NOTÍCIA DESTACADA

Vem aí o sorteio das Oitavas de Final
Vem aí o sorteio das Oitavas de Final
Paraguai e Brasil assumem a liderança na Copa América de Beach Soccer
Paraguai e Brasil assumem a liderança na Copa América de Beach Soccer
CONMEBOL Copa América de Beach Soccer dá o pontapé inicial
CONMEBOL Copa América de Beach Soccer dá o pontapé inicial

Sportivo Luqueño arranca com o pé direito na competição

sportivo_luqueno

Sportivo Luqueño do Paraguai derrotou nesta quarta-feira por 3-2 o venezuelano Mineros de Guayana, no jogo de ida da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020, disputado na cidade de Puerto Ordaz.

O time paraguaio ganhou com os gols de Yeiber Murillo (33 minutos), Isidro Pitta (35′) e Blas Díaz (40′). Para a equipe local marcou Richard Blanco aos 38 e aos 42 minutos.

Os paraguaios arrancaram com o pé direito sua quinta participação na CONMEBOL Sul-Americana.

A revanche será no dia 19 de fevereiro na cidade de Luque, vizinha de Assunção.

-Números-

  • Mineros de Guayana perdeu como local, apesar de marcar dois gols; isso não acontecia na CONMEBOL Sul-Americana desde julho de 2018, quando Sport Huancayo perdeu em casa, 3-4, para Caracas.
  • Sportivo Luqueño foi para o intervalo vencendo por 3-2 do Mineros e terminou com o mesmo resultado; o último jogo, com decisão de vitória da equipe visitante (3-2) no primeiro tempo, em CONMEBOL Sul-Americana, foi em setembro de 2012 (Barcelona x Cobreloa, o duelo finalizou em 4-3 para os equatorianos).
  • Sportivo Luqueño venceu como visitante e cortou a sequência de oito jogos sem vitória, fora de casa, em competições CONMEBOL (4E 4D); este fato não ocorria desde a Libertadores 2016, quando Sportivo marcou três goles, de visita, 3-2, sobre Olimpia.
  • Somente três jogadores do Sportivo Luqueño completaram mais de 10 passes no jogo do 3-2 ante Mineros: Aldo Quiñónez (17), Paulo Lima (10) e Jorge Paredes (10).
  • Pela segunda vez Richard Blanco marcou dois gols para Mineros de Guayana em CONMEBOL Sul-Americana (o anterior foi em jogo contra Barcelona, em 2013); foi o único jogador que marcou para a equipe, dois gols duas vezes, na competição.

 

 

 

AFP/OPTA/CONMEBOL.com

 

Ultimas Noticias