NOTICIA DESTACADA

2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental

Peñarol esperançado, Grêmio se recompõe

000_98k6l9

Grêmio e Peñarol fizeram honra aos seus históricos somando triunfos na primeira semana da fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana 2021, nesta quinta-feira, com vitória do vice-campeão Lanús e empate do brasileiro Corinthians.

O ‘Campeón del Siglo’ de Montevidéu foi palco de uma goleada carbonera. El Manya demoliu os peruanos por 5-1 e ocupa agora o topo do Grupo E.

-Números da partida-

  • Peñarol venceu Sport Huancayo na primeira partida entre as duas equipes em competições CONMEBOL. El Manya perdeu apenas dois jogos em casa contra adversários peruanos em doze jogos (7V 3E 2D).
  • Peñarol passou seis jogos sem derrotas em casa nas competições CONMEBOL (5V 1E). A última vez que chegaram a essa marca foi entre as temporadas de 2005 e 2011, quando também somou meia dúzia de encontros sem derrotas (3V 1E na Libertadores e 2V na Sudamericana).
  • Sport Huancayo terminou sua melhor temporada em competições CONMEBOL, tendo ficado invicto em quatro jogos, todos na CONMEBOL Sudamericana (2V 2E).

 

– Souza, a experiência salva o Tricolor Gaúcho –

Nas mãos do Independiente del Valle do Equador, Grêmio debutou no Grupo H e cumpriu.

O ‘tricolor gaúcho’ -que não jogava na CONMEBOL Sudamericana desde 2012- batalhou para terminar em 2-1 ante La Equidad da Colômbia.

Diego Souza, de 35 anos, anotou de cabeça a abertura aos 38 minutos e habilitou o zagueiro Paula Miranda para dar os três pontos ao Grêmio, um time que dias atrás confirmou a saída de seu reconhecido DT Renato Portaluppi, substituído por Tiago Nunes.

Para os colombianos, Omar Duarte descontou nos últimos minutos.

-Números do jogo-

  • Após a vitória de 2-1 sobre La Equidad, o Grêmio passou a oito partidas consecutivas da CONMEBOL Sudamericana sem empates (5V 3D). O último empate aconteceu em agosto de 2010 com placar de 1 a 1 contra o Goiás do Brasil.
  • Este é apenas o segundo oponente brasileiro que La Equidad enfrentou na CONMEBOL Sudamericana. Anteriormente disputaram dois jogos contra o Atlético Mineiro e, apesar de marcarem gols em ambos, perderam ambas as vezes. O mesmo caso desta vez contra o Grêmio, caindo com resultado de 1-2.
  • Omar Duarte do La Equidad entrou na partida aos 83 minutos no lugar de Diego Herazo e, durante o pouco tempo que teve, conseguiu marcar um gol, dar 100% dos passes corretos no campo adversário, disputar a bola quatro vezes e ainda receber cartão vermelho aos 90’+3.

 

-Lanús sofreu mas ganhou com anotação de López-

O argentino Lanús atacou incansavelmente nesta quinta-feira o venezuelano Aragua, ainda que teve que esperar até o minuto 90 para celebrar o gol de José Manuel López, que deixou o placar 1-0 em sua estreia no Grupo H.

-Números da partida-

  • Esta foi a primeira partida do Aragua contra uma equipe argentina nas competições CONMEBOL e a primeira partida do Lanús contra uma equipe venezuelana na CONMEBOL Sudamericana; já são seis jogos em competições continentais que uma equipe venezuelana não derrota uma equipe argentina (1E 5D), desde agosto de 2019, após uma vitória do Zulia sobre Colón de Santa Fé na CONMEBOL Sudamericana.
  • Aragua é o terceiro time venezuelano a estrear contra Lanús em uma edição de uma competição da CONMEBOL e o segundo a perder sua primeira partida internacional contra Los Granados. Só o Caracas FC derrotou o Lanús em seu primeiro encontro continental: 3-1 em fevereiro de 2009 pela CONMEBOL Libertadores.
  • Lanus ganhou seus três últimos jogos fora de casa na CONMEBOL Sudamericana – sua melhor racha fora de casa na competição.

 

-Emelec bate Talleres de virada no Grupo G-

O Emelec venceu o Talleres da Argentina por 2-1 de virada nesta quinta-feira, na partida da primeira jornada do Grupo G, disputada no estádio Mario Kempes em Córdoba (centro).

Franco Fragapane (38) abriu a conta para a equipe de Córdoba, mas o time ‘elétrico’ deu a volta por cima no segundo tempo com gols do uruguaio Sebastian Rodriguez (72, pênalti) e Facundo Barceló (77).

-Números da partida-

  • Emelec é a única equipe equatoriana que ganhou mais de uma vez como visitante contra equipes argentinas na CONMEBOL Sudamericana (2). A outra equipe equatoriana a vencer em solo argentino é a Liga de Quito.
  • A derrota para o Emelec foi a primeira partida do Talleres em competições CONMEBOL nas qual perdeu marcando gols (2V 2E). Foi também sua terceira queda em Córdoba em torneios continentais: 1-0 contra o América na CONMEBOL Libertadores 2002 e 1-0 contra o Grêmio na Mercosul 2001.
  • Emelec venceu três de seus últimos quatro jogos (1D) contra equipes argentinas em competições CONMEBOL, antes desta racha tinha vencido apenas um de seus oito jogos anteriores (3E 4D).

 

-Bolívar vence o Arsenal em La Paz por 2-1-

O boliviano Bolívar fez respeitar sua condição de local, na altura de La Paz, ao derrotar o argentino Arsenal por 2-1 na primeira jornada do Grupo C, no jogo disputado nesta quinta-feira no estádio Hernando Siles.

Os zagueiros Roberto Carlos Fernández aos 42′ e Edwin Saavedra aos 61′ marcaram os dois gols da vitória, enquanto para o time visitante, Pablo Bottinelli descontou aos 90+3. 

-Números do jogo-

  • Bolívar inclinou sua marca histórica contra o Arsenal na CONMEBOL Sudamericana: ganhou dois encontros (ambos como local) e perdeu na visita a Sarandí, ambos os jogos correspondentes à edição 2004 do certame.
  • Bolívar aumentou seu invicto a 20 jogos sem derrotas contra equipes argentinas como local em competições CONMEBOL (15V 5E). Sua última derrota foi contra o Boca na CONMEBOL Libertadores 1970 (2-3).
  • É a terceira derrota do Arsenal em três visitas à Bolívia em competições CONMEBOL. Perdeu do Bolívar na CONMEBOL Sudamericana 2004 (0-3), e do The Strongest na CONMEBOL Libertadores 2013 (1-2).

 

-Red Bull Bragantino estreia com triunfo 2-1 sobre Tolima-

Red Bull Bragantino, o clube brasileiro da marca de bebidas austríaca, apresentou-se internacionalmente com um triunfo de 2-1 nesta quinta-feira sobre o colombiano Deportes Tolima, no encerramento do Grupo G.

Um gol contra de Nilson Castrillón (10) e uma anotação de Ytalo (45) deram os primeiros três pontos para o time de Bragança Paulista, situada a uns 100 km de São Paulo, em seu estádio Nabi Abi Chedid. O zagueiro Sergio Mosquera (90+4), de pênalti diminuiu a distância no placar.

-Números do jogo-

    • Ao vencer o Deportes Tolima 2-1 em casa, Red Bull Bragantino conseguiu sua primeira vitória em sua história na CONMEBOL Sudamericana. Não participava de uma competição da CONMEBOL desde 1996.
    • Foi o primeiro encontro do Deportes Tolima contra uma equipe do Brasil na CONMEBOL Sudamericana. Com a derrota 1-2 pelo RB Bragantino, seu histórico em competições CONMEBOL contra times brasileiros após 15 partidas é de 5V-3E-7D.
    • Apesar de registrar 13 saques de escanteio e 19 lances na área entre ambos os times, só houve uma única finalização de cabeça no jogo, realizada por José Ortíz Guillermo, do Deportes Tolima.

     

    -Libertad bate Palestino 2-0 na primeira jornada do Grupo F-

    Libertad do Paraguai estreou nesta quinta-feira com uma vitória de 2-0 sobre o Palestino do Chile, no duelo da primeira jornada do Grupo F disputado em Assunção.

    O “gumarelo” venceu com gols de Rodrigo Bogarín (71) e Alfio Oviedo (73) no estádio Dr. Nicolás Leoz.

    -Números do jogo-

    • É a primeira vez que Palestino perde do Libertad na CONMEBOL Sudamericana em três encontros (2V 1D). Anteriormente o time do Paraguai não conseguiu anotar nenhum gol aos chilenos.
    • Com esta vitória de 2-0 sobre o Palestino, Libertad tem somente uma derrota nos últimos nove confrontos na CONMEBOL Sudamericana (6V 2E). Em seis dessas partidas não recebeu gols.
    • Libertad dominou a estatística do encontro superando por mais de três vezes o seu rival em finalizações totais (19-6), chutes a gol (8-2), finalizações te cabeça (5-1) e por mais do dobro de saques de escanteio (8-3).

     

    -River Plate empata com Corinthians-

    O paraguaio River Plate empatou sem gols com o poderoso Corinthians do Brasil que esteve perto de sair com derrota.

    O empate outorgou a ambos os times um ponto no Grupo E da CONMEBOL Sudamericana, liderado pelo uruguaio Peñarol, após golear o Sport Huancayo do Peru por 5-1 nesta quinta-feira em Montevidéu.

    -Números do jogo-

    • Corinthians e River Plate (Assunção) terminaram em empate no primeiro jogo entre ambos os times em competições CONMEBOL. River Plate (Assunção) empatou um jogo pela primeira vez em torneios continentais após cinco partidas disputadas, todas na Sudamericana (2V 1E 2D).
    • River Plate (Assunção) conseguiu somar pontos pela primeira vez contra rivais não paraguaios em competições CONMEBOL. O único estrangeiro que tinha confrontado foi o Deportivo Cali, na edição 2020 da Sudamericana, onde perdeu os dois jogos.
    • Corinthians está em uma racha negativa de quatro jogos sem vitórias em competições CONMEBOL (1E 3D), porém com este empata com o River Plate (Assunção) cortou uma racha de três derrotas consecutivas.

     

     

     

    AFP/OPTA

    Últimas Noticias