NOTICIA DESTACADA

2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental

Primeira Fase segue em frente com definições e estreias

sudamericana-750px-6-4-1

Quatro encontros de revanche serão disputados nesta terça-feira na Primeira Fase da CONMEBOL Sudamericana 2021, onde farão sua aparição os times classificados do futetbol uruguaio.

Desta etapa classificarão no total 16 equipes para a zona de grupos, que terá seu sorteio na sexta-feira, 9 de abril.

 

Fase 1 Volta: Emelec x Macará (2-2)

– Dados –

Estádio: George Capwell (Guayaquil)

Hora: 17:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Franklin Congo (EQU)

-Antecedentes-

  • Macará é o sétimo time equatoriano que confronta o Emelec em torneios CONMEBOL (13V 6E 11D), e o primeiro duelo de eliminação direta contra uma equipe do seu mesmo país desde 1990, quando foi eliminado pelo Barcelona de Guayaquil nas quartas de final da CONMEBOL Libertadores desse ano.
  • Emelec está dois jogos sem ganhar na CONMEBOL Sudamericana (1E 1D). Não obstante, marcou gols nos últimos cinco encontros na competição (9, com uma média de 1.8 por jogo).
  • Macará arrasta três jogos sem vitórias em torneios CONMEBOL (1E 2D). O recorde melhora na CONMEBOL Sudamericana (3V 1E 1D), mesmo que nunca tenha superado a segunda rodada do torneio. Em sua anterior participação (2019) confrontou dois representantes bolivianos (eliminou o Guabirá e foi eliminado pelo Royal Parí).
  • Alejandro Cabeza, do Emelec, foi um dos três jogadores que disputou pelo menos cinco duelos e ganhou 100% das partidas (5 de 5) na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana. Os outros dois são Pedro Zaragoza do Mineros de Guayana, e Claudio Núñez do Nacional do Paraguai.
  • Emelec e Macará protagonizaram o jogo com posse mais disputada na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana. Os ‘Azules’ tiveram uma média de 50.6% de posse, enquanto o time de Ambato teve 49.4%.

 

Fase 1 Volta: Nacional x 12 de Octubre (0-0)

– Dados –

Estádio: Defensores del Chaco (Assunção)

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Derlis López (PAR)

-Antecedentes-

  • Nacional (P) está em uma racha de seis jogos sem vitórias contra times paraguaios em competições CONMEBOL(4E 2D). Sua última vitória foi contra o Olimpia na CONMEBOL Libertadores 1983. Seu anterior duelo na CONMEBOL Sudamericana contra um time do mesmo país foi contra o Olimpia na edição 2017, onde conseguiu avançar de rodada (empatou os dois jogos e classificou pelo gol de visitante). 12 de Octubre nunca jogou como visitante no Paraguai contra um time do mesmo país.
  • Nacional (P) não ganhou nos últimos quatro jogos que disputou na CONMEBOL Sudamericana (1E 3D). Além disso, em três desses encontros não marcou gols.
  • 12 de Octubre está seis jogos consecutivos sem vitórias em competições CONMEBOL (1E 5D).
  • Nacional (P) foi a equipe que mais posse de bola teve a única jornada disputada da CONMEBOL Sudamericana (76.1%). Também liderou nos passes (768) e passes exitosos (671). Por outro lado, foi o único clube que não chutou ao gol no começo da competição.
  • 12 de Octubre foi o terceiro conjunto com menor % de passes exitosos (63,5%) nos jogos de ida da primeira fase da CONMEBOL Sudamericana.

 

Fase 1 Volta: Huachipato x Antofagasta (0-1)

– Dados –

Estádio: Estadio CAP Acero (Talcahuano)

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Piero Maza (CHI)

