NOTÍCIAS DESTACADA

Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Semana decisiva nas Oitavas de Final
Semana decisiva nas Oitavas de Final
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio

Os astros da CONMEBOL mais valiosos no futebol mundial

A contratação de Neymar tornou-se a mais cara da história do futebol. O astro da América do Sul lidera uma lista privilegiada que estima em alta o futebol da CONMEBOL.

O brasileiro Neymar, contratado pelo París Saint-Germain nesta quinta-feira em uma operação de 222 milhões de euros, tornou-se na transferência mais alta na história do futebol, superando os 105 milhões do recorde anterior, pertencente a Paul Pogba.

Estas são as fichagens mais cars da história do futebol, e entre os 11 primeiros encontram-se seis estrelas da América do Sul, lista encabeçada por Neymar:

– 1. Neymar –

Com a cláusula de rescisão do brasileiro quitada, converte-se com uma grande diferença, na contratação mais cara da história. Neymar chegou ao Barça em 2013 e, quatro anos depois, deixa o clube por uma cifra recorde, de USD 222 milhões de Euros. 

– 2. Pogba –

Em 2016, o galo tronou-se no jogador mais caro do mundo. O Manchester United pagou-lhe 105 milhões de euros ao Juventus, ainda que naquele momento o desempenho do meio-campista francês não foi o esperado.

– 3. Gareth Bale – 

O extremo galês veio em 2013 e apesar de que num princípio a quantia conversada era de 91 milhões, finalmente o valor que abonou o Real Madrid para Tottenham foi de 101. Gareth Bale apresentou um bom rendimento nestas quatro temporadas, com gols decisivos como o realizado na final da Champions em 2014 e da Copa para o FC Barcelona, no mesmo ano em que trouxe o título aos brancos.  

– 4. Cristiano Ronaldo –

Florentino Pérez estourou o mercado em 2009 pagando 94 milhões ao Manchester United por Cristiano (e 65 por Kaká ao Milão) depois de uma temporada onde Barça venceu todas. A longo prazo, o custo do atacante foi um grande negócio. Seu desempenho está sendo impressionante, é o artilheiro histórico do clube e já ergueu três Champions, sendo fundamental em ambas.

– 5. Gonzalo Higuaín –

Com o dinheiro de Pogba, a Juventus decidiu comprometer-se com a contratação de Higuaín por 90 milhões, enfraquecendo desta forma um rival direto na Itália (o Nápoles). O argentino respondeu marcando gols, e na sua primeira temporada contribuiu à vitória e alcançar a final da Champions.

– 6. Neymar –

As estimativas dizem que o Neymar para o Barça teve um custo total de 86 milhões de euros. O rendimento de Neymar foi aumentando, chegando a formar parte do melhor trio do mundo, com Messi e Luis Suárez.

– 7. Romelu Lukaku – 

O Manchester United desembolsou neste verão 85 kilos pelo poderoso atacante do Everton, reforçando seu ataque depois da não renovação de Ibrahimovic.

– 8. Luis Suárez

Após a décima Champions de Madrid, o Barça mudou a ficha com o atacante uruguaio em 2014, pagando para o Liverpool 81 milhões de euros. Luis Suárez demonstrou que, atualmente, é o melhor ‘9’ do mundo e que engrandeceu marcando gols para o Barça.

– 9. James Rodríguez –

La salida de Di María del Real Madrid en verano de 2014 hizo que los blancos se fijaran en James, un mediapunta que había brillado en el Mundial con Colombia, y pagaran por él al Mónaco 80 millones de euros. Tras un primer año brillante, en el segundo su rendimiento cayó en picado y se convirtió en suplente indiscutible para Zidane. Este verano, se ha ido cedido al Bayern.

– 10. Álvaro Morata –

Tornou-se neste verão o jogador de futebol espanol mais caro da história. Cansado de ser suplente no Real Madrid, o atacante foi à Premier, rumo ao Chelsea, que pagou por ele uns 80 milhões de euros.

– 11. Ángel di María –

Apesar de ganhar a Champions com o Real Madrid, o argentino nunca se sintiu valorizado no clube branco e forçou a sua saída para a Inglaterra. O Manchester United pagou 75 milhões por Di María, mas ele não se adaptou ao futebol inglês. Em apenas um ano, saiu de Old Trafford com destino ao PSG em troca de 63 milhões e na equipe galo conseguiu mostrar suas qualidades de futebolista. 

 

AFP/20minutos.es

 

Ultimas Noticias