NOTICIA DESTACADA

Em ritmo de samba, a Verde-Amarela parte às quartas
Em ritmo de samba, a Verde-Amarela parte às quartas
Confira os ÁRBITROS escalados para a CONMEBOL Sub20 – Colômbia 2023
Confira os ÁRBITROS escalados para a CONMEBOL Sub20 – Colômbia 2023
Argentina entre as 8 melhores seleções do planeta
Argentina entre as 8 melhores seleções do planeta

River Plate, Defensa y Justicia, Fluminense, Barcelona e Olímpia não decepcionam na 2ª jornada

new_project_50

River Plate e Fluminense vivem um verdadeiro mano a mano pela liderança absoluta do Grupo D da CONMEBOL Libertadores 2021, na jornada de quarta-feira onde o Barcelona aumentou sua racha de vitórias e o Defensa y Justicia e o Olímpia se recuperam em suas respectivas zonas.

O ‘Millonario’, liderado pelo exitoso Marcelo Gallerdo, superou o colombiano Junior em Buenos Aires por 2-1, na segunda jornada da chave.

David Martínez (29’) e Julián Álvarez (55’) anotaram os gols para a vitória da equipe argentina, e Miguel Borja (90+4’) descontou para o time de Barranquilla.

– Números do jogo –

  • River estendeu sua racha invicta contra o Junior na CONMEBOL Libertadores (4V 1E). River disputou 19 encontros como local no certame contra equipes colombianas (15V 1E 3D).
  • Foi a primeira vitória de Marcelo Gallardo como treinador do River como local contra times colombianos na CONMEBOL Libertadores. Seus dois jogos anteriores tinham terminado em empate (0-0 x Santa Fe em 2018) e uma derrota (1-2 x Independiente Medellín em 2017).
  • Sete equipes colombianas não puderam vencer como visitantes na Argentina na CONMEBOL Libertadores, porém nenhuma acumula tantos jogos perdidos sem vitórias como o Junior: 13 encontros (1E 12D).

 

Fluminense se impõe na Colômbia

O Flu, pisou forte na Colômbia ao vencer o Santa Fe por 2-1 em Armênia, numa partida equilibrada nos primeiros minutos até que apareceu o inoxidável atacante Fred.

O artilheiro Fred marcou dois gols (5’, 46’) para o Flu, enquanto Daniel Giraldo (51’) descontou para os ‘cardenales’.

– Números do jogo –

  • As duas partidas do Fluminense na Colômbia na história da CONMEBOL Libertadores terminaram com o mesmo resultado: vitória de 2-1 para o time brasileiro. O triunfo anterior foi sobre o Atlético Nacional nas oitavas de final de 2008.
  • Fluminense venceu todos os seis jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores onde chegou ao intervalo ganhando. Contra o Santa Fe, conseguiu com um jogador a menos desde os 70 minutos, quando Egídio recebeu o cartão vermelho.
  • Santa Fe perdeu dois jogos consecutivos em casa pela primeira vez na CONMEBOL Libertadores. A equipe não ganhou os últimos 4 jogos em casa no torneio (2E 2D), é sua pior racha sem vitórias como local desde 1976 (3E 3D).

 

Jogaço em Montevidéu

No Grupo F, Atlético Nacional, duas vezes campeão do torneio, saiu de Montevidéu com um valioso empate 4-4 contra o Nacional do Uruguai, tricampeão da Copa, ficando com a liderança provisória. 

Gonzalo Bergessio (12’, 51’, 64’) e Leandro Fernández (45+4’) marcaram os gols para o ‘Bolso’, enquanto Jarlan Barrera (9′, 85′), Andrés Andrade (45+2’) e Renzo Orihuela contra (75′) marcaram para o Verdolaga.

– Números do jogo –

  • Este resultado igualado (4-4) é o empate com mais gols entre equipes uruguaias e colombianas em competições CONMEBOL após 104 duelos entre times destes países (34V uruguaias, 28E, 41V colombianas).
  • Nacional já acumula 6 jogos sem vencer na CONMEBOL Libertadores (3E 3D), sua racha mais longa sem vitórias na competição desde abril-maio de 2016 (6).
  • Atlético Nacional acumula três encontros sem derrotas contra times uruguaios na CONMEBOL Libertadores (2V 1E), outrossim, é seu primeiro empate em terras uruguaias desde seu primeiro confronto com um time desse país, em maio de 1989 contra o Danúbio (0-0), após 5 partidas com vitórias ou derrotas (4V 1D).
  • Gonzalo Bergessio do Nacional anotou em cada um dos seus três chutes a gol neste jogo (3/3), assim como ambos os passes de Leandro Fernández acabaram em gols para os uruguaios (2/2).

