NOTÍCIAS DESTACADA

Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional

Semana intensa com jogos de tirar o fôlego

libertadores-10mar-750px1

Seis partidas emocionantes darão início, nesta terça-feira, a mais uma semana da Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2020.

  • Bolívar x Tigre (Grupo B)
  • Santos x Delfín (Grupo G)
  • Universidad Católica x América de Cali (Grupo E)
  • Boca Juniors x Independiente de Medellín (Grupo H)
  • Palmeiras x Guaraní (Grupo B)
  • Libertad x Caracas (Grupo H)

Bolívar quer reivindicação ante Tigre

O Bolívar procurará a reivindicação, após seu tropeço inicial na CONMEBOL Libertadores 2020, quando receba o Tigre da segunda divisão argentina, nesta terça-feira, a 3.600 metros de altitude em La Paz, pela segunda rodada do Grupo B.

A equipe celeste, uma das mais populares da Bolívia, quer deixar para trás o mau momento  inicial, que sofreu contra o Guaraní, com uma vitória ante o Tigre argentino, que na primeira jornada perdeu para o Palmeiras por 2 a 0.

A partida será disputada no estádio Hernando Siles de La Paz, a partir das 18h15 locais (22h15 GMT) e será arbitrada pelo venezuelano Miguel Arteaga.

– Estatísticas –

  • Bolívar e Tigre se enfrentarão pela primeira vez nas competições da CONMEBOL.
  • Bolívar perdeu seu último jogo em casa na CONMEBOL Libertadores (2-4 x Defensor Sporting em 2019), depois de 16 jogos invictos (11V 5E de 2012 a 2018).
  • Tigre venceu dois de seus cinco jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores; perdeu os três restantes, todos em sua única participação em 2013.
  • Bolívar tentou pelo menos 30 remates em seus últimos dois jogos em casa na CONMEBOL Libertadores: 30 ante o Delfín no 2-1 em 2018 e 37 contra o Defensor Sporting quando caiu por 2-4 em 2019.
  • Diego Morales foi o jogador do Tigre que participou de mais remates na estreia na CONMEBOL Libertadores 2020 (0-2 x Palmeiras); fez isso em sete dos 13 da equipe, com três tiros tentados e quatro chances criadas.

 

Santos busca encaminhar sua classificação

O brasileiro Santos estreia em casa, nesta terça-feira, na CONMEBOL Libertadores, buscando se estabelecer na liderança do Grupo G contra o equatoriano Delfín, depois de ser o único time do quadro que venceu na primeira jornada.

A equipe liderada pelo português Jesualdo Ferreira venceu o Defensa y Justicia na Argentina para somar sua primeira vitória (2-1) e se posicionar como único líder, aproveitando que o Delfín e o Olímpia paraguaio empataram em 1 a 1.

O jogo será na terça-feira, às 21h30 locais (00h30 GMT da quarta-feira) na Vila Belmiro de Santos e será dirigido pelo peruano Kevin Ortega, acompanhado nas bandas por seus compatriotas Michael Orué e Jesús Sánchez.

– Estatísticas –

  • Santos e Delfín se enfrentarão pela primeira vez nas competições da CONMEBOL.
  • Santos venceu 11 de seus 15 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores desde 2012, após seu último título (2E 2D); empatou em 0-0 os dois mais recentes, ambos em 2018, contra o Cusco FC e o Independiente.
  • Delfín venceu dois de seus cinco jogos fora na CONMEBOL Libertadores (1E 2D); venceu o Colo-Colo por 2-0 em 2018 e por 2-1 o Nacional de Assunção em 2019.
  • Yeferson Soteldo assistiu a quatro dos nove remates do Santos na estreia da CONMEBOL Libertadores 2020, incluindo um gol (vitória por 2-1 x Defensa y Justicia).
  • Harold González, do Delfín, foi o jogador que mais sofreu faltas (9) na primeira jornada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores; sofreu pelo menos quatro faltas a mais do que qualquer outro jogador.

 

Universidad Católica e América de Cali, duelo de necessitados

O chileno Universidad Católica e o colombiano América de Cali se enfrentam nesta terça-feira, em Santiago, pela segunda rodada do grupo E da CONMEBOL Libertadores, em busca de se recuperar após a derrota com a qual as duas equipes começaram na fase de grupos.

Os ‘Cruzados’ caíram 0-3 em sua estreia no Brasil contra o Internacional de Porto Alegre, enquanto o time colombiano perdeu 0-2 contra o Grêmio de Porto Alegre.

A partida será a partir das 19h15 (22h15 GTM), no estádio San Carlos de Apoquindo, com arbitragem do uruguaio Gustavo Tejera, auxiliado por seus compatriotas Richard Trinidad, Santiago Fernándes e Andrés Cunha.

– Estatísticas –

  • América perdeu apenas um de seus seis duelos contra o Universidade Católica na CONMEBOL Libertadores (3V 2E); foi em sua última visita, 0-1 em 1993.
  • Universidade Católica perdeu apenas três dos seus últimos 20 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (11V 6E); uma dessas derrotas foi em seu jogo mais recente em casa, 2-3 x Libertad em 2019.
  • América perdeu apenas três de seus 16 jogos contra times chilenos na CONMEBOL Libertadores (5V 8E); as derrotas foram contra o Rangers e o Universidad de Chile em 1970 e Universidad Católica em 1993.
  • Universidad Católica foi a equipe com menos remates tentados e a única sem tiros acertados ao arco na primeira jornada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2020; tentou apenas três chutes na derrota 0-3 contra o Internacional.
  • América de Cali foi a equipe com mais remates entre aqueles que não converteram na primeira jornada da fase da CONMEBOL Libertadores 2020; tentou 15 tiros na derrota por 0-2 para o Grêmio.

