NOTICIA DESTACADA

Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa

FIFA cobra milhões de dólares de ex-funcionários

De acusada a vítima. A Federação Internacional de Futebol Associado, a FIFA, deu um novo passo em sua campanha por recuperar a credibilidade no organismo que rege o futebol mundial e demanda os 41 ex-funcionários implicados no escândalo de corrupção descoberto em maio de 2015.

O organismo, que assegura ter sido “tratada injustamente”, apresentou um recurso de restituição ante a promotoria geral dos Estados Unidos e ao escritório encarregado de vigiar as pessoas em liberdade condicional do Distrito Leste de Nova Iorque cobrando os milhões de dólares tirados do futebol para benefício dos ex-dirigentes que são investigados e acusados pelo Departamento da Justiça dos EUA.

"Os réus condenados abusaram dos cargos de confiança que detinham na Fifa e em outras organizações internacionais de futebol e causaram dano grave e duradouro", afirmou, em comunicado divulgado nesta quarta-feira o presidente da Fifa, Gianni Infantino, eleito no fim do mês passado.

"O dinheiro que embolsaram pertencia ao futebol mundial e era destinado ao desenvolvimento e à promoção do esporte. A Fifa, como organismo máximo do futebol mundial, quer este dinheiro de volta, e estamos determinados a obtê-lo, não importa quanto tempo leve", disse Infantino.

Estima-se que milhões de dólares foram desviados ilegalmente da comunidade do futebol através de subornos, propinas e métodos de corrupção que tramaram os acusados.

 

Enlace da fifa.com: http://www.fifa.com/governance/news/y=2016/m=3/news=fifa-seeks-millions-from-defendants-named-in-us-investigation-2770511.html?intcmp=fifacom_hp_module_news_top

 

Fuente: bbc.com

Últimas Noticias