NOTÍCIA DESTACADA

CONMEBOL Copa América de Beach Soccer dá o pontapé inicial
CONMEBOL Copa América de Beach Soccer dá o pontapé inicial
Palestras educativas antidoping na prévia da CONMEBOL Copa América de Beach Soccer 2022
Palestras educativas antidoping na prévia da CONMEBOL Copa América de Beach Soccer 2022
Juízes designados para a 6ª rodada
Juízes designados para a 6ª rodada

Grandes jogadores num só jogo da CONMEBOL Libertadores Bridgestone

O argentino Ignacio Scocco transformou-se no sexto jogador a fazer cinco gols num só jogo da CONMEBOL Libertadores Bridgestone, mas o recorde ainda é do seu compatriota Juan Carlos Sánchez. Sánchez fez seis gols em 1985 jogando para Blooming da Bolívia, com o Deportivo Italia da Venezuela.

‘Nacho’ Scocco fez cinco dos oito gols de River Plate na partida de volta com o boliviano Jorge Wilstermann (8-0), classificando para a semi-final da CONMEBOL Libertadores, depois de ter ficado 3-0 abaixo na ida.

Assim o atacante de 32 anos, somou-se aos dois equatorianos, um brasileiro e outros dois argentinos que fizeram cinco gols num jogo da Libertadores, segundo a imprensa de Buenos Aires.

No dia 22 de fevereiro de 1962 o equatoriano Enrique Raymondi Contreras, em Emelec- Universidad Católica do Chile (7-2), fez cinco gols numa noite. No ano seguinte, em 07 de julho, foi a vez do seu compatriota Alberto Spencer, para o Peñarol-Everest do Ecuador (9-1).

Em 22 de marzo de 1971, o argentino Raúl Castronovo fez os cinco gols no Peñarol-The Strongest da Bolivia (9-0) e em 10 de março de 1999 foi a vez do brasileiro Fernando Baiano, no Corinthians-Cerro Porteño do Paraguay (8-2).

Antes de Scocco, também havia feito cinco gols numa partida da Libertadores, Alfredo ‘Chango’ Moreno, do Boca Juniors. Foi em 22 de março de 2000, para o 6-1 com Blooming da Bolivia.

 

 

AFP

Ultimas Noticias