NOTICIA DESTACADA

Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022

Sessão de quarta-feira ao ritmo de samba e tango

Três jogos prometedores com protagonismo brasileiro são a proposta de outra rodada das Oitavas de Final da CONMEBOL SUL-AMERICANA 2017: Chapecoense (BRA) vs Flamengo (BRA), Corinthians (BRA) contra Racing (ARG) e Sport Recife (BRA) ante Ponte Preta (BRA).

 

Chapecoense defende sua estrela contra o colosso Flamengo

Chapecoense, atual campeão do campeonato continental, recebe o Flamengo no Arena Condá, onde tentará sair da série negativa que o supera.

Após três derrotas, e com o time no fundão da Liga Brasileira, a direção da equipe catarinense colocou um ponto final na segunda-feira aos dois meses de Vinicius Eutrópio no banco do ‘Chape’.

Com o promissor início da temporada de sua reconstrução, ao modesto clube sulista só resta encomendar-se a épica ante o potente ‘Mengão’, a mesma que lhe resgatou ao limite ante o Defensa y Justicia um mês atrás, em uma emocionante série de pênaltis cheia de lembranças. 

Desta vez terá na sua frente um ambicioso Flamengo, finalista da Copa do Brasil e determinado a curar as feridas da eliminação antecipada na LIBERTADORES com esta SUL-AMERICANA.

O Mengão aparece, ademais, de sofrer sua primeira derrota nos sete jogos que o colombiano Reinaldo Rueda dirigiu, saindo mal sua aposta quanto aos suplentes no clássico contra o Botafogo (2-0), no domingo.

Estatísticas

Chapecoense – Flamengo

Sem enfrentamentos internacionais oficiais

Chapecoense local

Excelente rendimento em torneios Conmebol (7 – 4 – 1)

A única derrota ocorreu no dia 16 de março deste ano pela Copa Libertadores ante Lanús 3-1 (Rossi – Aguirre, Sand, Acosta)

Ganhou as duas vezes que recebeu outras equipes brasileiras pela Conmebol, ambas pela Copa Sul-Americana: Ponte Preta 3-0 (2015) e Cuiabá 3-1 (2016)

Flamengo visitante

Ganhou nas duas atuais apresentações pela Copa Sul-Americana

Palestino 1-0 (Emerson Sheik) no dia 21 de setembro de 2016 e Palestino 5-2 (Romo, Vidal – Rever, Berrío, Leandro Damiao, Rafael Vaz, Everton Ribeiro) no dia 5 de julho deste ano. 

Pela Conmebol visitou em 20 ocasiões outras equipes brasileiras (5 – 9 – 6)

Suas vitórias: Santos 5-0 (Libertadores 1984), Corinthians 2-0 (Libertadores 1991), Cruzeiro 1-0 (Supercopa 1995), Paraná 1-0 (Libertadores 2007) e Atlético Paranaense 1-0 (Sul-Americana 2011)

Árbitro – Gery Vargas

Será o seu 10° encontro de torneios de clubes Conmebol

Seis deles foram na Copa Sul-Americana e dois na edição 2017: Liga de Quito 2 – Defensor Sporting 2 e Sport Recife 2 – Arsenal 0

Nunca dirigiu de forma oficial as equipes Chapecoense e Flamengo.

 

Corinthians recebe Racing, no duelo de gigantes do continente  

O ponta do Brasileirão, Corinthians, enfrentará o Racing de Avellaneda pela ida nas Oitavas de Final da CONMEBOL SUL-AMERICANA 2017, um duelo que promete emoções no campo de Itaquerão.

Depois de cinco meses invicto, imbatível e dominando o Brasileirão, o ‘Timão’ tornou-se humano há três semanas atrás. Em casa e ante o modesto Vitória, os jogadores de Fabio Carille receberam a sua primeira derrota após 34 partidas e começaram uma racha que já lhes fez tropeçar outras duas vezes, nos últimos três encontros.

A última derrota aconteceu neste domingo, quando perderam ante o Santos no clássico paulista (2-0).

A freiada não foi suficiente para fazê-lo temer pelo domínio na Liga, onde ele continua a liderar confortavelmente, mas sim para surgir as primeiras dúvidas no coração agitado de um dos clubes mais populares do Brasil.

O Corinthians não pode permitir nenhuma falha ante  o Racing nesta quarta-feira. “Neste momento, penso em lutar pelas duas competições, vou com o melhor que tenho”, afirmou Carille, que alinhará sua equipe de gala para comandar a reação.

