NOTÍCIAS DESTACADA

Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores

Monagas, 1ª vez campeão na Venezuela

Monagas levantou neste domingo o seu primeiro troféu na primeira divisão do futebol venezuelano como campeão do Torneio Abertura 2017, dando-lhe  também um lugar na CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE 2018.

Um gol de Anthony Blondell decidiu o título em favor de Monagas, apesar de perder 2-1 ante o 11 vezes campeão Caracas FC como visitante na partida de volta da final, disputada na frente de 20.000 espectadores no Estádio Olímpico da Universidad Central da Venezuela.

Ele marcou aos 51 minutos tornando em simples anédotas as anotações de Robert Hernández e Edder Farías para os capitalinos aos 35 e 57 minutos.

Uma semana atrás, a equipe treinada por Jhonny Ferreira venceu por 1-0 o duelo de ida no Monumental da cidade de Maturín (leste), com gol de Samuel Barberi.

O valor duplo do gol de Blondell em casa coroou o clube catalão, que comemora 30 anos de fundação, depois de uma pontuação total de 2-2.

“Estes jovens são heróis. Devemos festejar o título nos preparar para grandes coisas”, declarou Ferreira à televisão TLT.

“É um sonho realizado. Eu devo isso a todos os meus colegas”, expressou Blondell, com lágrimas de emoção. O atacante de 23 anos de idade terminou com dez gols o semestre.

Caracas, como prêmio de consolação, fica com uma vaga na Copa Sul-Americana 2018.

Os Rojos del Ávila dominaram desde o início com o apoio do público do Olímpico e pisaram com força na área de Monagas em busca da superação do domingo anterior.

Um remate na trave de Rubert Quijada aos 5 minutos foi o primeiro aviso da equipe do ex-técnico venezuelano Noel “Chita” Sanvicente, que ganhou cinco das suas sete estrelas como treinador em sua etapa anterior com o clube da capital.

Eduardo Fereira e Edder Farías protagonizaram novas oportunidades até desempatar aos 35 minutos, com uma esquerda de Robert Hernández, imparável, depois de um espetacular cruzamento de Evelio Hernández.

Caracas continuou no domínio, mas levou um grande susto pouco antes do intervalo, quando um remate de Blondell obrigou o goleiro Wuilker Faríñez a se esticar para evitar a o gol.

Faríñez, aos 51 minutos, retornou com Blondell, mas desta vez não pôde bloquear um tiro de longa distância. Ele tocou a bola sem mudar sua trajetória.

Caracas, em seguida, foi forçado a marcar dois gols para levar o título.

Embora tenha buscado muito, apenas alcançou um. Edder Farías, que terminou como líder dos artilheiros com 13 gols, disparou e a bola acabou escapando das mãos do goleiro Ángel Hernández, terminando dentro do arco aos 57 minutos.

Sobrava tempo, mas os visitantes foram capazes de resistir, sem renunciar do ataque. Tiveram opções claras como um pontapé livre do argentino Lucas Trejo que acertou a trave.

Monagas, como vencedor do Torneio Abertura, vai enfrentar em dezembro o triunfador do próximo Torneio Clausura para decidir o campeão absoluto do Futebol Venezuelano.

 

AFP

Ultimas Noticias