NOTÍCIA DESTACADA

APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana

Loucura na venda de entradas para ver Messi no Argentina x Venezuela

As entradas para assistir a renovada Seleção da Argentina liderada por Lionel Messi, frente a Venezuela, esgotaram-se nesta terça-feira em apenas 40 minutos para ver um duelo crucial pela Eliminatória ao Mundial Rússia 2018.

Os lugares para as arquibancadas no Estádio Monumental de Buenos Aires começaram a ser vendidos as 12h40 (15h40 GMT). Um pouco mais de meia hora os ingressos já estavam esgotados, conforme os organizadores.

As entradas para o público foram levadas pelos fãs em um piscar de olhos há dois dias. O estádio tem uma capacidade total de 60.000 espectadores.

O duelo será disputado na terça-feira dia 5 de setembro pela 16ª Fase do Pré-Mundial. Será o epílogo de uma dupla jornada que iniciará na quinta-feira dia 31 de agosto onde Uruguai receberá os argentinos em um encontro para garantir lugar na bancada. 

Outra atração do jogo é o debut na classificatória de Jorge Sampaoli como DT com várias modificações, entre elas, a primeira convocatória formal para a equipe Mauro Icardi, atacante chave no Inter da Itália.

Faltando quatro fases para a finalização do torneio sul-americano, Argentina ocupa o quinto lugar e sem passe  direto, pois só está habilitada a jogar uma repescagem ante o primeiro da Oceania.

Os ingressos populares custaram 350 pesos (praticamente 20 dólares). A última partida da Albiceleste no Estádio de River Plate resultou em vitória sobre o Chile por 1-0, com gol de Messi.

O goleador do FC Barcelona foi suspenso pela FIFA por quatro jogos ao insultar um bandeirinha naquela noite. Mas, depois de um apelo da Associação de Futebol da Argentina (AFA), retirou-se a sanção e poderá participar nas quatro etapas que restam.

 

 

 

AFP

Ultimas Noticias