NOTICIA DESTACADA

Só mais um passo! Equador joga contra Senegal pela classificação
Só mais um passo! Equador joga contra Senegal pela classificação
Programa Evolução da CONMEBOL continua com palestras e capacitações
Programa Evolução da CONMEBOL continua com palestras e capacitações
Brasil é a primeira seleção sul-americana nas oitavas de Final
Brasil é a primeira seleção sul-americana nas oitavas de Final

Fluminense, River Plate e Cerro Porteño, inquilinos de destaque das oitavas

new_project_22

Fluminense ganhando no Grupo D em grande estilo, River Plate abençoado por Santa Fé e o Cerro Porteño fazendo bem o trabalho em casa, classificaram para as oitavas de final da CONMEBOL Sudamericana 2021 nesta terça-feira, deixando apenas seis ingressos disponíveis faltando dois dias para encerrar a fase de grupos.

Doze vezes finalistas e um dos maiores times do futebol brasileiro, o ‘Flu’ fez a festa contra o River Plate no Monumental, vencendo-o por 3-1 num jogo eletrizante.

Caio Paulista (21′), Nenê (28′) e Yago Felipe (90+2′) marcaram os gols da equipe carioca, enquanto Federico Girotti (84′) marcou o gol de honra para o River.

– Números do jogo –

  • Fluminense ficou acima do River no histórico entre ambos os times pela CONMEBOL Libertadores: o único antecedente tinha sido o 1-1 no começo deste campeonato (1E 1D).
  • As equipes brasileiras perderam somente duas das últimas dez visitas ao River pela CONMEBOL Libertadores (4V 4E 2D). Os últimos dois representantes brasileiros que enfrentaram o Millonario em Buenos Aires ganharam: Palmeiras na edição 2020 (0-3) e Fluminense esta noite (1-3).
  • Em suas últimas seis visitas à Argentina pela CONMEBOL Libertadores, Fluminense perdeu só um jogo (4V 1E 1D): venceu Argentinos Juniors (2011), Boca Juniors (2012), Arsenal (2012) e agora River. O empate foi ante o Boca em 2008 e a queda também ante o ‘Xeneize’ em 2012.

 

Junior cai ante Santa Fé

Os ‘Tiburones’ tinham que vencer dos ‘Cardenales’ por uma diferença de dois gols e esperar a derrota do River, porém no final as traves e uma forte defesa rival terminaram definindo o jogo com um empate sem gols.

Junior, por outro lado, conseguiu o boleto para as oitavas de final da CONMEBOL Sudamericana, da qual foi finalista em 2018.

– Números do jogo –

  • Junior se despede desta edição da CONMEBOL Libertadores, com só uma derrota na fase de grupos (x River no Monumental), uma vitória (como visitante sobre o Fluminense) e 4 empates.
  • Miguel Borja, do Junior, fechou sua participação na atual CONMEBOL Libertadores como um dos artilheiros do torneio (junto com Gabi, do Flamengo) com 6 gols anotados em 8 partidas disputadas. O atacante finalizou em 37 oportunidades, 17 delas foram chutes a gol. Além disso, gerou 10 chances de gol.
  • Santa Fe continua invicto jogando como local contra times colombianos na CONMEBOL Libertadores: 2 vitórias e 4 empates com o desta noite.

 

Cerro Porteño fez a tarefa de casa

Cerro Porteño, por outro lado, conseguiu o segundo passe do Grupo H ao vencer, por 1-0, o colombiano América de Cali, que também disputava pelo lugar das oitavas logo que o Atlético Mineiro reinasse invicto na zona.

Enzo Giménez (5’) se encarregou do gol da vitória do ‘Ciclón’ guarani em Assunção.

– Números do jogo –

  • Cerro Porteño aumentou duas rachas na partida contra o América de Cali: soma sua quarta vitória consecutiva contra colombianos na CONMEBOL Libertadores, e também, é o terceiro jogo consecutivo, como local, que não recebe gol do América de Cali.
  • Cerro Porteño materializa seu melhor histórico sem perde de times colombianos na CONMEBOL Libertadores (4V 1E). Superou a racha que teve entre 2007 e 2010 quanto chegou a 4 partidas sem perder (2V 2E).
  • É a primeira derrota do América de Cali em território paraguaio nas últimas 4 ocasiões que visitou esse país na CONMEBOL Libertadores (3V). Só desta vez não conseguiu marcar, em suas últimas 7 visitas (3V 2E 2D).