Mas a ‘Academia’ também vem para Itaquerão com muitas contas pendentes. Embora a temporada argentina ainda esteja começando, o Racing já sofreu o primeiro grande revés com sua eliminação inesperada ante o Olimpo da Copa Argentina.

Em uma reação de orgulho, os atletas de Avellaneda responderam  no sábado vencendo o Temperley na Superliga (4-1), mas apenas uma boa atuação em São Paulo poderia aliviar o golpe.

“Temos muita expectativa e emoção. Em princípio, temos que mudar o chip, temos que estar completos”, declarou o treinador Diego Cocca.

Estatísticas

Corinthians – Racing Club

Dois enfrentamentos internacionais oficiais, ambos correspondentes à Fase de Grupos da Copa Mercosul 1998 com vitórias do Racing Club: 2-1 (Edilson – Villalba, Bezombe) como visitante e 1-0 (Villalba) como local.

Corinthians local

Será o seu 10° encontro pela Copa Sul-Americana (4 – 3 – 2)

Na atual edição venceu o Universidad de Chile 2-0 (Rodriguinho, Jadson) e Patriotas 2-0 (Balbuena, Pedrinho)

Nivelado rendimento ao receber equipes da Argentina pela Conmbeol: 5 – 6 – 5

Registra quatro sem perder desde o dia 4 de maio de 2006 ante River Plate 3-1 (Nilmar – Higuaín 2, Coelho em contra)

Racing Club visitante

Ganhou apenas um dos seis encontros pela Copa Sul-Americana

Foi na sua mais recente atuação, dia 27 de julho frente ao Independiente Medellín 3-2 (Castro 2 – González, Cuadra, Mansilla)

Apresentou-se 15 vezes no Brasil por torneios Conmebol (2 – 5 – 8)

Árbitro – Eber Aquino

Registra 5 encontros na Copa Sul-Americana

Quatro são da edição 2017

Por torneios Conmebol nunca dirigiu as equipes Corinthians e Racing Club.

 

Recife busca tirar vantagem ante Ponte Preta no duelo de ida

O outro duelo entre brasileiros nestas Oitavas de Final será o disputado na quarta-feira pelo Sport Recife e Ponte Preta, rivais de mesmo potencial e agora por uma lacuna na história.

A oportunidade de estar pela primeira vez entre os oito melhores da América do Sul não acontece, no entanto, para o “Leão” no melhor momento. Os resultados deixaram a equipe do veterano Vanderlei Luxemburgo, que receberá o Ponte Preta depois de ter adicionado no domingo o seu sexto jogo consecutivo sem vencer na liga, e com a paciência da torcida fiel do Recife no limite.

Empolgado com sua gloriosa temporada de 2013, quando chegou à final do torneio, Ponte Preta apostou tudo nesta eliminatória, que viaja sem o seu experiente atacante Emerson Sheik, afastado por repouso.

Estatísticas

Sport Recife – Ponte Preta

Sem enfrentamentos internacionais oficiais

Sport Recife local

Somente perdeu um dos últimos cinco em torneios Conmebol: Santa Cruz 1-0 (Bruno Moraes) na Copa Sul-Americana 2016

Resultado negativo ao receber outras equipes brasileiras por torneios Conmebol (3 – 0 – 4)

Suas vitórias: Palmeiras 1-0 (Libertadores 2009 com posterior derrota por pênaltis), Náutico 2-0 (Sul-Americana 2013) e Bahía 4-1 (Sul-Americana 2015)

Ponte Preta visitante

Recorde positivo na Copa Sul-Americana (4 – 1 – 3)

Suas vitórias: Criciúma 2-1, Velez Sarsfield 2-0 e São Paulo 3-1 (2013), Sol de América 3-1 no dia 26 de julho

Ademais dos mencionados duelos ante Criciúma e São Paulo, em uma ocasião visitou equipes do seu país por torneios Conmebol: Chapecoense 0-3 no dia 26 de agosto de 2016.

Árbitro – Gustavo Murillo

Tem 5 partidas na Copa Sul-Americana

Quatro delas são da atual edição

Nunca dirigiu o Sport Recife, e numa ocasião arbitrou Ponte Preta: Gimnasia e Esgrima La Plata 0-0 no dia 5 de abril.

 

 

 

CONMEBOL.com / AFP

Estatísticas: Eduardo Bolaños

Últimas Noticias