-Antecedentes-

  • Huachipato não perde do Antofagasta como local na Primeira Divisão do Chile desde 1997, em um total de onze jogos (8V 3E). Em sete destes encontros não recebeu gols. É sua racha mais longa contra ‘albicelestes’ na competição.
  • Huachipato disputará seu sexto jogo contra outro time do Chile em competições CONMEBOL (2V 1E 2D). Mesmo assim, nunca conseguiu ganhar como local: em casa empatou com o Unión Española na CONMEBOL Libertadores 1975, e perdeu do Colo Colo na CONMEBOL Sudamericana 2006. Esse duelo contra o Cacique foi seu único jogo na Sudamericana contra outro representante transandino: ficou fora pelos pênaltis.
  • Antofagasta nunca ganhou um duelo em competições CONMEBOL: disputou três encontros, com duas derrotas (1-2 do Fluminense, 0-1 do Huachipato) e um empate (0-0 com Fluminense). Precisamente contra um time brasileiro, na CONMEBOL Sudamericana 2019, foi sua única participação em um certame continental.
  • Os jogadores do Huachipato foram os que mais bolas recuperaram na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana (81). O jogador do time que mais recuperações conseguiu foi Cristian Cuevas (12).
  • Juan Ribera, treinador do Antofagasta, foi o diretor técnico do Coquimbo Unido na edição 2020 da CONMEBOL Sudamericana. Sob sua liderança, a equipe chegou à semifinal do certame (4V 2E 2D): foi a melhor atuação tanto da instituição como de Ribera na competição. Seu recorde na Sudamericana é 4V 3E 3D.

 

Fase 1 Volta: Deportivo Cali x Deportes Tolima (3-0)

– Dados –

Estádio: Deportivo Cali (Cali)

Hora: 19:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Carlos Ortega (COL)

-Antecedentes-

  • Deportivo Cali soma seis jogos sem vencer contra Deportes Tolima entre a Primeira Divisão da Colômbia e competições CONMEBOL (2E 4D), sendo três desses jogos disputados como local. Apesar disso, não é sua racha mais longa: no certame ‘cafetero’ o time de Cali chegou a estar dez partidas sem vencê-lo.
  • O duelo contra Deportes Tolima é o sétimo jogo do Deportivo Cali contra rivais do seu mesmo país na Sudamericana. Nas ocasiões anteriores só conseguiu classificar em uma oportunidade: foi na segunda rodada da última CONMEBOL Sudamericana, quando eliminou o Millonarios nos pênaltis. O ‘Verde’ ficou eliminado nos outros cinco duelos.
  • Deportes Tolima está invicto por quatro jogos sem derrotas na CONMEBOL Sudamericana (1V 3E), porém ficou eliminado nos últimos cinco duelos na competição (Sportivo Luqueño em 2015, Deportivo La Guaira em 2016, Bolívar em 2017, Argentinos Juniors em 2019 e Unión La Calera em 2020).
  • Faz cinco jogos que Deportivo Cali não celebra como local na Primeira Divisão da Colômbia (4E 1D): é sua pior racha desde 2014, quando alcançou o mesmo recorde (2E 3D). Sua sequia mais extensa desde 2002 foi em 2007, com oito encontros sem vitórias em casa (4E 4D).
  • Deportes Tolima foi um dos dois times com mais faltas cometidas na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana (26, igual que Melgar). Por outro lado, nenhum dos seus jogadores cometeu mais de quatro infrações.

 

Fase 1 Ida: Cerro Largo x Peñarol

– Dados –

Estádio: Parque Alfredo Viera (Montevidéu)

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Diego Riveiro (URU)

-Antecedentes-

  • Cerro Largo é o oitavo time uruguaio que confrontará o Peñarol em competições CONMEBOL. Está invicto por dez jogos contra times do seu país em torneios continentais (5V 5E). Sua última derrota foi contra o Nacional na Copa Libertadores 1997 (0-2).
  • Será a segunda eliminatória do Peñarol na CONMEBOL Sudamericana contra um time uruguaio: a anterior foi na edição 2004, quando eliminou o Danubio (2-1 e 1-1) para avançar na segunda rodada.
  • Cerro Largo reaparece na CONMEBOL Sudamericana depois de nove anos de ausência: sua última participação foi na edição de 2012, quando perdeu do Aurora da Bolívia e não superou a primeira fase. Em 2020 disputou a primeira fase da CONMEBOL Libertadores, porém não avançou: perdeu do Palestino do Chile (1-1 e 1-5).
  • Peñarol está invicto por quatro jogos como local em competições CONMEBOL (3V 1E). Seu último tropeço foi na CONMEBOL Sudamericana 2019: naquele encontro, Fluminense ganhou 2-1 no estádio Campeón del Siglo. Na Sudamericana, por outro lado, só ganhou em uma das suas últimas cinco apresentações em casa: 2-0 do Deportivo Cali na edição 2019 (1V 2E 2D).
  • Será o primeiro jogo do Cerro Largo contra um time uruguaio em competições CONMEBOL. Suas únicas duas apresentações anteriores foram contra representantes do Chile e da Bolívia. Cerro Largo nunca ganhou um jogo em torneios CONMEBOL (2E 2D).

 

 

 

OPTA/CONMEBOL.com

Últimas Noticias