NOTICIA DESTACADA

Venda de ingressos ao Público Geral para a Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Venda de ingressos ao Público Geral para a Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história

Gianni Infantino é o novo Presidente da FIFA

Gianni Infantino é o presidente eleito da FIFA, com total de 115 votos. O mesmo cumprirá o período até 2019.

Gianni Infantino é o presidente eleito da FIFA, com total de 115 votos. O mesmo cumprirá o período até 2019.

“O mundo deve agradecer pelo que fazem”

Gianni Infantino em seu discurso antes da votação, ainda como candidato, elogiou o futebol sul-americano.

"É a paixão, o coração do futebol. O mundo deve lhes agradecer pelo que fazem. São dez países, a confederação de menor número, mas seu futebol é dos grandes", indicou.

"Deve-se agradecer à Conmebol e ao futebol sul-americano, bem como ajudá-los a manter seus talentos, deve-se trabalhar para melhorar o futebol sul-americano", desejou.

"Vamos restaurar o respeito e a imagem da FIFA”

"Faltam-me palavras para manifestar minhas emoções. Eu contei a vocês que havia empreendido uma viagem, uma viagem extraordinária que me permitiu encontrar muita gente extraordinária, que ama o futebol, que respira o futebol. Muita gente que merece que a FIFA seja uma organização respeitável", disse Infantino ao saber que era vencedor.

"Vamos restaurar o respeito e a imagem da FIFA. Temos que estar orgulhosos da FIFA. Orgulhosos do que faremos todos juntos", acrescentou.

"Quero ser o presidente de todos vocês, das 209 federações nacionais. Percorri o mundo e continuarei percorrendo. Quero trabalhar com todos vocês, junto a todos, para restaurar e reconstruir uma nova era na FIFA para que o futebol volte ao centro do cenário", indicou Infantino após a segunda rodada. 

Políglota ítalo-suíço

Infantino nasceu em Brigue, Suíça. Estudou Direito na Universidade de Friburgo e fala com fluidez os idiomas inglês, francês, alemão, italiano e espanhol.

Os primeiros contatos esportivos de Infantino, torcedor do Inter de Milão, foram como secretário geral do Centro Internacional de Estudo do Esporte (CIES) da Universidade de Neuchâtel, antes de ser assessor de diversas entidades, entre elas as ligas de futebol da Espanha, Itália e Suíça.

Infantino entrou na UEFA no ano 2000, como encarregado de questões jurídicas e comerciais. Em janeiro de 2004 foi nomeado diretor da divisão jurídica da organização.

Nomeado secretário geral adjunto da UEFA e chegou à secretaria geral em 2009. A partir dessse cargo tem tido um papel muito importante no futebol europeu impulsionando projetos como 'Fair Play Financeiro' dos clubes (não gastar mais do que dinheiro que entra), uma das fortalezas da UEFA nos últimos anos.

Rumo à presidência da FIFA

Gianni Infantino foi incluído em outubro na lista de aspirantes. É lembrado como o homem simpático e de bom humor que dirige os sorteios da Champions fazendo gala de seu conhecimento de línguas.

25% das entradas da FIFA às federações

O Presidente Infantino detalhou alguns de seus planos, especialmente no aspecto econômico, prometendo que redistribuirá 25% das entradas da FIFA às federações. "É vosso dinheiro, não é o dinheiro do presidente", acrescentou Infantino, aplaudido pelos assistentes do Congreso.

Últimas Noticias