NOTICIA DESTACADA

Venda de ingressos ao Público Geral para a Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Venda de ingressos ao Público Geral para a Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história

River Plate de visita goleia Trujillanos 4-0

River Plate da Argentina começou a defesa de seu título da Copa Libertadores da América e venceu com autoridade o Trujillanos da Venezuela por 4-0, nesta quinta-feira na cidade de Valera (nordeste da Venezuela).

River Plate da Argentina começou a defesa de seu título da Copa Libertadores da América e venceu com autoridade o Trujillanos da Venezuela por 4-0, nesta quinta-feira na cidade de Valera (nordeste da Venezuela).

A equipe 'millonaria' ganhou com gols de Leonardo Pisculichi (55), Luis Gonzalez (63) e Ivan Alonso (77 e 90), passando a liderar o Grupo 1, seguido pelo boliviano The Strongest (3 pontos e um gol) , São Paulo (0) e Trujillanos (0).

River regressou das duchas com a certeza de ganhar o compromisso. Pisculichi compreendeu rapidamente e marcou aos 55’. Numa brilhante execução de tiro livre, venceu Diaz passando a bola limpa encima da barreira.

Quase imediatamente, o meio-campista teve o segundo, mas o disparo descarregou perto da área e bateu no poste.

A fórmula da bola quieta volotu a dar frutos aos 63 minutos para o time da faixa vermelha.

Pisculichi, figura indiscutível, novamente castigou com a dinamite de sua perna esquerda. Diaz soltou e Lucho González, atento e em dose dupla, supeou o goleiro.

O gol deixou os 'Guerreros de la Montaña' aturdidos, que mal puderam reagir aos 73 com a destra de José Paez que fez voar o Barovero.

Mas isso não foi suficiente para conter os visitantes e, em particular, o atacante uruguaio veterano Ivan Alonso, que acertou aos 77 de cabeça um cruzamento da direita para o 3-0.

'El Terrible', de 36 anos, tinha mais munição reservada e a soltou aos 90’. Depois de um passe, o ex-Toluca do México rematou com fúria para colocar as contas finais.

 

 

 

CONMEBOL.com

Últimas Noticias