NOTÍCIAS DESTACADA

Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores

Guaraní derrota Palestino 1-0 na ida

048_ps_397243

O paraguaio Guaraní derrotou o Palestino chilena por 1-0, nesta quinta-feira em Santiago, na partida de ida pela terceira rodada da CONMEBOL Libertadores 2020, e ficou às portas da fase de grupos.

Com um homem a menos desde o minuto 34, pela expulsão por dupla admoestação de Fernando Barrientos, o ‘aborígene’ conseguiu suportar o ataque do Palestino e obteve uma vitória valiosa como visitante.

O único gol da partida foi de Rodney Redes, que nos acréscimos do primeiro tempo (45 + 1) entrou na área sozinho e com uma canhota inatacável dobrou o goleiro uruguaio Gastón Guruceaga.

Agora, com a vantagem que leva de Santiago, a equipe paraguaia receberá o Palestino na próxima quinta-feira, em Assunção.

– Números –

  • Guaraní venceu dois de seus últimos três jogos contra times do Chile em competições CONMEBOL (1E); antes dessa racha, acumulou seis jogos sem vitórias (2E 4D).
  • Palestino sofreu pelo menos um gol em seus últimos oito jogos em competições CONMEBOL (2V 1E 5D); é a sua maior racha histórica.
  • Guaraní conseguiu vencer um jogo da CONMEBOL Libertadores em que recebeu uma expulsão pela sexta vez em sua história; é a terceira vez que é diante de um rival chileno (Rangers de Talca em 1970, Colo-Colo em 1967 e hoje ante o Palestino).
  • Na primeira parte do Palestino x Guaraní, foram cobradas 20 faltas (14 em favor do Guaraní e 6 para o Palestino); o valor máximo na CONMEBOL Libertadores 2020.
  • Guaraní recebeu uma expulsão em suas duas últimas partidas em competições CONMEBOL, algo que não ocorria desde 2004 (contra o Barcelona e Santos).

 

​​​​​​​

 

AFP / OPTA

Ultimas Noticias