NOTICIA DESTACADA

2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental

Vasco empata de visita ao argentino Defensa y Justicia

defensa_y_justicia

O argentino Defensa y Justicia e o brasileiro Vasco da Gama empataram 1-1 (parcial 0-0), no jogo de ida pelas oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana disputado nesta quinta-feira na periferia de Buenos Aires que não deixou um bom sabor para os locais.

Germán Cano (62) abriu o placar para o conjunto carioca, e Braian Romero (79) empatou para o time auriverde.

A revanche será disputada no dia 3 de dezembro no estádio São Januario, em Rio de Janeiro, e o vencedor desta série enfrentará nas quartas de final o vencedor da chave entre o argentino Unión de Santa Fe e Bahia do Brasil, que ganhou o primeiro duelo 1-0.

Além de ser o dominador, o ‘Halcón’ não foi contundente e estará obrigado a ir em busca da classificação fora de casa, enquanto Vasco da Gama conseguiu um bom ponto, com uma leve vantagem e a possibilidade de selar a série no Rio.

-Números do jogo-

  • Vasco da Gama chegou a três jogos invicto como visita na CONMEBOL Sul-Americana (3E); tinha perdido 10 dos seus anteriores 11 duelos fora de casa no torneio (1V).
  • Defensa y Justicia chegou a quatro encontros invicto como local pela primeira vez em competições CONMEBOL (2V 2E).
  • Vasco da Gama não consegue ganhar como visita na Argentina em competições CONMEBOL desde 2000, quando goleou o River Plate por 4-1 nas semifinais da Copa Mercosul; desde essa partida, só conseguiu dois empates em seis visitas (4D).
  • Defensa y Justicia cortou uma racha de duas derrotas consecutivas como local sobre equipes do Brasil em competições CONMEBOL; em total, conseguiu uma vitória (1-0 em 2017 contra Chapecoense), dois empates e duas derrotas ante eles em casa.
  • Braian Romero marcou cinco dos últimos seis gols do Defensa y Justicia em competições CONMEBOL. É o máximo goleador da equipe em competições continentais, com seis gols no total.

 

 

 

AFP/OPTA

 

Últimas Noticias