NOTÍCIAS DESTACADA

CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
Substituição de árbitro VAR para o jogo Unión x Nacional
Substituição de árbitro VAR para o jogo Unión x Nacional
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana
Escalação de árbitros para as revanches das Oitavas de Final – CONMEBOL Sudamericana

Vitória do Libertad na casa do DIM

000_1pl122

Libertad do Paraguai venceu nesta terça-feira, por 2-1, como visitante, o Deportivo Independiente Medellín e passou a comandar o Grupo H da CONMEBOL Libertadores 2020. 

O líder do futebol paraguaio estreou com triunfo nesta edição do campeonato de clubes, graças aos gols do zagueiro Daniel Bocanegra, aos três minutos, e do atacante óscar Cardozo, aos 28’. 

O zagueiro David Murillo, depois de um tiro de escanteio, descontou para o DIM aos 59’, no estádio Atanasio Girardot de Medellín.

Com esse resultado, Libertad encabeça o grupo H, seguido pelo argentino Boca Juniors e Caracas, que empataram em 1-1, na capital venezuelana. Os colombianos fecham a rodada sem pontos. 

– Números –

  • Libertad conquistou sua segunda vitória na Colômbia por CONMEBOL Libertadores (3E 5D); venceu anteriormente o América de Cali na Fase de Grupos da edição 2005.
  • Independiente Medellín perdeu pela segunda vez, como local, ante equipes do Paraguai, em CONMEBOL Libertadores (3V 1E); havia caído por 0-1 ante Cerro Porteño, nas Oitavas de Final da edição de 2003.
  • Libertad cortou uma sequência de quatro derrotas consecutivas em CONMEBOL Libertadores; sua pior marca no campeonato desde 2008, quando completou cinco partidas seguidas sem vencer.
  • Com seu gol sobre Independiente Medellín, Óscar Cardozo se converteu no maior artilheiro do Libertad, na história da CONMEBOL Libertadores (10 gols em 18 partidas jugadas).
  • Independiente Medellín teve 65,0% de posse de bola no jogo contra Libertad; seu maior registro numa partida de CONMEBOL Libertadores desde 2013 (13 partidas), quando começou a análise de Opta.

 

 

 

 

AFP / OPTA

 

 

Ultimas Noticias