NOTÍCIAS DESTACADA

Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional

Monserrat Jiménez: “Temos hoje uma CONMEBOL de portas abertas”

mo_

Desde 2016, a CONMEBOL deu um passo gigantesco de transformação, apontando ser uma instituição líder, moderna e transparente, de portas abertas e com regras claras, trabalhando para e pelo futebol. Uma filosofia instalada desde a presidência de Alejandro Domínguez, apoiada por sua equipe executiva, da qual forma parte Monserrat Jiménez, a Diretora Jurídica e Secretária-Geral Adjunta da CONMEBOL, que em uma exclusiva entrevista relatou todos os marcos sustentados por esta administração nestes 4 anos de gestão.

“Desde que chegamos na CONMEBOL, a ideia foi abrir as portas e é assim que desde 2016 até o dia de hoje, todos los números, entradas, orçamentos, regulamentos, estatutos, absolutamente tudo está publicado na nossa web site Conmebol.com. É nossa porta ao mundo”, destacou a diretora Jiménez, em uma amena videoconferência com a jornalista July Cáceres

Advogada de profissão; com Mestrado em Direito e Gestão Esportiva, a atual Diretora Jurídica e Secretária-Geral Adjunta da CONMEBOL foi relatando passagens do exitoso trabalho que está sendo liderado por Alejandro Domínguez, presidente da CONMEBOL, os marcos alcançados e as grandes mudanças para gerar maiores recursos para o futebol sul-americano.

“Era uma obsessão para o presidente Domínguez posicionar nossos torneios, de maneira que possamos levá-los a seu máximo esplendor, não só de forma visível como também gerar maior lucro econômico para os nossos clubes e Associações, para isso foram modificados os formatos, calendários e também logos e nomes. Hoje por exemplo chamamos a anterior Copa Libertadores de CONMEBOL Libertadores, com o fim de que todos saibam que a Libertadores e todos os torneios organizados pela CONMEBOL são da América do Sul”, disse.

Justamente no ano passado, fatos sem precedentes ocorreram com a instauração de finais únicas nessas competições de maior prestígio no continente, a CONMEBOL Libertadores e a CONMEBOL Sul-Americana, que significou para a Adv. Jiménez “torná-los mais atraentes e competitivos e, acima de tudo, com mais justiça esportiva”.

“Nas reuniões que tivemos com clubes, jogadores e técnicos, sempre enfatizava-se a justiça esportiva para as finais. Devido ao fato de que, nas finais de ida e volta, como não jogavam em campo neutro e as estatísticas enfatizam isso, a casa da segunda mão ficava com mais chances de se tornar campeã. Isso terminou com a Final Única e o melhor time da final em campo neutro é coroado campeão”, comentou.

Durante a entrevista, Adv. Jiménez mencionou o trabalho que a CONMEBOL está realizando para o retorno seguro do futebol ao continente e a ajuda que a Confederação estendeu a todas as suas Associações e clubes membros para mitigar os impactos gerados pela pandemia COVID-19.

“A CONMEBOL é de suas Associações, graças ao trabalho que o Presidente Domínguez e todo o governo realiza desde 2016, tínhamos uma reserva que nos permitiu apoiar todo o futebol sul-americano durante esses quase seis meses. E então o presidente Domínguez disse ‘isto é do futebol e tem que chegar ao futebol’, com isso conseguimos estender a ajuda a todas as nossas Associações para que possam cumprir suas obrigações financeiras”, relatou.

Da mesma forma, a CONMEBOL disponibilizou aos governos sul-americanos o Protocolo para o Retorno Seguro do Futebol. Um material elaborado pela Comissão Médica da CONMEBOL, médicos das Associações Membros e epidemiologistas especializados.

“Foi uma decisão longa, este vírus é muito cambiante e é por isso que este protocolo passou por várias etapas até alcançarmos esta versão, que já foi aprovada pelas Associações Membros, pelo Conselho e apresentada na Cúpula do Mercosul e seus Estados Associados e aos Ministros da Saúde dos Governos sul-americanos, portanto temos um protocolo pronto para ser utilizado”, afirmou.

Para a Advogada Monserrat Jiménez, todas essas conquistas são resultado de um grande trabalho que pode ser explicado em uma visão promovida por Alejandro Domínguez desde que assumiu a presidência da CONMEBOL, a de Acreditar Sempre, em acreditar no valor e no talento de todos os nossos jogadores/as, treinadores e árbitros.

Por último. a Adv. Monserrat se emociounou ao ver fotografias de momentos de glória e sucesso durante esses quatro anos de gestão e, finalmente, deixou uma mensagem especial para todos os fãs de futebol sul-americanos, ansiosos pelo retorno dos torneios da CONMEBOL:

 

Aqui, a entrevista completa

 

 

 

 

CONMEBOL.com

 

 

 

Ultimas Noticias