NOTÍCIAS DESTACADA

CONMEBOL, em conjunto com as Associações Membro, concede prêmios para aumentar a competitividade nos torneios locais
CONMEBOL, em conjunto com as Associações Membro, concede prêmios para aumentar a competitividade nos torneios locais
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana

Mauricio Pinilla volta ao clube que viu ele nascer

Depois de oito anos de estar em distintas equipes italianas, o atacante chileno Mauricio Pinilla fichou pelo Universidad de Chile, a equipe que o viu nascer como jogador.

Em uma das fichagens mais sonhadas da temporada, foi o próprio Pinilla que confirmou nesta sexta-feira sua volta a casa, um dia depois de que selasse sua desvinculação com Génova da Itália.

“Estou muito contente de poder dar esta grande noticia. Estamos cumprindo um sonho que procuramos faz muitos anos e estou muito feliz de comunicar a todos que sou parte do Universidad de Chile”, disse o atacante em sua conta do Instagram.

Pinilla, de 33 anos, estreou no futebol profissional vestindo a camisa azul do Universidad de Chile em 2002. Um ano depois, imigrou ao futebol italiano, onde jogou no Chievo Verano.

Com um desempenho regular, imigrou logo ao Sporting de Lisboa e depois ao Vasco da Gama do Brasil. Até que em 2009 voltou a radicar na Itália, jogando nesse país nos últimos oito anos vestindo as camisas do Grosseto, Palermo, Cagliari, Atalanta e em duas ocasiões a do Génova.

Pinilla formou parte da seleção chilena que ganhou a Copa América do Chile em 2015 e a Copa América Centenário de 2016 nos Estados Unidos.

 

 

 

AFP

Ultimas Noticias