 

Atlético Mineiro, o melhor classificado para as oitavas

O Galo goleou o venezuelano Deportivo La Guaira por 4-0 em Belo Horizonte e passou a ser o melhor classificado para as oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.

O Alvinegro abriu o placar aos 28 minutos com uma magnífica jogada do atacante venezuelano Jefferson Savarino. Aos 44’ Marrony ampliou, aos 50’ Hulk marcou o terceiro com uma grande parede na área e aos 90+4’ Nathan fechou o placar.

– Números do jogo –

  • Atlético Mineiro venceu todos os jogos contra times venezuelanos como local na CONMEBOL Libertadores (3V). Somou 8 gols nessas partidas e recebeu só 2.
  • Atlético Mineiro chegou a 5 vitórias consecutivas na CONMEBOL Libertadores pela segunda vez em sua história no torneio. A anterior foi em 2013 (quando o Mineiro foi campeão) e também teve Cuca como treinador.
  • Cuca tem 9 vitórias em 10 encontros como treinador do Atlético Mineiro jogando como local na CONMEBOL Libertadores. O único empate foi nas quartas de final da 2013 contra Tijuana (1-1).
  • Atlético Mineiro é o time com mais pontos na fase de grupos da atual CONMEBOL Libertadores (16P). Em 2013, quando foram campeões, também ficaram como o melhor time dessa etapa (15P).

 

Racing, classifica no Grupo E

O ‘Academia’ ficou com a liderança com 14 pontos, após sua vitória por 3-0 sobre o uruguaio Rentistas em Buenos Aires.

Tomás Chancalay (14’, 49’ e 68’) anotou os gols para a vitória do Racing.

– Números do jogo –

  • Racing chegou a sua sétima vitória em 15 partidas contra times uruguaios na CONMEBOL Libertadores (7V 5E 3D). Este foi seu terceiro encontro sem derrotas contra representantes do país oriental.
  • Racing perdeu só 1 dos últimos 13 encontros que disputou como local na CONMEBOL Libertadores (8V 4E 1D), estando invicto nos últimos 6 (4V 2E). A única derrota foi contra um time uruguaio: contra Nacional, por 1-0, na edição de 2020.
  • Racing terminou a fase de grupos e conseguiu o passe para as oitavas de final sem nenhum jogo nessa instância, fato que ocorre pela terceira vez na história do clube. As duas vezes anteriores foram em 1967 (campeão) e em 2003 (oitavas de final).
  • Tomás Chancalay, com um hat-trick marcado, é o primeiro jogador do Racing em anotar 3 gols em uma partida da CONMEBOL Libertadores desde o hat-trick de Lautaro Martínez sobre o Cruzeiro, em fevereiro de 2018.

 

São Paulo bate Cristal e avança

São Paulo também conseguiu o que precisava em casa, goleando o Sporting Cristal por 3-0. Bruno Alves (25’), o extremo equatoriano Joao Rojas (68’) e o atacante Vitor Bueno (70’) marcaram a vitória do tricolor paulista no estádio Morumbi.

– Números do jogo –

  • Os dois duelos entre o São Paulo e o Sporting Cristal na CONMEBOL Libertadores terminaram com o mesmo resultado: vitória de 3-0 do Tricolor Paulista.
  • São Paulo nunca perdeu como local contra times peruanos na CONMEBOL Libertadores (7V 1E). A vitória de 3-0 sobre o Sporting Cristal foi a sexta onde a equipe brasileira marcou 3 ou mais gols.
  • Mais uma vez o São Paulo evitou perder 2 partidas consecutivas como local na CONMEBOL Libertadores. Só uma vez na história do torneio (na edição de 1978) o time brasileiro perdeu duas vezes consecutivas jogando em casa.
  • São Paulo não recebeu chutes a gol em um jogo da CONMEBOL Libertadores pela primeira vez desde o 2-0 sobre o Corinthians na fase de grupos de 2015.

 

 

 

AFP / OPTA

Últimas Noticias