NOTÍCIA DESTACADA

APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana

Um dos pilares da Comissão Médica e Unidade Antidopagem da CONMEBOL: prevenção

mas

A Comissão Médica e a Unidade Antidopagem CONMEBOL realizaram palestras educativas sobre prevenção do Câncer de Mama e Educação Antidopagem para as 16 delegações participantes da CONMEBOL Libertadores Feminina 2019, disputada no Equador.

A participação foi de aproximadamente 400 pessoas entre jogadoras e oficiais de equipe pertencentes ao corpo técnico das diferentes delegações que participam da CONMEBOL Libertadores Feminina 2019.

A atividade foi participativa e receptiva, cumprindo, assim, o objetivo de conscientizar sobre o antidoping e a prevenção do Câncer de Mama.

O principal mecanismo de prevenção e combate ao doping é a difusão do processo de controle e dos procedimentos praticados nas amostras, a educação sobre as consequências do uso de substâncias proibidas nas competições e, principalmente, salvaguardar a saúde das jogadoras.

Essas palestras educativas fazem parte das atividades do Programa de Prevenção ao Doping e da promoção do jogo limpo para os jogadores e a equipe técnica de todas as delegações que participam dos diferentes torneios realizados pela CONMEBOL. O Programa foi iniciado em 2018, estabelecendo-se como uma constante desde então em todos os torneios desenvolvidos pela entidade do futebol sul-americano.

Delegações:

Argentina: UAI –Urquiza.

Bolívia: Mundo Futuro-Oriente Petrolero.

Brasil: Ferroviária Futebol S/A e Sport Club Corinthians Paulista.

Chile:Colo Colo e Santiago Morning.

Colômbia: Huila América e Deportivo Independiente de Medellín.

Equador: D. Cuenca e Club Ñañas.

Paraguai: Cerro Porteño e Sportivo Libertad-Limpeño.

Peru: Municipalidad Distrital Majes.

Uruguai: Peñarol.

Venezuela: Estudiantes De Caracas S.C.

 

 

 

 

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias