NOTÍCIAS DESTACADA

Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Semana decisiva nas Oitavas de Final
Semana decisiva nas Oitavas de Final
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio

Flamengo e Independiente em busca de erguer sua primeira Recopa

recopa-vuelta

O Flamengo brasileiro e o Independiente del Valle equatoriano procuram levantar nesta quarta-feira sua primeira CONMEBOL Recopa 2020, no jogo de volta da final, com os cariocas como favoritos trás empatar 2-2 na ida em Quito.

O jogo será disputado nesta quarta-feira a partir das 21:30h (00:30h GMT da quinta-feira) no Maracanã e estará dirigido pelo argentino Fernando Rapallini, acompanhado nas laterais pelos seus compatriotas Diego Bonfa e Gabriel Chade.

No caso de empate, o jogo irá para a prorrogação e se continuam empatados, o título será decidido nos pênaltis. 

O encontro será o segundo dos quatro que estão previstos neste primeiro semestre entre Flamengo e Independiente del Valle. Além da Recopa, as duas equipes estão localizadas na fase de grupos da Libertadores, com o jogo em Quito previsto para o dia 19 de março e no Rio de Janeiro para o dia 22 de abril. 

– A mística do Fla –

Dominador absoluto do futebol brasileiro em 2019, ano na qual também ganhou sua segunda Libertadores, o Flamengo somaria em caso de vitória sua terceira copa em menos de duas semanas. 

Recentemente, ganhou a Supercopa do Brasil ao bater Athlético Paranaense por 3-0, enquanto que no sábado levantou a Copa Guanabara, na primeira fase do Campeonato Carioca, ao vencer Boavista por 2-1 na final. 

– Independiente com moral –

Independiente del Valle chega ao jogo confiante em fazer a surpresa após começar com um empate na ida nos minutos finais. 

Os vigentes campeões da CONMEBOL Sul-Americana derrotaram Liga de Quito por 3-2 no sábado e lideram o campeonato equatoriano trás duas jornadas, empatados a seis pontos com o Guayaquil City. 

O técnico espanhol Miguel Ángel Ramírez formou um onze com vários reservas, pensando na volta da final continental.

Possíveis formações:

Flamengo: Alves – Rafinha, Gustavo Henrique, Léo Pereira, Filipe Luis – Arao – Gerson, De Arrascaeta, Everton Ribeiro – Gabriel Barbosa e Pedro. DT: Jorge Jesús. 

Independiente del Valle: Pinos – Sánchez, Schunke, Segovia, Caicedo – Pellerano, Faravelli, Guerrero, Franco, Murillo – Torres. DT: Miguel Ángel Ramírez.

 

– Estatísticas –

  • Os campeões da CONMEBOL Libertadores ganharam oito das últimas nove edições da Recopa; nessa racha, River Plate foi a única equipe ganhadora da Sul-Americana que saiu campeã: contra San Lorenzo, em 2015.
  • Flamengo ganhou seus últimos quatro jogos como local em competições CONMEBOL: anotou 15 gols e recebeu só um.
  • Independiente del Valle ganhou só um dos seus últimos sete jogos fora de casa em competições CONMEBOL (2E 4D); esse triunfo foi no duelo mais recente, e no único deles contra uma equipe do Brasil: 2-0 contra Corinthians, na Sul-Americana 2019.
  • Flamengo ganhou seus cinco jogos em casa contra equipes do Equador em competições CONMEBOL, todos eles entre 2012 e 2019: venceu quatro vezes o Emelec e uma vez a Liga de Quito.
  • As equipes do Equador se mantêm invictas na Recopa (3V2E): Liga de Quito ganhou as duas edições que disputou.
  • Independiente del Valle teve quatro remates ao gol no jogo de ida contra Flamengo; a maior quantidade que Flamengo recebeu nos seus últimos 10 jogos em competições CONMEBOL.
  • Bruno Henrique participou em seis gols nos seus últimos seis jogos com Flamengo em competições CONMEBOL; anotou cinco e participou em um.
  • Cristian Pellerano participou em oito gols nos 12 jogos que disputou em competições CONMEBOL desde 2019 com Independiente del Valle: anotou três gols e participou em cinco.
  • Flamengo anotou, em jogadas de bola queta, seus últimos quatro gols como local em competições CONMEBOL: duas de escanteio, um de pênalti e um de tiro livre; todos contra Grêmio na semifinal de volta da Libertadores 2019.
  • Lorenzo Faravelli, do Independiente del Valle, foi o jogador que tentou mais remates na ida da Recopa 2020, quatro; seu máximo em um jogo de competições CONMEBOL (10 jogos disputados)

 

 

 

 

CONMEBOL.com/ OPTA

Ultimas Noticias