NOTICIA DESTACADA

Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa

Peñarol inaugura estádio “Campeón del Siglo”

Peñarol, um dos grandes do futebol uruguaio e cinco vezes campeão da Copa Libertadores da América, inaugura neste domingo com uma série de espetáculos e na segunda-feira com um amistoso contra o River Plate da Argentina seu próprio estádio, batizado de “Campeón del Siglo” ("Campeão do Século").

Localizado cerca de 45 minutos a leste do centro de Montevidéu, a sua pedra fundamental foi lançada em 19 de dezembro de 2013 e as obras efetivamente começaram em 10 de fevereiro de 2014. A sua construção, em seguida, demandou pouco mais de dois anos durante os quais o clube foi informando os seus fãs do progresso do projeto.

Parte do financiamento para a construção proveio da comercialização de assentos e palcos.

De acordo com as informações obtidas na página do estádio, o local terá capacidade para 40.000 espectadores, tornando-se assim um dos estádios com maior capacidade de público do país. O lendário Estádio Centenário, onde o Peñarol jogava suas partidas oficiais até agora, pode acomodar cerca de 65.000 pessoas.

A obra incorpora quatro arquibancadas de 2 andares cada e um espaço especial para palcos oficiais. Conta com 13 ingressos para as arquibancadas gerais e quatro para os palcos.

O gramado mede 105 metros de comprimento por 68 metros de largura.

Peñarol instalará no lugar sua sede e um museu alusivo à história do clube, bem como estabelecimentos comerciais.

A construção do "Campeón del Siglo" não esteve livre de controvérsias já que um dos locais inicialmente previstos para o estádio era um gigantesco parque arborizado que serve como um pulmão verde para a zona limítrofe entre Montevidéu e o departamento vizinho (província) de Canelones. A ideia gerou forte polêmica e pressões daqueles que queriam manter intacto o parque, que conta com árvores de eucaliptos centenários e é usado como uma zona para recreação e esportes.

Superada a polêmica, alterando o local de construção, Peñarol contará com seu próprio estádio dominado pelas cores amarelo e preto de sua casaca.

O jogo de abertura será contra o River Plate da Argentina na segunda-feira, após as apresentações que marcarão a abertura ao público no domingo.

O primeiro Campeonato Mundial de futebol realizou em 1930 em Montevidéu e foi ganho pelos locais. Agora o Uruguai planeja postular-se junto à Argentina para sediar o torneio de 2030, conforme anunciado pelos líderes dos dois países, o uruguaio Tabaré Vázquez e o argentino Mauricio Macri, em janeiro passado, durante uma reunião em solo charrúa.

Com o Centenário, o estádio Campeón del Siglo e o futuro Parque Central do Nacional em condições de albergar jogos sob as regras da FIFA, parece que o Uruguai acumula argumentos para apresentar a sua candidatura.

Enquanto isso, a parcialidade do Peñarol se prepara para uma festa longamente esperada e os jogadores do plantel principal já deram seus primeiros passos no gramado central, na quinta-feira no primeiro reconhecimento de terreno de campo, de acordo com informações do próprio clube.

 

Texto: AFP

Foto: internet

Edição: conmebol.com

Últimas Noticias