NOTICIA DESTACADA

Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa
50 dias para o Mundial: Brasil em busca do hexa

Sul-Americanos no México: Sánchez (Uru) e Cano (Arg) dão show no Monterrey e León

O uruguaio Carlos Sánchez e o argentino Germán Cano se destacaram na sétima rodada do torneio Clausura-2016 de futebol mexicano ao anotar gols que com suas respectivas equipes, Monterrey e Leon, que se dirigiram ao topo da classificação.

Sanchez vive sua segunda etapa pelo campeonato asteca; na anterior com o Puebla entre os torneios Apertura-2013 e Clausura-2014  mostrou que era um eficiente meio-campista e também tinha facilidade de resolver na frente do arco.

Com o Puebla, o volante uruguaio fez seis gols em 27 jogos, a produtividade que poderia superar em muito menos tempo com o Monterrey.

Sanchez chegou aos ‘Rayados 'para este Clausura-2016 e em apenas sete jogos- todosl como titular, já tem quatro gols.

No fim de semana marcou um gol no 5-1 da vitória sobre o Veracruz com um remate dentro da área depois de um contra-ataque. Carlos Sanchez acompanhou a rápida saída do meio-campo aparecendo na área de definição como se fosse centroavante.

Esse foi o quinto gol do Monterrey, que atingiu 16 tantos e se colocou como uma das ofensivas mais poderosas da campanha.

Na goleada regiomontana também participaram anotando o argentino Rogelio Funes Mori e o colombiano Edwin Cardona; Além do colombiano Dorlan Pabon, com três assistências.

"Estamos trabalhando perfeitamente, fizemos gols quando tínhamos que fazer e isso dá tranquilidade para ir em frente e buscar mais gols", disse o uruguaio após a vitória que afiançou o Monterrey na liderança com 18 pontos.

Goleada idêntica

Por seu lado, o León também ganhou por 5-1. 'La Fiera' venceu o Toluca e, assim como o Monterrey, atingiu 16 gols na campanha.

Esta vitória sobre o Toluca destacou a contribuição do trio de ataque argentino composto por Germán Cano, Maximiliano Moralez e Mauro Boselli.

Moralez saiu do banco e com um pênalti fez seu segundo gol do torneio. Por seu lado, Boselli e Cano saíram desde o início.

Mauro marcou pela segunda semana consecutiva; fez dois gols e atingiu três tantos para declarar a sua intenção de lutar pelo título de pontuação.

Germán fez o primeiro gol do jogo com um fulminante remate de cabeça mais e, assim, confirmou-se como o melhor artilheiro da "La Fiera", com quatro gols.

Cano começou o torneio como titular na ausência por lesão de Boselli; apesar do retorno de Mauro, pelo seu desempenho Germán permaneceu no time inicial dos esmeraldas que estão em segundo lugar na classificação, com 15 pontos.

Últimas Noticias