NOTÍCIAS DESTACADA

Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional

Sport Recife buscará surpreender um Arsenal em reconstrução

Lançado por uma buena racha de resultados, Sport Recife tratará de aproveitar nesta quinta-feira do processo de reconstrução do Arsenal argentino para dar seu primeiro passo rumo às oitavas de final de uma CONMEBOL Sul-Americana que regressa no melhor momento para os brasileiros.

A partida inicia às 21H45 locais (00H45 GMT) no estádio Ilha do Retiro de Recife (nordeste) e estará dirigido pelo juiz boliviano Gery Vargas, assistido por seus compatriotas Jorge Baldiviezo e Roger Orellana.

A volta está prevista para 27 de julho em Sarandí, periferia de Buenos Aires. Dali sairá o rival de oitavas do vencedor da llave entre Ponte Preta e Sol de América.

Formações possíveis:

Sport Recife: Magrão – Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval, Sander – Patrick, Rithely, Diego Souza – Everton, Osvaldo e André. DT: Vanderlei Luxemburgo.

Arsenal de Sarandí: Pablo Santillo – Sergio Velázquez, Facundo Monteseirín, Marcos Curado – Claudio Corvalán, Federico Milo, Germán Ferreyra, Juan Imbert, Juan Brunetta – Lucas Wílchez e Franco Gragapane. DT: Humberto Grondona.

 

DADOS:

Sport Recife – Arsenal

Sem enfrentamentos internacionais oficiais

Sport Recife local

Alternou os três resultados possíveis em suas mais recentes apresentações.

Huracán 1-1 (Sul-Americana 2015), Santa Cruz 0-1 (Sul-Americana 2016) e Danubio 3-0 (Sul-Americana 2017).

Esse jogo ante Huracán foi a única vez que recebeu uma equipe argentina pela Conmebol.

Arsenal visitante

Em sua apresentação na atual Copa Sul-Americana venceu Juan Aurich 2-0.

Jogou 5 vezes no Brasil em competições da Conmebol: 1 – 1 – 3.

Goiás 3-2 (Sul-Americana 2007), Fluminense 0-6 (Libertadores 2008), Fluminense 0-1 (Libertadores 2012), São Paulo 1-1 e Atlético Mineiro 2-5 (Libertadores 2013).

Árbitro – Gery Vargas

Leva 5 encontros na Copa Sul-Americana

Um na atual edição: Liga de Quito 2 – Defensor Sporting 2

Nunca dirigiu de forma oficial o Sport Recife nem o Arsenal.

 

 

 

AFP

Eduardo Bolaños

Ultimas Noticias