 

Defensa y Justicia goleia o Universitario em sua fortaleza

No Grupo A, liderado pelo campeão Palmeiras com 6 pontos, o argentino Defensa y Justicia, atual campeão da Recopa Sudamericana, goleou o peruano Universitario por 3-0 em Florencia Varela -periferia de Buenos Aires-.

Francisco Pizzini (32’) e Walter Bou (71’ e 79’, de pênalti) marcaram os gols para o primeiro triunfo do ‘Halcón’ na Libertadores.

– Números do jogo –

  • Após a vitória de 3-0 do Defensa y Justicia sobre o Universitário, as equipes argentinas venceram a zero os últimos oito jogos contra equipes peruanas na CONMEBOL Libertadores. É a maior racha na competição sem receber gols e a maior quantidade de vitórias consecutivas entre argentinos e peruanos (8V) desde 2006 (9V).
  • Ao não poder perfurar o gol do time argentino, Universitario não anotou em 8 dos seus últimos 10 jogos na CONMEBOL Libertadores como visitante (1V 3E 6D). Nas duas partidas dessas 10 que marcou, o time não saiu derrotado (1V 1E).
  • Defensa y Justicia perdeu só 1 jogo dos últimos 13 em competições CONMEBOL (8V 4E) após perder 7 dos 10 anteriores (3V). Sua única derrota nesses 13 encontros da racha foi contra o Palmeiras no duelo de ida da Recopa.

 

Barcelona continua imparável no Grupo C

No Grupo C, Barcelona do Equador alcançou o Boca com 6 pontos na liderança da chave graças a sua goleada de 4-0 sobre o The Strongest em Guayaquil.

Carlos Garcés (46’), Mario Pineida (67’), Leandro Martínez (73’) e Gabriel Valverde (86’, gol contra) marcaram os gols para a vitória do ‘torero’.

– Números do jogo-

  • Sempre que o Barelona e o The Strongest duelaram na CONMEBOL Libertadores, o time que disputou como local terminou levando a vitória (3 para os equatorianos, 2 para os bolivianos).
  • Barcelona quebrou a racha negativa de três derrotas consecutivas como local na CONMEBOL Libertadores. Desta forma evita sua pior sequência de derrotas de sua história no torneio.
  • Os times bolivianos estão em uma racha de 19 partidas sem triunfos como visitantes no Equador em competições CONMEBOL (3E 16D). A última vitória foi, precisamente, sobre o The Strongest na Sudamericana 2005, contra o Liga de Quito (0-3).

 

La Guaira consegue o empate em Assunção

O Deportivo La Guaira levou para a Venezuela, nesta quarta-feira, um valioso empate sem gols contra o Cerro Porteño em Assunção, no jogo da segunda jornada do Grupo H da CONMEBOL Libertadores 2021.

Com este resultado, o ‘Ciclón’ guarani lidera a chave com 4 pontos, seguido pelo Atlético Mineiro do Brasil com as mesmas unidades e que nesta terça-feira venceu o América de Cali por 2-1 em Belo Horizonte.

– Números do jogo –

  • Já são três partidas consecutivas sem vitória para equipes paraguaias contra times venezuelanos em competições CONMEBOL (1E 2D). É um fato que não ocorria desde fevereiro de 2009 e janeiro de 2010 (3D).
  • Cerro Porteño continua sem perder como local contra times venezuelanos na CONMEBOL Libertadores (9V 4E), porém é a primeira vez que fica sem anotar contra eles na competição.
  • Deportivo La Guaira somou seu terceiro empate consecutivo na CONMEBOL Libertadores, embora fica sem vencer fora de casa em competições CONMEBOL há 9 visitas (5E 4D).

 

Olímpia recobra terreno no Grupo B

O Olímpia do Paraguai venceu com dificuldade o Always Ready da Bolívia por 2-1 nesta quarta-feira em Assunção, no jogo da segunda jornada do Grupo B da CONMEBOL Libertadores 2021, disputado em seu estádio, Manuel Ferreira.

Os gols para o ‘Rei de Copas’ guarani foram realizados pelo atacante Roque Santa Cruz e o volante Richard Ortiz, aos 71’ e 80’ minutos, respectivamente. O desconto do elenco de La Paz foi um gol contra do defesa uruguaio do Olímpia, Diego Polenta, aos 65’.

– Números do jogo-

  • Olímpia ficou com o primeiro encontro contra o Always Ready em competições CONMEBOL e somou seu sexto triunfo consecutivo jogando como local contra equipes bolivianas em competições CONMEBOL.
  • Olímpia cortou uma racha de dois jogos sem triunfos como local na CONMEBOL Libertadores. Em casa só perdeu 1 de 9 encontros contra equipes bolivianas (8V 1D).
  • Always Ready marcou seu segundo gol em 4 partidas como visitante na CONMEBOL Libertadores, porém continua sem conseguir vitórias fora de casa no certame (1E 3D).

 

 

AFP / OPTA

 

 

Últimas Noticias