NOTICIA DESTACADA

Argentina bate México com gols de Messi e Fernández
Argentina bate México com gols de Messi e Fernández
Com o sonho na mira, Argentina busca recuperação no jogo contra o México
Com o sonho na mira, Argentina busca recuperação no jogo contra o México
Valencia aproxima Equador das Oitavas de Final
Valencia aproxima Equador das Oitavas de Final

Jogos promissores para essa 12ª jornada

microsoftteams-image_105

A tripla jornada das Eliminatórias Sul-Americanas termina nesta quinta-feira com duelos diretos que definem lugares na tabela de classificação, no caminho à Copa do Mundo do Qatar 2022.

As ações começam em La Paz e Barranquilla, com duas emocionantes partidas: Bolívia (9) x Paraguai (12) e Colômbia (15) x Equador (16).

Bolívia x Paraguai

A seleção boliviana quer aproveitar que joga em casa contra o Paraguai, na 12ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

A ‘Verde’ fez um grande esforço para derrotar o Peru por 1-0 na jornada passada e, desta forma, voltou à briga. Agora, em sua fortaleza, deverá derrotar a ‘Albirroja’ para manter suas opções.

Pelo lado paraguaio, a derrota contra o Chile pesou muito, não obstante, espera triunfar em La Paz para continuar mantendo suas chances de classificação.

– Dados –

Estádio: Hernando Siles (La Paz)

Hora: 16:00 horário local

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

VAR: Juan Soto (VEN)

– Antecedentes –

  • Bolívia está invicta contra o Paraguai nas últimas 7 partidas jogando como local nas Eliminatórias (4V 3E). A equipe ‘atiplana’ venceu os anteriores 4 confrontos em casa.
  • Bolívia está em uma racha de 3 jogos sem perder como local nas Eliminatórias (2V 1E). É seu intervalo mais longo sem derrotas no caminho ao Qatar 2022.
  • Paraguai tentará cortar uma seca de 4 jogos nas Eliminatórias sem vencer como visitante (2E 2D). Não celebra fora de Assunção desde que ganhou da Venezuela por 1-0 em outubro de 2020 nas atuais Eliminatórias.
  • Além de ser o máximo artilheiro das Eliminatórias com 8 gols, Marcelo Moreno Martins é o jogador com mais chutes a gol dentro da área (12): nessa área marcou todos os seus gols. O atacante, também, é o segundo com mais toques na área rival (48, junto com Lautaro Martínez).
  • Os jogadores paraguaios são os que mais desvios defensivos fizeram nestas Eliminatórias (179). Gustavo Gómez, com 32, é o segundo jogador com mais jogadas de desvio na competição.

 

 

Colômbia x Equador

A seleção colombiana tem novamente a chance de subir posições, quando receber o Equador nesta quinta-feira, num duelo direto por lugares de classificação.

A equipe ‘cafeteira’ com 15 unidades, um ponto a menos que a ‘Tri’, tem a missão de conquistar os 3 pontos em seu terreno, onde empatou 0-0 com o líder Brasil na última jornada.

Na frente estará o valente Equador, que chega de uma derrota contra a Venezuela e, sabendo que não há margem para erros, terá que conseguir pelo menos 1 ponto para continuar entre os classificados para Qatar.

 – Dados –

Estádio: Metropolitano Roberto Meléndez

Hora: 16:00 horário local

Árbitro: Diego Haro (PER)

VAR: Leodán González (URU)

– Antecedentes –

  • Colômbia soma um invicto de 8 partidas sem derrotas como local contra o Equador nas Eliminatórias (6V 2E). Nesses encontros só recebeu 2 gols. Os equatorianos só puderam triunfar uma vez em terreno ‘cafeteiro’ nesta competição: 20 de julho de 1965, quando ganharam por 1-0.
  • Desde que voltou a Barranquilla nas Eliminatórias para Brasil-2014, Colômbia perdeu só 4 dos 22 jogos que disputou como local nessa cidade (11V 7E 4D). Os ‘cafeteiros’, também, conservaram seu arco invicto em 50% desses encontros (11- 9V 2E).
  • Equador marcou 4 gols em seus últimos 2 jogos (1V 1D). A ‘Tri’ buscará marcar em três encontros consecutivos nas Eliminatórias pela segunda vez na era de Gustavo Alfaro.
  • Nenhum jogador completou tantos centros como o colombiano Juan Guillermo Cuadrado (20). O meio-campista recebeu 44 infrações, sendo o jogador que mais faltas sofreu no torneio.
  • Equador é a equipe que mais gols marcou nos 15 minutos iniciais (4, junto com a Argentina) e o que mais marcou nos 15 minutos finais (6, junto com Brasil) nas atuais Eliminatórias.

 

 

Argentina x Peru

Invicta, em um grande momento futebolístico e com destacadas estrelas do futebol, a seleção da Argentina confrontará o Peru nesta quinta-feira, na 12ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Com 22 pontos, a equipe liderada por Lionel Messi quer continuar com seu rumo perfeito para Qatar e para isso deverá derrotar o Peru em Buenos Aires.

A ‘Bicolor’, com 11 unidades e fora da zona de classificação, sabe que as oportunidades estão terminando, por isso uma vitória contra o vigente campeão da América seria um grande impulso para continuar na briga.

