Cree en grande.
CONMEBOL

Palestino vence Cobresal 2-1 e segue em frente

Palestino vence Cobresal 2-1 e segue em frente

Palestino avançou à fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana-2021 ao derrotar o Cobresal por 2-1 nesta quinta-feira no estádio San Carlos de Apoquindo em Santiago no jogo de revanche entre chilenos na primeira fase.

Bryan Carrasco aos 5 minutos e Jonathan Benítez aos 53' marcaram os gols para Palestino, enquanto Marco Sebastián Pol anotou o empate transitório (34). Na ida, disputada na semana passada, tinham empatado 0-0.

Palestino iniciou o jogo com muita força e parecia estar à frente do seu rival, porém seu jogo foi opacando e o segundo gol marcado por Benítez chegou no momento que Cobresal estava dominando a partida.

Palestino classifica, desta forma, para a seguinte instância da CONMEBOL Sudamericana, onde será colocado em um dos oito grupos que começarão a jogar a partir do dia 20 de abril.

-Números do jogo-

  • É a quinta vitória consecutiva do Palestino como local sobre o Cobresal em todas as competições. Marcou três gols em cada uma das quatro vitórias anteriores: desta vez marcou dois.
  • Palestino superou a primeira fase da CONMEBOL Sudamericana pela terceira vez em sua história. As vezes anteriores foram em 2016 (sua melhor atuação histórica: chegaram às quartas de final, onde perdeu do San Lorenzo) e em 2017 quando foi eliminado pelo Flamengo.
  • Cobresal fecha sua segunda participação na CONMEBOL Sudamericana com o mesmo registrado na edição 2014, quando estreou na competição com um empate e uma derrota. Naquela oportunidade perdeu do time Club General Díaz do Paraguai. Os 'Mineros' acumulam quatro partidas sem vitórias no certame.
  • César Cortés, meio-campista do Palestino, foi o jogador do time vencedor com mais tentativas de passes no jogo (78) com 74.4% de acerto. É, ao mesmo tempo, o terceiro jogador com mais tentavias de entrega de bola nesta CONMEBOL Sudamericana (189) e o segundo com maior quantidade de passes exitosos no campo contrário (91).
  • Cristian Maidana, do Cobresal, liderou várias métricas do seu time: passes totais (75), bons passes (68), passes totais em campo contrário (53), lances na área (5), dois chutes a gol, assistência ao gol e entregou outros três passes que terminaram em finalização.

 

 

AFP/OPTA