NOTÍCIAS DESTACADA

Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Córdoba será uma festa com a final da CONMEBOL Sudamericana 2022
Córdoba será uma festa com a final da CONMEBOL Sudamericana 2022

Uruguai, o primeiro campeão do Mundo

Neste último domingo, 30 de julho, completaram-se 87 anos da conquista do Uruguai do Mundial de 1930. Aquele dia, no Estádio Centenario, a Seleção Uruguaia venceu por 4-2 a Argentina.

A primeira Copa do Mundo aconteceu no Uruguai. A decisão foi tomada em maio do ano anterior no Congresso de Barcelona, e as principais razões pela escolha de um país oriental, era que a Seleção do Uruguai possuia o título de atual campeã olímpica e, pela comemoração do Centenario da Jura da Primera Constituição do país.

Sistema de disputa

Para este campeonato não houve uma fase eliminatória, as treze equipes que participaram foram convidadas pela organização. Quatro delegações vieram da Europa e oito da América Latina e Estados Unidos. O sorteio das séries foi realizado uma vez que todos os países chegaram a disputar o torneio. 

A competição foi disputada somente em Montevidéu, em três cenários: Centenario, Pocitos e Parque Central. Cabe ressaltar que o Estádio Centenario inaugurou-se no dia 18 de julho de 1930.

Quatro grupos formaram o torneio, o primero deles com quatro países e o restante com três. Os primeiros de cada série avançavam às semifinais. 

Primeira fase

Os primeiros dois encontros se disputaram no dia 13 de julho. Pelo Grupo 1, no Estádio Pocitos de Montevidéu e com arbitragem do uruguaio Domingo Lombardi, França goleou o México por 4-1. Este foi o primeiro gol na história dos mundiais, obra feita pelo francês Lucién Laurent aos 19 minutos. Na mesma hora, pelo Grupo 4 no Parque Central, os Estados Unidos superou a Bélgica por 3-0, com a arbitragem do argentino José Macías.

Além da França e México, o Grupo 1 era integrado pela Argentina e Chile. Argentina permaneceu no grupo após vencer as três partidas (1-0 França, 6-3 México e 3-1sobre Chile), classificando-se para as semifinais.

Estádio Centenario de Montevidéu*

O Grupo 2 estava a Iugoslávia, Brasil e Bolívia. Os europeus venceram os brasileiros por 2-1 no Parque Central e três dias depois golearam a Seleção Boliviana por 4-0. Com estas duas vitórias garantiram o passe para a próxima rodada.

No Grupo 3 participou a Seleção Uruguaia junto com Peru e Romênia. Uruguai venceu os dois duelos no Centenario, com três dias de diferença. Derrotou os incaicos pela mínima com um gol de Héctor Castro e por 4-0 goleou os romenos.

Enquanto que na Série 4 estiveram Estados Unidos, Bélgica e Paraguai. Os americanos ganharam ambos os jogos pelos mesmo resultado: 3-0.

Semifinais

O confronto foi entre Argentina e Estados Unidos e Uruguai contra Iugoslávia. Ambos os encontros finalizaram 6-1 a favor dos sul-americanos. Argentina venceu com gols de Guillermo Stabile (2), Luis Monti, Alejandro Scopelli e Carlos Peucelle (2).  Por sua parte, a celeste ganhou com três tantos de Pedro Cea, dois de Juan Anselmo e um de Victoriano Iriarte.

Final

A primeira final de uma Copa do Mundo foi disputada no dia 30 de julho de 1930 com arbitragem de Jean Langenus da Bélgica. Começou ganhando o local com gol de Pablo Dorado aos 12’ do primeiro tempo. Minutos depois empatou Peucelle e marcou Stabile para os argentinos. A Seleção Uruguaia registrou três gols no segundo tempo (Pedro Cea, Victoriano Iriarte e Héctor Castro), conseguindo que a Copa ficasse no Uruguai com um triunfo de 4-2.

Destaque

O capitão uruguaio, José Nazassi, recebeu o troféu das mãos de Jules Rimet, Presidente da FIFA. O artilheiro com oito gols foi o argentino Guillermo Stabile, seguido por Pedro Cea com cinco. A Seleção mais goleadora foi da Argentina, com 18 conquistas. Registraram-se 70 gols em 18 partidas, assistidas por aproximadamente 32.808 espectadores.

Detalhes:

Estádio: Centenario, Montevidéu

Árbitro: Jean Langenus (Bélgica)

Uruguai: Enrique Ballestrero, Álvaro Gestido, Ernesto Mascheroni, Héctor Castro, Héctor Scarone, José Andrade, José Nasazzi, Lorenzo Fernández, Pablo Dorado, Pedro Cea e Victoriano Iriarte. Diretor Técnico: Alberto Suppici.  

Argentina: Juan Botasso, Carlos Peucelle, Fernando Paternoster, Francisco Varallo, Guillermo Stabile, José Della Torre, Juan Evaristo, Luis Monti, Manuel Ferreira, Mario Evaristo e Pedro Suárez. Diretor Técnico: Francisco Olazar.

Gols: 12’ Pablo Dorado (U), 20’ Carlos Peucelle (A), 37’ Guillermo Stabile (A), 57’ Pedro Cea (U), 68’ Victoriano Iriarte (U), 89’ Héctor Castro (U).

Campeões do Mundo 1930

Álvaro Gestido

Ángel Melogno

Carlos Riolfo

Conduelo Píriz

Domingo Tejera

Emilio Recoba

Enrique Ballestrero

Ernesto Mascheroni

Héctor Castro

Héctro Scarone

José Andrade

José Nasazzi

Juan Anselmo

Juan Carlos Calvo

Lorenzo Fernández

Miguel Cappuccini

Pablo Dorado

Pedro Cea

Pedro Petrone

Santos Urdinarán

Victoriano Iriarte

Zoilo Saldombide

Diretor Técnico: Alberto Suppici.

 

 

 

 

AUF

Ultimas Noticias