– Dados –

Estádio: Monumental Antonio Vespucio Liberti (Buenos Aires)

Hora: 20:30 horário local

Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)

VAR: Wagner Reway (BRA)

– Antecedentes –

  • Argentina tem um invicto de 16 partidas contra o Peru nas Eliminatórias (10V 6E) e nunca perderam em casa nas 9 ocasiões que recebeu este rival (6V 3E). A última celebração dos ‘incas’ contra os ‘albicelestes’ foi em Lima em 23 de junho de 1985 (1-0).
  • Argentina perdeu só 1 dos últimos 59 jogos que disputou em Buenos Aires em todas as competições (42V 16E 1D): o único que conseguiu vencê-lo foi Equador, por 2-0, em 8 de outubro de 2015. A ‘albiceleste’, além disso, recebeu só 1 gol nos últimos 6 confrontos na capital (4V 2E).
  • Peru só tropeçou em 2 dos últimos 6 jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas (3V 1E 2D), porém essas derrotas foram em suas últimas duas atuações como visitante.
  • Lionel Messi e Rodrigo De Paul realizaram 203 passes entre si nas atuais Eliminatórias. Nenhuma outra dupla de jogadores se encontrou em tantas oportunidades nestas Eliminatórias.
  • O peruano Luis Advíncula realizou 34 recuperações no terço defensivo do campo, sendo o segundo jogador com mais recuperações nesse setor do campo.

 

 

Chile x Venezuela

A seleção chilena receberá a Venezuela nesta quinta-feira na 12ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

A ‘Roja’, oitava colocada com 10 unidades, deseja voltar ao protagonismo nas Eliminatórias e tem a chance nesta quinta ao enfrentar a Venezuela.

Confiante após a vitória contra o Paraguai, o time dirigido por Martín Lazarte sabe que não pode deixar escapar os pontos contra uma ‘Vinhotinto’ que chega inspirada e com vontade de tomar impulso, após sua vitória em casa sobre o Equador.

 – Dados –

Estádio: San Carlos de Apoquindo (Santiago)

Hora: 21:00 horário local

Árbitro: Raphael Claus (BRA)

VAR: Rodolpho Toski (BRA)

– Antecedentes –

  • Chile perdeu duas vezes da Venezuela em 15 confrontos nas Eliminatórias (11V 2E 2D). Uma dessas derrotas foi no último duelo, quando a ‘Vinhotinto’ ganhou por 2-1 em Caracas.
  • Como local, Chile perdeu só 1 dos seus últimos 8 jogos em todas as competições (5V 2E 1D). Nas Eliminatórias, tropeçou em 1 dos anteriores 6 encontros que disputou em Santiago (3V 2E 1D). Só perdeu do Brasil, por 1-0, em setembro deste ano.
  • Venezuela tentará cortar uma racha de 5 derrotas consecutivas jogando como visitante nas Eliminatórias. É sua pior seca fora de casa desde as 5 entre setembro de 2004 e outubro de 2005.
  • Alexis Sánchez (17) e Arturo Vidal (16) são o segundo (empatado com Iván Zamorano) e quarto máximos artilheiros do Chile nas Eliminatórias. Buscarão igualar Marcelo Salas, que lidera a ‘Roja’ neste indicador com 18 anotações.
  • Venezuela tentará voltar a manter seu arco invicto como visitante nas Eliminatórias após 5 jogos sem poder conseguir (5D). A última vez que conseguiu somou 3 pontos (1-0 x Paraguai, no dia 10 de outubro de 2017).

 

 

Brasil x Uruguai

A seleção do Brasil quer acelerar seu passo à classificação e para isso deverá tirar do caminho o destemido Uruguai, que busca um triunfo histórico.

Brasil deixou escapar seus primeiros pontos contra a Colômbia, porém sua liderança não corre riscos. Com 27 pontos, parece questão de tempo o selo de sua classificação, contudo não pode relaxar.

Uruguai sente a obrigação de triunfar após sua derrota contra a Argentina. A boa notícia é que continua na zona de classificação direta com 16 pontos.

– Dados –

Estádio: Arena Manaus

Hora: 20:30 horário local

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

– Antecedentes –

  • Uruguai é uma das 6 equipes que conseguiu vencer o Brasil nas Eliminatórias: ganharam por 1-0 no dia 1 de junho de 2001 em Montevidéu. Esse foi seu único triunfo em 11 jogos contra a Verde-Amarela (1V 5E 5D).
  • Brasil está em uma racha de 10 vitórias consecutivas jogando como local nas Eliminatórias e 9 jogos sem sofrer gols. Ambos são recordes históricos na competição: nunca uma equipe conseguiu 10 triunfos consecutivos em casa, nem 9 jogos sem sofrer gols nessa condição.
  • Só uma das últimas 4 saídas do Uruguai como visitante nas Eliminatórias terminou em derrota: contra a Argentina, por 3-0 (1V 2E 1D). A ‘Celeste’ conseguiu vencer 2 dos últimos 7 encontros fora de casa em Eliminatórias (2V 3E 2D).
  • 59% dos gols do Brasil nestas Eliminatórias chegaram na meia hora final dos jogos: os brasileiros celebraram 13 gols nos últimos 30 minutos de encerramento, sendo a equipe que mais marcou nessa etapa da partida no torneio.
  • Uruguai fez 5 gols de pênalti, mais que qualquer outra equipe nas atuais Eliminatórias: Luis Suárez marcou 4 e Giorgian De Arrascaeta, 1. Os ‘charruas’ também foram os que mais infrações sofreram dentro da área rival (5).

 

 

 

 

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias