NOTICIA DESTACADA

Última chance do Uruguai no encerramento da Fase de Grupos
Última chance do Uruguai no encerramento da Fase de Grupos
Brasil busca a liderança do Grupo G
Brasil busca a liderança do Grupo G
Argentina avança às oitavas como líder do Grupo C
Argentina avança às oitavas como líder do Grupo C

Uma rodada repleta do mais apaixonante futebol do mundo

libertadores-750px-21-4-1

N esta quarta-feira será disputada a segunda jornada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores com 7 emocionantes jogos na agenda.

Grupos H: La Guaira x Atlético Mineiro

O Atlético Mineiro estreia nesta quarta-feira na CONMEBOL Libertadores-2021 com uma visita ao campeão venezuelano, Deportivo La Guaira, onde tentará dar um golpe de autoridade e deixar atrás semanas de altos e baixos.

Estádio: Olímpico Universitario (Caracas)

Hora: 18:00 horário local – 22:00 GMT

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

– Antecedentes –

  • Deportivo La Guaira e Atlético Mineiro nunca duelaram em competições CONMEBOL, e o time venezuelano nunca confrontou equipes brasileiras nestes torneios.
  • Esta será a primeira participação do Deportivo La Guaira na fase de grupos da Libertadores. Em 2019, sua única outra participação no torneio, o time perdeu na segunda fase eliminatória.
  • Atlético Mineiro ganhou seus quatro jogos contra times venezuelanos na CONMEBOL Libertadores. Todos foram contra o mesmo adversário: Zamora FC.
  • Na edição que estreou na CONMEBOL Libertadores (2019), Deportivo La Guaira ganhou do Cusco 1-0 e fechou uma racha de quatro estreias consecutivas de equipes venezuelanas no torneio sem marcar e sem ganhar (1E 3D).
  • Cuca volta a treinar o Atlético Mineiro na CONMEBOL Libertadores após ganhar a Copa em 2013, quando terminaram campeões em uma disputa de pênaltis com o Olimpia.

 

Grupo C: The Strongest x Boca Juniors

The Strongest, o ‘Tigre’ da Bolívia, afia as garras para receber na quarta-feira, no Grupo C da CONMEBOL Libertadores, o gigante Boca Juniors da Argentina, que chega com muito otimismo a este novo certame.

Estádio: Hernando Siles (La Paz)

Hora: 18:00 horário local – 22:00 GMT

Árbitro: Jhon Ospina (COL)

– Antecedentes –

  • The Strongest e Boca se encontram de novo em competições CONMEBOL após 39 anos. O último encontro foi na CONMEBOL Libertadores de 1982, com vitória ‘Xeneize’ por 1-0 no La Bombonera. O histórico favorece os argentinos com três vitórias, e a única derrota foi na Bolívia em 1982.
  • The Strongest perdeu um jogo dos últimos 11 que recebeu como local equipes argentinas em competições CONMEBOL (8V 2E 1D). O único que conseguiu vencê-lo foi Atlético Tucumán, na CONMEBOL Libertadores 2018, ganhando por 2-1 na fase de grupos.
  • Há 51 anos que Boca não vence uma partida no Hernando Siles, na cidade de La Paz, Bolívia. Ganhou os dois primeiros encontros que disputou nesse estádio: superou o The Strongest em 1965 e o Bolívar em 1970, ambos na CONMEBOL Libertadores. Porém em suas últimas sete visitas em competições CONMEBOL não ganhou (3E 4D).
  • The Strongest está em uma racha de 29 partidas marcando gols como local na CONMEBOL Libertadores (20V 6E 3D). É seu intervalo mais longo marcando em casa no torneio.
  • Carlos Izquierdoz, defesa do Boca, foi o segundo jogador do campo que mais minutos disputou na última CONMEBOL Libertadores (1080, em 12 jogos): disputou todas as partidas completas do Xeneize no certame.

 

 

Grupo E: Rentistas x Racing

O uruguaio Rentistas fará sua estreia absoluta na CONMEBOL Libertadores nesta quarta-feira, quando receba o tradicional Racing de Avellaneda na primeira jornada do Grupo E da edição 2021 do torneio.

Estádio: Centenario (Montevidéu)

Hora: 21:00 horário local –00:00 GMT

Árbitro: Carlos Benítez (PAR)

– Antecedentes –

  • Rentistas estreia na CONMEBOL Libertadores. Para Racing, será o quarto time do Uruguai que confrontará no certame em toda a sua história.
  • O único antecedente do Rentistas em uma competição CONMEBOL foi na CONMEBOL Sudamericana 2014. Nessa edição confrontou o Cerro Porteño: 0-2 em Montevidéu e 1-0 em Assunção, para ficar eliminado na primeira fase.
  • Racing está três jogos consecutivos sem perder em suas visitas a clubes uruguaios na CONMEBOL Libertadores (2V 1E), sendo a sua racha mais longa sem derrotas fora de casa contra times ‘charruas’ no certame. Sua última derrota foi contra o Peñarol: 0-1 na edição 1997.
  • Yonatan Irrazábal, goleiro do Rentistas, é o jogador da equipe que mais jogos disputou na CONMEBOL Libertadores: disputou nove encontros em sua carreira, oito com a camiseta do Defensor Sporting e um com o Cerro. No total recebeu onze gols.
  • Juan Antonio Pizzi disputará sua terceira CONMEBOL Libertadores como treinador. As duas anteriores foram uma no Universidad Católica, em 2011, e a outra em 2019 no comando do San Lorenzo. Sua melhor atuação foi liderando a equipe chilena, quando alcançou as quartas de final (foi eliminado pelo Peñarol, 0-2 e 2-1).

 

Grupo A: Independiente del Valle x Defensa y Justicia

Independiente del Valle será posto a prova nesta quarta-feira em Quito contra o argentino Defensa y Justicia, flamante campeão da Recopa Sudamericana que fará sua estreia na CONMEBOL Libertadores de 2021.

Estádio: Atahualpa (Quito)

Hora: 19:00 horário local –00:00 GMT

Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)

– Antecedentes –

  • Independiente del Valle nunca confrontou o Defensa y Justicia em competições CONMEBOL. Em cinco duelos contra times argentinos em casa na CONMEBOL Libertadores, a equipe nunca perdeu (3V 2E).
  • Independiente del Valle nunca perdeu jogando em casa na CONMEBOL Libertadores. É uma racha de 21 jogos (14V 7E) onde a equipe só deixou de marcar uma vez (0-0 x Nacional na ida das oitavas de final em 2020).
  • Defensa y Justicia participa da CONMEBOL Libertadores pela segunda vez em sua história. No ano passado, o time não avançou da fase de grupos (2V 4D).
  • Independiente del Valle é a equipe com maior média de posse entre os 11 que disputaram quatro jogos na fase eliminatória da presente edição da CONMEBOL Libertadores (64%).
  • Braian Romero esteve envolvido na metade dos oito gols do Defensa y Justicia na última CONMEBOL Libertadores (três gols e uma assistência) e continua no elenco da equipe argentina.

 

Grupo A: Universitario x Palmeiras

O peruano Universitario de Deportes medirá forças nesta quarta-feira com o vigente campeão da Libertadores, Palmerias, no duelo da primeira jornada do Grupo A do torneio continental, que será disputado em Lima.

