NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Valencia brilha na goleada equatoriana sobre a Bolívia

nuevo_proyecto_-_2021-10-07t235043

Com três gols antes dos primeiros vinte minutos de jogo, Equador goleou 3-0 a Bolívia nesta quinta, em duelo pela 11ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas disputado no caloroso porto de Guayaquil (sudoeste), e voltou ao terceiro lugar na tabela.

Após duas décadas, os equatorianos voltaram a jogar em grande estilo no estádio Monumental. Três tantos em cinco minutos devolveram o ânimo ao Equador, que regressa ao terceiro lugar com 16 pontos.

Um cabeçaço de Michael Estrada no minuto 14 abriu o placar a favor da Tricolor, que tem melhor vantagem de gols que o Uruguai, também com 16 pontos. Énner Valencia, que nesta partida se consagrou como máximo artilheiro da seleção com 33 tantos, anotou nos minutos 17 e 19, selando a vitória.

Equador enfrentará domingo a Venezuela, já a Bolívia encarará o Peru.

– Números da partida –

  • Equador estendeu para 13 jogos invicto frente a Bolívia em Eliminatórias Sul-Americanas (11V 2E). É sua racha invicta mais longa ante qualquer adversário no torneio na história.
  • É o terceiro jogo consecutivo do Equador jogando contra a Bolívia como local por Eliminatórias que os equatorianos não permitem gols dos bolivianos (3V). Neste intervalo, a Tri anotou um total de seis gols nestes três jogos, uma média de dois a favor por encontro.  
  • Quinta dobradinha de Enner Valencia com a seleção equatoriana por todas as competições e segundo por Eliminatórias. Ambas dobradinhas nas Eliminatórias foram sobre a Bolívia (Outubro 2021, Outubro 2016), mas este foi mais rápido: só 1min 53 segundos passou entre o primeiro e o segundo gol. 
  • Bolívia teve uma precisão de disparos ao arco de 100% (excluindo bloqueios) pela primeira vez nas Eliminatórias em 2021. 
  • Equador disparou 17 vezes em sua vitória em casa ante Bolívia. Empatando o máximo de disparos para os dirigidos por Gustavo Alfaro em uma partida das atuais Eliminatórias Sul-Americanas (17 x Uruguai em outubro 2020).  

 

 

 

 

AFP /OPTA  – CONMEBOL.com

Ultimas Noticias