 

O campeão argentino Boca recebe o colombiano Medellín

Horas depois de consagrar-se campeão da Superliga do Futebol Argentino, no sábado, o Boca deve se concentrar na CONMEBOL Libertadores em busca de uma primeira vitória no Grupo H, quando receba, nesta terça-feira, o colombiano Independiente Medellín, em duelo pela segunda rodada.

Na primeira rodada do Grupo H, os xeneizes empataram 1-1 em sua visita ao venezuelano Caracas, enquanto a equipe de Medellín caiu por 2- 1 em sua própria casa ante o paraguaio Libertad, depois de ter superado duas rodadas prévias de eliminação direta.

A partida será na terça-feira, a partir das 21h30 locais (00h30 GMT da quarta-feira), com a arbitragem do equatoriano Guillermo Guerrero.

– Estatísticas –

  • Boca Juniors não perdeu nenhum de seus últimos 11 jogos como local na CONMEBOL Libertadores (9V 2E); manteve o arco invicto em nove desses jogos (8V 1E).
  • Independiente Medellín perdeu cinco de seus seis jogos como visitante na Argentina na CONMEBOL Libertadores; ganhou o restante, 2-1 ante River Plate em 2017.
  • Boca Juniors tentou mais remates que seus rivais em sete de seus últimos 10 jogos na CONMEBOL Libertadores, incluída sua estreia em 2020 contra Caracas (15-8); nesses jogos teve 163 tiros a favor e 101 contra.
  • Independiente Medellín foi a equipe com mais remates entre os que perderam na primeira jornada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2020; teve 20 tiros no 1-2 contra o Libertad, seis de Adrián Arregui.

 

Palmeiras e Guaraní disputam a liderança

O Palmeiras brasileiro estreia nesta terça-feira em casa na CONMEBOL Libertadores contra o Guaraní paraguaio, em encontro pela liderança do Grupo B, após ambos terem vencido na primeira rodada.

A equipe liderada por Vanderlei Luxemburgo iniciou a Libertadores 2020 com uma vitória 2- 0 na semana passada em sua visita ao Tigre argentino. O Guaraní venceu o Bolívar pelo mesmo placar, em casa.

A partida começará às 21h30 de terça-feira (00h30 GMT de quarta-feira) na Arena Palmeiras de São Paulo e será dirigida pelo chileno Roberto Tobar, assistido nas bandas por seus compatriotas Christian Schiemann e Claudio Rios.

– Estatísticas –

  • Palmeiras e Guaraní se enfrentaram duas vezes na CONMEBOL Libertadores, ambas em 1968; cada equipe venceu seu jogo como local, por 2 a 0 o aborígine e por 2 a 1 o Verdão.
  • Palmeiras perdeu apenas dois dos seus últimos 16 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (12V 2E); uma das derrotas ocorreu no jogo mais recente, 1-2 ante o Grêmio em 2019 e o outro contra um time paraguaio, 0-1, Cerro Porteño, nas oitavas de final de 2018.
  • Guaraní venceu quatro de seus nove jogos fora na CONMEBOL Libertadores desde 2017 (1E 4D); o mesmo número de vitórias que nos 57 jogos anteriores (17E 36D).
  • Entre Rony (4) e Willian (3), tentaram metade dos remates (7/14) do Palmeiras em sua estreia na CONMEBOL Libertadores 2020 (vitória por 2 a 0 ante o Tigre).
  • Raúl Bobadilla, do Guaraní, participou de quatro gols em seus seis jogos na CONMEBOL Libertadores 2020: participou de dois gols contra o San José e marcou nos dois jogos mais recentes (contra Palestino e Bolívar).

 

Um afiado Libertad recebe o Caracas

Um afiado Libertad, que acaba de vencer em sua própria casa o Deportivo Independiente de Medellín (2-1) há uma semana, receberá o Caracas FC da Venezuela nesta terça-feira em Assunção, em uma partida do Grupo H da CONMEBOL Libertadores 2020.

O Caracas conquistou um merecido empate 1-1 contra o ‘Xeneize’, no duelo de ida na capital venezuelana.

O encontro do ‘Gumarelo’ com os ‘Rojos del Avila’ será realizado em La Nueva Olla, do clube Cerro Porteño, a partir das 21h30 locais (00h30 GMT de quarta-feira).

– Estatísticas –

  • Libertad e Caracas se enfrentarão pela primeira vez nas competições da CONMEBOL.
  • Libertad perdeu e não marcou nos últimos dois jogos em casa na CONMEBOL Libertadores 2019; é a primeira vez que ele tem uma racha assim na competição.
  • Caracas perdeu seus quatro jogos contra rivais do Paraguai na CONMEBOL Libertadores; duas vezes ante o Olímpia e Cerro Porteño em 1995.
  • Libertad foi a equipe com menos toques da bola na área rival (4) na primeira jornada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2020; dois foram os remates dos dois gols no 2-1 ante o Independiente Medellín.
  • Caracas concedeu pelo menos 10 remates a seus rivais em seus últimos 15 jogos na CONMEBOL Libertadores; a média nesses jogos foi de 16,5.

 

 

 

 

OPTA / CONMEBOL.com

 

 
 

 

 

Ultimas Noticias