Estádio: Monumental (Lima)

Hora: 19:00 horário local –00:00 GMT

Árbitro: Cristian Ferreyra (URU)

– Antecedentes –

  • Universitario confrontou o Palmeiras quatro vezes na CONMEBOL Libertadores (1V 3D). A única vitória do time peruano foi no último duelo: Palmeiras 1-2 Universitario, há 42 anos.
  • Universitario não anotou em seus últimos quatro jogos contra times brasileiros na CONMEBOL Libertadores (2E 2D) e acumula uma racha de oito partidas sem vitórias contra equipes do Brasil no torneio (5E 3D).
  • A última vez que Palmeiras foi campeão da CONMEBOL Libertadores (1999), estreou com uma vitória no torneio seguinte e chegou até a final, perdendo o título para o Boca Juniors nos pênaltis.
  • Em sua última participação na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2014, Universitario foi eliminado sem vitórias (1E 5D) e anotou em só um jogo (3-3 x Vélez em casa).
  • Palmeiras foi a melhor equipe da fase de grupos nas últimas três CONMEBOL Libertadores: 16 pontos em 2020 (igual que Santos), 15 em 2019 (igual que Cruzeiro) e 16 em 2018.

 

Grupo H: América de Cali x Cerro Porteño  

América de Cali aguarda recuperar o atacante Adrián Ramos, ex Borussia Dortmund, para receber o paraguaio Cerro Porteño nesta quarta-feira pela primeira jornada do Grupo H da CONMEBOL Libertadores 2021.

Estádio: Alfonso López (Bucaramanga)

Hora: 21:00 horário local – 02:00 GMT

Árbitro: Fernando Echenique (ARG)

– Antecedentes –

  • América de Cali confrontou o Cerro Porteño quatro vezes na CONMEBOL Libertadores (1V 1E 2D). Sua única vitória contra esse adversário no torneio foi como local (2-0, na edição 1985).
  • Na CONMEBOL Libertadores, América de Cali está em uma racha de sete jogos consecutivos sem vitórias em casa (4E 3D). É sua pior racha como local na competição e a equipe não marcou em quatro desses jogos (2E 2D).
  • Cerro Porteño anotou em seus seis jogos na última fase de grupos da CONMEBOL Libertadores que disputou em 2019 (4V 1E 1D). O time avançou até as quartas de final nessa edição, onde foi eliminado pelo River.
  • Na prévia CONMEBOL Libertadores, Joel Graterol, do América de Cali, foi o goleiro com maior porcentagem de pênaltis defendidos entre os que receberam mais de um pênalti na competição (2 de 3, 67%).
  • Cerro Porteño não anotou em seus últimos dois jogos na CONMEBOL Libertadores. A última vez que teve mais de duas partidas sem anotar no torneio foi entre 1996 e 1997: naquela ocasião chegou a quatro encontros sem gols.

 

Grupo G: Unión La Calera x Liga Universitaria

O chileno Unión La Calera começará nesta quarta-feira a escrever sua história na CONMEBOL Libertadores-2021 contra o Liga de Quito, que chega invicto para o encontro e já sabe o que é ganhar este prestigioso torneio.

Estádio: Estadio Municipal Nicolás Chahuán (La Calera)

Hora: 22:00 horário local – 02:00 GMT

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

– Antecedentes –

  • Unión La Calera e LDU Quito nunca duelaram em competições CONMEBOL, e o time equatoriano será o primeiro adversário do La Calera nestes torneios de outro país além do Brasil e da Colômbia.
  • Unión La Calera fará sua estreia na CONMEBOL Libertadores. É o 20º time chileno em disputar a competição.
  • Em suas oito visitas prévias ao Chile na CONMEBOL Libertadores, LDU ganhou só uma partida, precisamente a única que não recebeu gols (2-0 x Cobreloa na edição 2004). Perdeu as outras 7 partidas.
  • As últimas nove equipes do Chile que estrearam na CONMEBOL Libertadores não conseguiram uma vitória em seu primeiro jogo na competição (7E 2D). O último que ganhou seu primeiro encontro na história no torneio foi o Everton em 1977 (2-0 x Universidad de Chile).
  • Na anterior CONMEBOL Libertadores, LDU anotou 12 dos seus 14 gols na competição em casa. Os únicos dois gols como visitantes foram anotados por Matías Zunino, nas vitórias 1-0 sobre Deportivo Binacional e Santos.

 

 

 

 

AFP / OPTA

 

Últimas Noticias