NOTÍCIAS DESTACADA

Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional

Semana reveladora para as últimas vagas das Oitavas de Final

Esta terça-feira inicia arranca com dois jogos, revelando os últimos classificados para as Oitavas de Final da CONMEBOL SUL-AMERICANA 2017: Libertad (PAR) vs Huracán (ARG) e Atlético Tucumán (ARG) contra Oriente Petrolero (BOL).

Huracán enfrentará a heróica Libertad em Assunção

Com uma boa vantagem, Libertad recebe nesta terça-feria o time Huracán, que buscará reverter o resultado sofrido em casa (5-1) nas mãos dos paraguaios, na partida de ida pela Segunda Fase da CONMEBOL SUL-AMERICANA, apontando às Oitavas de Final.

O ‘Gumarelo’ fez um bonito jogo no dia 11 de julho ante o clube argentino no seu próprio estádio, na partida de ida, deixando praticamente sentenciada a chave e a vaga às Oitavas de Final nas mãos do elenco paraguaio.

Confirmando-se vencedor da série, Libertad deverá encarar nas Oitavas o colombiano Independiente Santa Fe, monarca da SUL-AMERICANA em 2015.

Santiago Salcedo e Óscar ‘Tacuara’ Cardozo, ambos com dois tantos, e Antonio Bareiro marcaram os gols de Libertad ante o ‘Globo’.

A equipe do espanhol Fernando Jubero não somente chega com vantagem da Sul-Americana mas também com um grande desempenho dentro do futebol nacional.

Bareiro marcou dois gols e Salcedo registrou um tanto na vitória de 3-1da equipe Libertad sobre o Sportivo Luqueño no fim de semana passado, pelo Campeonato Clausura local.

Huracán, por sua parte, buscará na revanche o equilíbrio sob a liderança do novo DT Gustavo Alfaro, que substituiu o ex-técnico Néstor Apuzzo.

Alfaro anunciou a presença na equipe dos atacantes Fernando Coniglio e Diego Mendoza, como também dos meiocampistas Mariano González e Matías Juárez.

A partida está programada para a terça-feira às 18:15 locais, será dirigida pelo árbitro peruano Michael Espinoza, acompanhado pelos bandeirinhas e compatriotas Raúl López e Víctor Raez.

Estatísticas:

Libertad – Huracán

O único antecedente foi a goleada do Libertad no duelo de ida por 5-1 (González – Cardozo 2, Salcedo 2, Bareiro)

Libertad local

Ganhou uma das últimas 5 por torneios Conmebol: Atlético Mineiro 1-0 (Cardozo Lucena) no dia 19 de abril deste ano pela Copa Libertadores

Pela Copa Sul-Americana registra 26 partidas (14 – 6 – 6)

Recorde desfavorável recebendo equipes argentinas pela Conmebol: 7 – 2 – 9

Apenas ganhou uma das últimas 8: Estudiantes 1-0 (Tréllez) no dia 12 de março de 2015 pela Copa Libertadores

Huracán visitante

Nivelado rendimiento en competiciones Conmebol: 7 – 7 – 8

Tem duas derrotas consecutivas e quatro sem vencer: Peñarol 1-0 (Romero Gamarra) na Copa Libertadores 2016

Ganhou uma única vez quando jogou no Paraguai de forma oficial. Foi contra Cerro Corá 2-1 pelas oitavas de final da Copa Conmebol 1994

Árbitro – Michael Espinoza

Será sua 5° partida por torneios de clubes Conmebol

Somente uma pela Copa Sul-Americana: Petrolero 1 – Universidad Católica de Quito 3 no dia 4 de abril deste ano

Não arbitrou as equipes Libertad e Huracán.

 

 

Atlético Tucumán buscará tirar proveito da sua vantagem ante Oriente Petrolero

O argentino Atlético Tucumán vai aproveitar sua vantagem da partida de ida por 3-2 para garantir seu passe às Oitavas de Final da CONEMBOL SUL-AMERICANA quando receba na terça-feira o boliviano Oriente Petrolero, pela represália da Segunda Fase do torneio.

O ganhador desta série enfrentará nas Oitavas de Final com o vencedor da série entre o argentino Independiente e o chileno Deportes Iquique.

Atlético Tucumán, também conhecido como ‘Decano’, busca consolidar o seu bom triunfo conquistado como visitante no duelo de ida (3-2).

Para os ‘albicelestes’ somente falta conseguir um empate e inclusive com derrotas por 1-0 ou 2-1 para seguir adiante, pois nestes casos valerá o dobro os três gols marcados em Santa Cruz de la Sierra.

Do outro lado, o time ‘refinero’ se prepara para desembarcar com uma margem mínima de erro, e com a certeza de que necessita um triunfo de pelo menos dois gols de difereça para reverter a chave, em uma situação quanto menos complexa.

A equipe boliviana chega mais ativa, pois participou do Torneio Clausura local, e no final da semana passada atingiu um glorioso 3-1 sobre Real Potosí no início da competição. 

A partida será disputada no Estádio Monumental José Fierro em San Miguel de Tucumán (norte), a partir das 21:45 locais, com a arbitragem do brasileiro Sandro Ricci, acompanhado pelos bandeirinhas e compatriotas Emerson de Carvalho e Marcelo van Gasse.

Estatísticas

Atlético Tucumán – Oriente Petrolero

O duelo de ida que Atlético Tucumán ganhou por 3-2 (Freitas 2 – Rodríguez, Bianchi, Zampedri) é o único antecedente oficial entre ambas as equipes

Atlético Tucumán local

Está invicto nas suas cinco apresentações por torneios Conmebol, todas neste ano pela Copa Libertadores

Venceu a única ocasião que recebeu uma equipe da Bolívia: Jorge Wilstermann 2-1 (Canuto, Barbona – Cabezas)

As equipes argentinas nunca perderam recebendo equipes bolivianas em torneios Conmebol com 54 triunfos e 7 empates

Oriente Petrolero visitante

Leva 5 sem triunfos pela Conmebol desde o dia 26 de julho de 2012 ante Guarani 1-0 (Carando) pela Copa Sul-Americana

Essa foi uma das 4 vitórias que conquistou em torneios continentais. As anteriores foram pela Copa Libertadores: Deportivo Itália 3-0 (1985), Bolívar 2-1 e Olímpia 2-1 (1988)

Apresentou-se 7 vezes na Argentina de forma oficial: 0 – 1 – 6

O único empate foi ante Boca Juniors 0-0 na Copa Libertadores 1991

Árbitro – Sandro Ricci

Tem 15 encontros pela Copa Sul-Americana

Duas na atual edição: Bolívar 1 – Deportes Tolima 0 e Nacional de Assunção 1 – Olímpia 1

Nunca dirigiu Oriente Petrolero e arbitrou uma vez o Atlético Tucumán: Junior 0-1 no dia 16 de fevereiro deste ano.

 

 

 

CONMEBOL.com

Estatísticas: Eduardo Bolaños

Ultimas Noticias