances criadas entre os dois encontros da eliminatória.
  • Jogando como local na CONMEBOL Sudamericana, Independiente perdeu só três dos 31 jogos disputados (23V 5E). Sua última derrota em casa no torneio foi contra o Lanus na edição 2020 do certame, prévia a esta derrota contra o time ‘Granate’, o ‘Rojo’ tinha 12 vitórias consecutivas, sua melhor racha como local na competição.

 

 

Últimas Noticias