NOTÍCIA DESTACADA

Confira os duelos e antecedentes da 6ª jornada da Fase de Grupos da CONMEBOL Sudamericana
Confira os duelos e antecedentes da 6ª jornada da Fase de Grupos da CONMEBOL Sudamericana
Jogos e históricos da última rodada da Fase de Grupos
Jogos e históricos da última rodada da Fase de Grupos
Chile e Venezuela celebram vitória na terceira rodada
Chile e Venezuela celebram vitória na terceira rodada

Quarta-feira de jogos com previsões reservadas

As Quartas de Final da CONMEBOL Libertadores Bridgestone começa a semana com duas séries que mantêm previsões reservadas.

Santos – Barcelona

No porto paulista de Santos, o Santos, três vezes campeão da  Libertadores (1962, 1963 e 2011), receberá o Barcelona do Equador, com quem venceu na quarta-feira um importante empate 1-1 no duelo de ida em Guayaquil. 

Embora a partida de ida o favoreça, Santos não pode sentir-se confiado com seu rival, que nas Oitavas de Final eliminou de visita o Palmeiras, em São Paulo.

Dados:

Registram três confrontos internacionais oficiais.

Os dois primeiros foram na fase de grupos da Copa Libertadores 2004, com vitórias de Santos: 3-1 (Rodrigo Teixeira – Renato, Basilio, Robinho) como visitante e 1-0 (Robinho) como local.

O mais recente é o empate 1-1 na última quarta-feira em Guayaquil com tantos de Jonathan Alvez e Bruno Henrique

Santos local

Nos torneios Conmebol acumula cinco vitórias consecutivas e só perdeu um dos últimos 10: Corinthians 1-0 (Emerson) na semifinal da Copa Libertadores 2012

Será o seu 60º jogo na Copa Libertadores (44 – 7- 8)

Nas competições Conmebol recebeu seis equipes equatorianas (4 – 1 – 1)

A única derrota foi em 10 de novembro de 2004 contra a Liga de Quito 2-1 (Elano – Aguinaga, Murillo) nas quartas de final da Copa Sul-Americana

Barcelona visitante

Na edição atual da Copa Libertadores venceu os dois primeiros jogos: Estudiantes 2-0 e Botafogo por 2 a 0 e foi derrotado nos dois seguintes: Atletico Nacional 3-1 e Palmeiras 1-0, com vitória subsequente por pênaltis 5-4

Será o seu décimo jogo no Brasil por competições Conmebol (2-2-5)

Além do mencionado ante o Botafgo, seu outro triunfo foi no dia 15 de julho de 1986 diante do Bangú 2-1 (Marinho – Vasconcelos 2)

Árbitro – Víctor Carrillo

Será a sua 80ª partida nos torneios de clubes Conmebol

Destes, 51 foram pela Copa Libertadores e sete na edição atual

Ele nunca dirigiu Santos mas esteve duas vezes com o Barcelona: Libertad 1-1 (Libertadores 2015) e Estudiantes 2-0 (Libertadores 2017).

Grêmio – Botafogo  

En el restante cruce de los cuartos, el Gremio recibirá en Porto Alegre al Botafogo, con el que empató en Rio de Janeiro en la ida sin goles.

Para o Grêmio, será suficiente vencer para chegar às semifinais, enquanto que para o Botafogo, que persegue seu primeiro título da Libertadores, servirá a vitória ou um empate com gols. Um novo 0-0 levará a definição com pênaltis.

Dados:

Sua história internacional oficial consiste em três confrontos.

Os primeiros vieram pelas Oitavas de Final da Copa Libertadores 1996. A partida de ida foi 1-1 (Jamir-Jardel) no Rio de Janeiro e a de volta com o triunfo do Grêmio como local 2-0 (Luciano, Carlos Miguel).

O mais recente foi quarta-feira da semana passada com um empate 0-0

Grêmio local

Ele ganhou os quatro jogos que disputou na atual edição da Copa Libertadores

Apenas perdeu um dos últimos 15 pelos torneios Conmebol: Rosario Central 1-0 (Marco Ruben) no dia 27 de abril de 2016 pela Copa Libertadores

Será o seu 30º encontro recebendo outras equipes de seu país nas competições Conmebol. Tem um recorde favorável: 12 – 12 – 5

Sua última derrota aconteceu no dia 12 de agosto de 2010 contra Goias 2-0 (Amaral, Everton Santos) na Copa Sul-Americana

Na Copa Libertadores não perdeu contra outro brasileiro por 20 anos: Cruzeiro 1-0 (Palinha) no dia 12 de março de 1997

Botafogo visitante

Balanço positivo na edição atual da Copa Libertadores (2 – 2 – 2)

Em torneios Conmebol, visitou outras equipes brasileiras em 12 oportunidades (4-3-5)

Nenhuma das quatro vitórias foi pela Copa Libertadores: Bragantino 3-2 (Conmebol 1993), Corinthians 2-1 (Sul-Americana 2007), Atlético Mineiro 5-2 (Sul-Americana 2008) e Atlético Mineiro 2-1 (Sul-Americana de 2011)

Árbitro – Patricio Loustau

Registra 35 partidas nos torneios de clubes Conmebol

Destes, 22 foram pela Copa Libertadores e quatro na edição atual

Comandou três vezes o Grêmio: Barcelona 2-1 (Sul-Americana 2012), Santa Fe 2-1 (Libertadores 2013) e Guarani 4-1 (Libertadores 2017) e uma vez o Botafogo: Colo Colo 1-1 (Libertadores 2017)

 

 

AFP

Dados: Eduardo Bolaños

Ultimas Noticias