NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Nacional do Uruguai vence Alianza Lima com surpreendente gol no primeiro minuto do jogo

nacional_de_uruguay_-_inn

O experiente Nacional do Uruguai venceu por 1-0, como visitante, a equipe da Alianza Lima, num duelo da primeira rodada do Grupo F da CONMEBOL Libertadores 2020, disputado nesta quinta-feira na capital peruana.

Na primeira jogada da partida, o volante ‘charrúa’ Santiago Rodríguez mandou a bola para a rede local diante da surpresa dos jogadores e dos torcedores do Alianza, no duelo disputado no estádio Alejandro Villanueva da capital peruana.

Rodríguez recebeu a bola na entrada da área após uma arrancada falida do zagueiro peruano Aldair Fuentes, pressionado pelo ‘charrúa’ Sebastián Fernández, e rematou com força no arco do goleiro Leao Butrón.

Com este resultado, os uruguaios do técnico Gustavo Munúa, ficaram no topo da tabela do Grupo F, com a mesma pontuação que o Racing da Argentina, que nesta quinta-feira, ganhou como visitante do Estudiantes de Mérida, da Venezuela, por 2-1.

-Números-

  • Nacional ganhou no mínimo um jogo, como visitante, em cada uma das últimas cinco edições da CONMEBOL Libertadores (6V 8E 5D), feito que divide somente com o Grêmio (12V 6E 6D).
  • Alianza Lima ficou com 18 partidas seguidas sem vencer na CONMEBOL Libertadores (3E 15D), igualando a quarta vez em que isso ocorre na competição (o máximo foi de 21, do Deportivo Galicia, entre 1968 e 1975).
  • Os times uruguaios perderam somente um de seus últimos 22 jogos contra equipes peruanas, em competições CONMEBOL (15V 6E); a derrota foi do Rampla Juniors por 0-2, como visitante, contra UTC, na Sul-Americana 2018.
  • Nacional teve 29,9% de posse de bola, sendo o menor registro de uma equipe na primeira rodada da fase de grupos, da CONMEBOL Libertadores 2020; o segundo menor registro foi do Peñarol (32,8%).
  • Santiago Rodríguez, do Nacional, marcou o gol más rápido (11 segundos) na CONMEBOL Libertadores desde 2010, quando José Sosa marcou aos 9 segundos, na derrota do Estudiantes de La Plata, 1-4, contra Alianza Lima, também no estádio Alejandro Villanueva.

 

 

 

AFP/OPTA/CONMEBOL.com

Ultimas Noticias